Início Notícias “Ele disse que iria amputar o pé, depois veio a notícia que...

“Ele disse que iria amputar o pé, depois veio a notícia que a amputação seria até o joelho”, diz Roberto Andrade sobre Padre Expedito; ouça

41

Em Araripina, o religioso sempre celebrou grandes missas promovidas pelo Grupo de Oração da Renovação Carismática (RCC)

Por Roberto Gonçalves / Foto: reprodução

O empresário e ex-coordenador da Renovação Carismática Católica – RCC de Araripina, Roberto Andrade, disse na Rádio Arari FM, que a notícia da amputação de parte da perna do pároco de Dormentes, padre Expedito Claudino, lhe pegou de supresa. “Ele iria estar conosco para celebrar uma missa na Vila Queiroz aqui em Araripina, mas ele me falou que estava prestes a fazer uma cirurgia na perna, e conforme o resultado dos médicos é que poderia me dar a resposta”, disse.

Ainda segundo Roberto Pirralho, quando padre Expedito retornou a ligação já foi falando da amputação. “Primeiro ele me disse que iria ter que amputar um pedaço do pé, mas depois veio também a notícia de que teria que amputar a perna até o joelho. Foi uma tristeza prá nós em saber disso”, frisou.

Leia também:

>>Padre Expedito Claudino tem parte da perna amputada devido a diabetes

>>Grupo de oração da RCC de Araripina, realiza missa com Padre Expedito

Natural de Caruarú/PE, padre Expedito entrou para o seminário aos 16 anos de idade e foi ordenado diácono na cidade de Nazaré da Mata/PE em agosto de 1995. Seis meses mais tarde, mais precisamente no mês de Dezembro do mesmo ano, a diocese o ordenou padre onde assumiu a Catedral daquela cidade. Além de Nazaré da Mata, antes de chegar até Dormentes, Padre Expedito esteve à frente das Paróquias de: Aliança, Surubim, Xexéu, Moreilândia, Lagoa Grande e Orocó, todas no estado de Pernambuco. Ouça entrevista:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.