Início Site

Abertas inscrições para processo seletivo com 225 vagas da prefeitura de Parnamirim

Foto: reprodução

As inscrições seguem até o dia 9 de março. Servidores serão contratados de forma temporária

A prefeitura de Parnamirim, no Sertão de Pernambuco, está com inscrições abertas para o processo seletivo que vai contratar 225 servidores de forma temporário. Os interessados podem se inscrever até o dia 9 de março, presencialmente ou pela internet.

As inscrições presenciais, serão feitas das 8h às 16h, na Quadra Municipal Carlos Cabral, situada na Rua Dr. Miguel, no Centro. Os candidatos deverão comparecer munidos de toda a documentação exigida, inclusive com o formulário de inscrição preenchido, sendo obrigatório o uso de máscaras e o respeito ao distanciamento social, de 1,5m entre os presentes. As inscrições online serão feitas através do email pspsparnamirim@gmail.com, e serão recebidas até as 23h59 do dia 9.

O processo será feito com análise documental, de curriculum e prova oral de conhecimentos específicos, aula prática-pedagógica, teste prático de conhecimentos aplicados, prova e teste prático-profissional, entrevista pessoal e avaliações práticas nas áreas que os candidatos pretendem concorrer.

A documentação necessária para a inscrição é a seguinte: RG, CPF, comprovante de residência, certidão de quitação das obrigações eleitorais, comprovante de quitação das obrigações militares, certidão de antecedentes criminais fornecida Pela Justiça Estadual do local do domicílio do candidato e Carteira de Trabalho (Se tiver Experiência).

Araripina: Jovem golpeia o próprio irmão com facada nas costas

Foto: Blog do Roberto

Vítima foi socorrida para a Unidade de Pronto atendimento (UPA-24) na BR-316

No final da manhã desse domingo policiais militares da 9ª Companhia Independente (CIPM) foram acionados pela central para verificar a entrada de uma vítima de arma branca na Unidade de Pronto atendimento (UPA-24), na BR-316.

De acordo com a polícia, a vítima informou que discutiu com o agressor, que é seu irmão, e o mesmo deferiu um golpe de faca na sua costas.

Ainda segundo a PM, o médico informou que o ferimento foi de natureza leve. Foi feito diligências na casa do suspeito, porém o mesmo tomou destino ignorado.

Quanto o Governo Federal repassou para o Nordeste

Blog do Magno Martins

O Governo Federal destaca repasses feitos aos estados nordestinos em 2020, primeiro ano da pandemia. Os dados foram atualizados no último dia 15 de janeiro e têm como fonte o Portal da Transparência, Localiza SUS e Senado Federal.

São recursos diretos (saúde e outros) e indiretos (suspensão e renegociação de dívidas). Veja abaixo a quantia destinada:

Alagoas: R$ 18,09 bilhões.
Auxílio: R$ 5,46 bilhões.

Bahia: R$ 67,2 bilhões.
Auxílio: R$ 25,35 bilhões.

Ceará: R$ 42,5 bilhões.
Auxílio: R$ 15,17 bilhões.

Maranhão: R$ 36 bilhões.
Auxílio: R$ 11,8 bilhões.

Paraíba: R$ 21,2 bilhões.
Auxílio: R$ 6,57 bilhões.

Pernambuco: R$ 42,7 bilhões.
Auxílio: R$ 16,2 bilhões.

Piauí: R$ 19 bilhões.
Auxílio: R$ 5,68 bilhões.

Rio Grande do Norte: R$ 18,3 bilhões.
Auxílio: R$ 5,55 bilhões.

Sergipe: R$ 12,9 bilhões.
Auxílio: R$ 3,85 bilhões.

Taxa de ocupação de leitos de UTI com pacientes de Covid-19 cai para 65,9% em Petrolina

Foto: reprodução

Petrolina teve neste domingo (28) uma notícia animadora em relação ao novo coronavírus (Covid-19). De acordo com boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde (SMS),  a taxa de ocupação dos leitos de UTI está em 65,90% da capacidade. Dos 44 leitos disponíveis, 29 estão com pacientes. Desse total, 15 são de Petrolina e 14 pacientes são de outras cidades da região.

Em relação ao casos confirmados, o boletim registrado hoje apenas um. Agora, o total de infectados é de 16.575, enquanto curas clínicas somam 14.085, o que representa 84,8% do total.

O paciente infectado deste domingo foi confirmado através de exame laboratorial. Trata-se de uma menina de 14 anos. Petrolina não registrou novos óbitos. O município permanece, portanto, com 201 mortes em decorrência da Covid-19. Com informações do Blog do Carlos Britto.

Motociclista morre em acidente próximo a Bodocó

Foto: reprodução

Um homem de 33 anos morreu no final da noite de ontem (27), em Bodocó (PE), Sertão do Araripe, após um grave acidente de moto. Segundo informações do 7º Batalhão de Polícia Militar (BPM), a equipe se deslocava de Ouricuri (PE) a Bodocó, quando se deparou com a vítima caída próximo à ponte sobre o Rio Pequi.

O homem estava ao lado do veículo – uma moto Honda Pop vermelha. As causas do acidente, no entanto, ainda não foram esclarecidas. A ocorrência foi registrada na delegacia de Bodocó, onde foi instaurado um inquérito. Com informações do Blog do Carlos Britto.

Paulo Câmara negocia com laboratório compra da vacina Sputnik V

Imunizante será fabricado no Brasil e apresentou mais de 90% de eficácia contra o novo coronavírus

Foto: Hélia Scheppa/SEI

O governador Paulo Câmara se reúne, nesta terça-feira (02.03), em Brasília, com a diretoria da farmacêutica União Química, produtora no Brasil da vacina Sputnik V, para negociar a aquisição direta do imunizante russo. A iniciativa é uma ação conjunta do Fórum de Governadores do Brasil.

O laboratório União Química protocolou na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa),  o pedido para uso emergencial no Brasil de 10 milhões de doses da vacina Sputnik V. A empresa também informou que o imunizante será produzido no Brasil nas fábricas de Brasília e Guarulhos. A vacina tem origem russa e apresentou eficácia acima de 90% contra o novo coronavírus na última etapa de testes, segundo a Rússia.

Na última terça-feira (23.02), o Supremo Tribunal Federal autorizou Estados e municípios a adquirir vacinas contra o novo coronavírus, mesmo sem a certificação da Anvisa, no caso de as doses previstas no Plano Nacional de Imunização (PNI) serem consideradas insuficientes.

NOVOS LEITOS – O Governo de Pernambuco ativou, neste final de semana, mais 20 leitos de UTI para reforçar a rede estadual de combate à Covid-19. As novas vagas foram abertas no Hospital Eduardo Campos da Pessoa Idosa, localizado no bairro da Estância, no Recife. Com isso, a unidade soma 30 vagas para receber pacientes com sintomas ou diagnóstico do novo coronavírus. Além disso, outras 10 vagas de terapia intensiva devem ser disponibilizadas à população nos próximos dias. A expectativa é, nas próximas semanas, ofertar até 80 leitos para a Central de Regulação do Estado.

A rede estadual de saúde passou a contar também, neste final de semana, com outras duas vagas de terapia intensiva no Hospital Rui de Barros Correia, localizado em Arcoverde, no Sertão do Moxotó. A unidade conta agora com 10 leitos de UTI para pacientes com a Covid-19.

“Neste domingo tivemos mais uma reunião importante no Gabinete de Enfrentamento à Covid-19. Recebemos o prefeito João Campos para monitorar a abertura dos novos leitos de UTI no Hospital Eduardo Campos da Pessoa Idosa, que já estão em funcionamento e recebendo os primeiros pacientes”, disse Paulo Câmara. O governador destacou ainda que o comitê segue analisando em tempo real todos os dados do novo coronavírus, além de acompanhar o trabalho de fiscalização das medidas restritivas no Estado.

Papa Francisco espera morrer em Roma: ‘Não volto para a Argentina’

Foto: reprodução

A entrevista, feita em fevereiro de 2019, foi divulgada neste sábado, 27, pelo jornal ‘La Nación’; o pontífice, no entanto, não explica os motivos da recusa

Papa Francisco disse que espera morrer em Roma, capital da Itália. A declaração do pontífice foi feita durante uma entrevista em 16 de fevereiro de 2019, mas teve seu conteúdo divulgado pelo jornal argentino “La Nación” apenas neste sábado, 27. Durante a conversa, o Papa falou sobre temer a morte e descartou possível retorno para a Argentina, seu país de origem. “Sendo papa, seja em exercício ou emérito. E em Roma. Não volto para a Argentina”, disse ao ser questionado sobre como imaginava a sua própria morte.

A publicação, no entanto, não traz explicações ou mais informações sobre o motivo do líder religioso recusar o possível retorno para a terra natal. A conversa aborda temas como saúde e problemas que Francisco teve durante ao longo da vida, como um “quadro pulmonar severo” em 1957 e a ansiedade. “Controlei bastante a minha ansiedade. Quando sou confrontado com uma situação ou um problema que me deixa ansioso, lido com ele. Tenho métodos diferentes, um deles é ouvir Bach. Isso me acalma e me ajuda a analisar os problemas de uma forma melhor. Confesso que ao longo dos anos tenho conseguido colocar uma barreira à entrada da ansiedade no meu espírito. Seria perigoso e prejudicial para mim tomar decisões sob um estado de ansiedade.”

Para o Papa, é importante que uma pessoa “conheça as suas neuroses”, já que elas são companheiras da vida. “É muito importante poder saber onde os ossos estão rangendo. Onde eles estão e quais são os nossos males espirituais. Com o tempo, a pessoa conhece as suas neuroses”, comentou, explicando ainda que estuda psicologia e contando quando recorreu à ajuda de uma psiquiatra durante momentos da ditadura. “Como Provincial dos Jesuítas, durante os terríveis dias da ditadura, quando tive de levar pessoas a se esconderem para tirá-las do país e salvar as suas vidas, tive de lidar com situações com as quais não sabia como lidar. Fui ver uma senhora – uma grande mulher – que tinha me ajudado na leitura de alguns testes psicológicos para as noviças. Depois, durante seis meses, a consultei uma vez por semana.” *Com EFE

Apac divulga cidades onde mais choveu em PE nas últimas horas; veja lista

Foto: reprodução

Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) informou que nas últimas 24 horas foram de muita chuva em vários municípios pernambucanos e em diferentes regiões. Em Sanharó, no Agreste, a Apac registrou um acumulado de 97 mm até a manhã deste domingo (28), a maior chuva do Estado.

Em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, choveu 68,60 mm entre o sábado (27) e este domingo. Já em São Lourenço da Mata e em Paulista, também na região metropolitana, foram registrados 46,72 mm e 39,57 mm, respectivamente.

Confira os maiores volumes acumulados de chuva nas últimas 24h:

  • Sanharó 97mm
  • Jaboatão dos Guararapes 68,60mm
  • São Lourenço da Mata 46,72mm
  • Paulista 39,57 mm
  • Sirinhaém 36,91 mm
  • Pedra 34,06 mm
  • Abreu e Lima 33,60mm
  • Camaragibe 32,36 mm
  • Recife 27,09 mm

Navegação do Rio Capibaribe no Recife: R$ 81 milhões que o gato comeu

Da coluna de João Alberto

O projeto foi lançado em 2012, como uma das prioridades para a Copa do Mundo de 2014 e tinha um orçamento de R$ 289 milhões, dentro do programa chamado “Rios da Gente”.

Teria 11 quilômetros de extensão, entre o Shopping Tacaruna e a BR 101, nas imediações da Avenida Caxangá. Com cinco estações deveria transportar 600 mil passageiros por dia. Até o modelo da embarcação foi apresentado: seriam 14, com capacidade para 86 pessoas.

A obra, onde já foram investidos R$ 81,5 milhões, está totalmente parada e os canteiros abandonados. Quando foi ministro das Cidades, Bruno Araújo sinalizou com o apoio do governo federal, o que acabou não acontecendo.

Após decreto de Paulo Câmara, Poder Judiciário de PE decide suspender atendimento presencial até 10 de março

Foto: divulgação

Os presidentes do Tribunal de Justiça de Pernambuco e o Corregedor-Geral de Justiça, Fernando Cerqueira Norberto dos Santos e Luiz Carlos de Barros Figueiredo, respectivamente, resolveram em Ato conjunto, suspender, no período de 1 à 10 de março de 2021, o “expediente presencial em todas as unidades administrativas e judiciárias de 1º e 2º graus de jurisdição cível, fazendária, família e sucessões, acidentes do trabalho, juizados especiais, Turmas Recursais, Central de Queixas Orais e Cejusc’s, do Poder Judiciário do Estado de Pernambuco”.

Segundo o Ato, as unidades administrativas e judiciárias mencionadas funcionarão em regime de trabalho remoto, “no horário do regular expediente forense, sendo vedada a realização de audiências e sessões presenciais”.

O Ato será publicado no Diário Eletrônico do TJPE de terça – feira (02.03), com efeito retroativo para esta segunda (01.03).

A decisão foi tomada considerando alguns pontos. Entre eles, “o constante companhamento realizado pelo Grupo de Estudos instituído pela Portaria Conjunta nº 08, de 02 de junho 2020, visando à adequação do Plano de Retomada Gradual das atividades presenciais, de modo a assegurar a regularidade dos serviços judiciários, compatibilizando-os com a preservação da saúde dos usuários internos e externos que acessam às instalações do Tribunal de Justiça de Pernambuco”.

Também consideraram o Ato conjunto de 19 de junho de 2020, que prevê a regressão às etapas anteriores ou retorno do trabalho remoto em caso de “eventual abrandamento ou agravamento da pandemia do Covid-19, em função de evidências epidemiológicas”.

Outro ponto observado, foi a elevação de casos de Covid-19 e a alta ocupação de leitos de UTI nas Regiões de Saúde do Estado “conforme evidenciam os Informes Epidemiológicos divulgados pelas Autoridades Estaduais de Saúde”.

Por fim, consideraram “a imperiosa necessidade de resguardar a saúde de todos os magistrados, servidores, estagiários, colaboradores e demais usuários dos serviços judiciários, na atual conjuntura epidemiológica, sendo mister a adoção de medidas restritivas temporárias a fim de prevenir disseminação do contágio pela Covid-19”. Leia aqui a íntegra do Ato conjunto.

Quase 3 mil municípios não atualizaram SIOPS e podem ficar sem verbas do FPM

Os municípios brasileiros têm até 2 de março para homologar dados no Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde (Siops). Mas, apesar do prazo curto, 2748 prefeituras ainda não fizeram a atualização e podem ser penalizadas com a suspensão do repasse das parcelas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

A Frente Nacional de Prefeitos (FNP) está alertando os gestores quanto à importância da homologação, o quanto antes. Para dar mais transparência às informações, foi criada uma lista nominal de cidades que estão em situação irregular.

O Siops é um sistema disponibilizado pelo Ministério da Saúde que apura as receitas totais e os gastos em ações e serviços públicos de saúde, para garantir o cumprimento de aplicação do mínimo constitucional em saúde das três esferas de governo.

Fonte: Brasil 61

Eduardo da Fonte apresenta Projeto de Lei que reconhece atividades religiosas como serviço essencial

Foto: divulgação

O deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE) protocolou um projeto de lei que reconhece atividades religiosas como serviços essenciais e que podem funcionar durante a pandemia do novo coronavírus. O parlamentar destaca a papel social das igrejas e de acolhimento espiritual para justificar a medida.

“As atividades religiosas servem como alento para aqueles que perderam familiares, a saúde ou o emprego. Igrejas também desenvolvem um importante papel de assistência social e ajudam pessoas que muitas vezes o Estado não alcança” explica Eduardo da Fonte.

O projeto chegou ao parlamentar pelo deputado estadual Pastor Cleiton Collins (PP) e pela vereadora do Recife, Missionária Michele Collins; e destaca que, para o desenvolvimento das atividades, é necessário o cumprimento de todas as medidas sanitárias recomendadas pelas autoridades de Saúde.

Fernando Monteiro destina 100% de suas emendas de bancada para o Governo de Pernambuco

Foto: divulgação

O deputado federal Fernando Monteiro (PP-PE) destinou 100% de suas emendas de bancada para o Governo do Estado de Pernambuco. O valor total, de R$ 8,2 milhões, será colocado em ações de infraestrutura, que contemplarão as obras para implantação da Barragem de Gatos, o Aeroporto de Fernando de Noronha, a conservação da BR-232 – no trecho entre Recife e Caruaru – e a implantação do anel viário da PE-33.

A iniciativa do deputado pernambucano repete decisão realizada em 2020, quando o parlamentar também destinou o total de recursos de suas emendas de bancada para reforçar as ações de combate à Covid-19 pelo governador Paulo Câmara. “Precisamos unir esforços para a conclusão de obras que garantam o desenvolvimento do nosso Estado. Muitas estão em andamento e outras virão. Estamos unidos com o mesmo objetivo”, afirma Fernando Monteiro.

Araripina ultrapassa a marca dos 4 mil casos de Covid-19 com 61 mortes

Foto: Blog do Roberto

O município de Araripina ultrapassou os 4 mil casos da covid-19. No boletim divulgado na noite desse sábado (28), o número de diagnosticados com a doença está em 4.007, com 3.847 curas clínicas, e 61 óbitos.

No Sertão do Araripe já foram registradas 204 mortes decorrentes do novo coronavírus. Foram 61 em Araripina, 38 em Ouricuri, 28 em Ipubi, 27 em Trindade, 25 em Exu, 15 em Bodocó, 05 em Santa Filomena, 04 em Santa Cruz e 01 em Moreilândia.

Ouricuri: Operação ‘Convivência’ interdita bares por descumprimento do decreto de Paulo Câmara

Foto: 7º BPM

Em todo o Estado de Pernambuco, equipes de segurança pública e das prefeituras intensificaram a fiscalização ao mais recente decreto estadual, anunciado na sexta (26) pelo governador Paulo Câmara, restringindo as atividades não essenciais, que deixam de ser realizadas entre o período de 22h às 5h a partir deste sábado (27).

Em Ouricuri, Sertão do Araripe, a Operação ‘Convivência’ resultou na interdição de dois bares. Ao total, 14 estabelecimentos foram fiscalizados.

Além disso, as equipes abordaram 105 pessoas e 4 veículos. Também nas cidades de Araripina, Trindade e Ipubi – na mesma região – a Operação ‘Fiscalização Sanitária/Covid-19’ teve 18 estabelecimentos fiscalizados, além de 58 pessoas e 21 veículos abordados. A medida tem por finalidade conter o avanço da pandemia do novo coronavírus no Estado.

Câmara se aproveita do caso Silveira para proteger corruptos

.Foto: reprodução

Por Alexandre Garcia

Todo mundo discutindo agora o preço da gasolina e do diesel. O presidente Jair Bolsonaro baixou um decreto, que vai entrar em vigor em 30 dias, exigindo que o posto de combustível discrimine na nota qual é a composição do preço. Os impostos, por exemplo. A maior parte é imposto estadual, por isso varia o preço de um estado para o outro.

De modo geral, é 42% de imposto na gasolina. No diesel, 22%. Mas ainda tem o etanol na gasolina, que tem até 25% de etanol, dá 16% no preço, e o biodiesel, que dá 13% no preço.

Pois bem, o mandato do atual presidente da Petrobras termina no dia 20 de março e não vai ser renovado. Uma assembleia da estatal vai se reunir para confirmar o novo presidente indicado pelo acionista majoritário, que é a união. Trata-se do atual presidente da Itaipu binacional, que fez um bom trabalho por lá, enxugando gastos e promovendo austeridade nas contas. Itaipu obteve grandes resultados, com reflexos sociais. O que parece que faltou para a Petrobras, muito preocupada com os investidores e que, aparentemente, deixou de lado os consumidores.

No último trimestre de 2020, a Petrobras teve lucro de R$ 60 bilhões. E de onde é que veio esse lucro? Do dono do caminhão, do dono do ônibus, do dono do automóvel, do dono do trator, do dono da moto, de todo mundo que consumiu combustível e pagou caro por isso.

Só que ficou uma cifra enganosa, porque aí a gente vê que no acumulado do ano, o lucro foi de R$ 7 bilhões. Um lucro muito menor, porque se consumiu menos combustível do que no ano anterior. Em 2019, o lucro da Petrobras foi de R$ 40 bilhões.

Lei da imunidade parlamentar é mais do que clara
A Câmara está se aproveitando do caso Daniel Silveira, aquele deputado mal educado que foi preso, para ampliar de alguma maneira a imunidade parlamentar. Parece ter se arrependido de ter votado junto com o Supremo Tribunal Federal para confirmar a prisão indevida e ilegal de Silveira.

Mas não há o que mexer no dispositivo da imunidade, que está previsto desde a primeira Constituição brasileira de 1824 e é clara. Ninguém pode prender deputado ou senador por suas palavras, opiniões e votos, a menos que esteja cometendo um crime capital, como diz na primeira Constituição. Só a Câmara ou o Senado tem poder de prender um parlamentar.

Os deputados querem modificar o artigo 53 da Constituição para expandir essa imunidade e, na verdade, beneficiar os corruptos. Aí danou-se. Porque a imunidade é para representar o eleitor em opiniões, votos, e palavras. Isso é inviolável desde sempre. Que foi o caso do Daniel Silveira.

Mas a Câmara esta se aproveitando da situação. Só falta dizer agora que corrupto também não pode ser preso. É mais ou menos essa a história. Oras bolas, não precisa mexer no artigo 53 — é só saber ler e aplicar a lei. Basta isso.

Qual o resultado do lockdown? 

Qual o resultado do lockdown na Bahia, em São Paulo e no Rio Grande do Sul? Apenas prejuízos na renda das pessoas. Não está alterando o resultado final da contaminação por Covid-19. Porque são cepas novas do coronavírus que estão contaminando as pessoas. Tem outro lado que está aumentando a imunidade de rebanho. Daqui a pouco chega um ponto em que está todo mundo imunizado.

Isso é uma teoria inclusive do médico, ex-ministro e deputado federal Osmar Terra, que têm dito isso e repetido sobre a nocividade do lockdown, que não evita a expansão do vírus, mas evita a renda das pessoas e empresas.

Países com melhor educação fecharam menos as escolas

Foto: divulgação

Brasil, sempre entre as últimas colocações no ‘ranking’ do exame, teve 267 dias de escolas fechadas até o fim de janeiro

Estadão

Países considerados modelos de educação e com os melhores resultados no Pisa, a maior avaliação internacional de estudantes, fecharam escolas por menos tempo durante a pandemia. Alemanha, Reino Unido, Dinamarca, Suécia, Singapura e França ficaram menos de 90 dias com aulas não presenciais.

O Brasil — sempre entre as últimas colocações no ranking do exame — teve 267 dias de escolas fechadas até o fim de janeiro. A maioria dos Estados ainda não reabriu as redes e a preocupação com a situação atual da pandemia está fazendo com que governadores e prefeitos adiem a volta.

Os dados foram tabulados pela consultoria Vozes da Educação, com apoio da Fundação Lemann e do fundo Imaginable Futures, considerando a situação da educação em 21 países durante a pandemia. Ao cruzarem informações da Organização Mundial da Saúde sobre números de casos com o total de dias em que escolas ficaram abertas, concluíram que elas não foram responsáveis pelo aumento das transmissões — como outros estudos científicos têm mostrado.

“Temos de comprar brigas maiores antes de pensar em deixar as escolas fechadas”, diz o diretor-executivo da Fundação Lemann, Denis Mizne.

“Dados os efeitos deletérios sobre a aprendizagem, para a saúde mental e para as famílias, e a quantidade de evidências de baixa infecção nas escolas, a gente deveria estar discutindo o que mais se pode fazer para abrir escola mais rápido”, acrescenta.

Um exemplo no estudo é a França, que fechou bares e restaurantes, mantém as escolas abertas desde 4 de janeiro e não teve aumento de casos. No Reino Unido, apesar de escolas terem sido fechadas em janeiro e fevereiro em um duro lockdown, o primeiro-ministro Boris Johnson anunciou que elas voltarão em março, mais de um mês antes de academias, salões de beleza e outros serviços.

Segundo a fundadora do Vozes da Educação, Carolina Campos, responsável pela pesquisa, as análises mostram que outros locais abertos, como bares, restaurantes e comércio, influenciaram muito mais a subida da curva de casos do que as escolas. O estudo também indica que os países que ficaram menos tempo com a educação fechada também tiveram uma reabertura de sucesso. Entre os fatores em comum estão comunicação transparente com a sociedade, monitoramento dos casos de covid e coordenação nacional.

Entre os 21 países analisados, 17 fizeram monitoramento dos casos de covid para isolar infectados e entender se a contaminação foi na escola ou fora dela. Só cinco (Argentina, Chile, França, Reino Unido e Uruguai) incluíram os professores na lista prioritária para vacinação contra a covid.

“Novo normal”

Muitos deles tiveram de abrir e fechar escolas diversas vezes, mas, para Carolina, isso é o esperado para o “novo normal na educação”, já que estamos ainda no meio de uma pandemia e “infecções infelizmente ainda vão ocorrer”. “É importante que os pais no Brasil entendam que abrir e fechar escola ou colocar uma turma em quarentena não são sinônimos de insucesso”, diz.

“Isso é muito melhor do que manter as escolas fechadas. Se o Brasil tivesse reaberto em setembro, quando a curva estava baixa, teríamos oferecido com dignidade um semestre para as crianças.” O estudo mostra que países que tiveram sucesso na reabertura promoveram uma comunicação homogênea entre gestores, fizeram lives com o ministro da Educação, criaram sites com o número de casos das escolas, dialogaram com sindicatos.

Mesmo em vizinhos latinos há exemplos de boa comunicação e integração. O ministro da Educação argentino tem viajado para dialogar nas 24 províncias. No Chile, foi criado o programa Yo confío en mi escuela (Eu confio na minha escola), dando à comunidades autonomia para decidir a reabertura.

No Brasil, não há nenhum plano do Ministério da Educação para a volta presencial. Sindicatos também têm tentado impedir a abertura das escolas em Estados como São Paulo. Para Denis Mizne, o calendário de aberturas no país está muito lento. “Países que levam a educação a sério priorizaram a reabertura. Essa discussão já está superada lá fora.”

Araripina: Homem é flagrado e detido com pássaros em cativeiro

Foto: 9ª CIPM

Um homem foi detido em Araripina (PE), Sertão do Araripe, na tarde de ontem (26), por crime ambiental. Ele mantinha em gaiolas 16 pássaros da fauna silvestre nativa e não possuía autorização do órgão competente para isso.

A ação foi realizada por equipes da Rocam da 9ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), que foram até o acusado através de informações da Malhas da Lei.

Ao chegarem no local, os PMs constaram o fato. As espécies de pássaros em cativeiro não foram informadas. Já o proprietário das aves foi conduzido à delegacia local, onde foi registrado um Boletim de Ocorrência (BO).

Covid-19: Miguel participa de reunião com prefeitos para definição sobre compra conjunta de vacinas

Foto: divulgação

A Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) promoveu uma reunião virtual, neste sábado (27), para discutir a compra de vacinas contra o coronavírus. A ideia principal é formar um consórcio com vários municípios para rateio de custos para a aquisição direta de imunizantes junto a laboratórios habilitados pela Agência de Vigilância Sanitária para a imunização em todas as regiões no Brasil.

O prefeito Miguel Coelho, que é um dos vice-presidentes da FNP, foi o único representante de Pernambuco que participou da discussão. O consórcio deve contar com mais de 100 municípios cuja população é superior a 80 mil habitantes. Mesmo em fase de organização, o grupo já iniciou as tratativas com farmacêuticas que produzem vacinas contra a covid-19.

Também participaram da reunião virtual os chefes do poder executivo das cidades do Rio de Janeiro, Curitiba, Salvador, Cuiabá, Aracaju, Manaus, Belém, Porto Alegre e Ribeirão Preto, além do presidente da Frente, Jonas Donizette. Na próxima semana, será realizada uma nova rodada de discussões dos prefeitos para definir um cronograma de ações, que envolverá a compra e distribuição dos imunizantes. “A proposta é reforçar o plano de imunização nos grandes municípios, que são justamente os mais pressionados pela pandemia tanto na rede básica de saúde quanto no aspecto econômico. Precisamos encontrar alternativas para acelerar esse processo e o consórcio dos prefeitos pode ter um papel decisivo na vacinação”, justifica Miguel.

Moradores de Araraquara (SP) relatam falta de comida, preços altos e miséria após início do lockdown

Foto: reprodução

Por Jovem Pan

Há quase uma semana, o simples ato de comprar um pão se tornou uma odisseia para a fisioterapeuta Elisabete Ramos, moradora de Araraquara, no interior de São Paulo. A cidade, que está em lockdown desde o dia 21 de fevereiro por causa da lotação dos leitos de UTI com contaminados pela Covid-19, estendeu a medida até o próximo domingo e, até esta sexta-feira, 26, não estava permitindo a abertura de supermercados, que deveriam funcionar apenas no esquema de delivery. Na quarta e na quinta-feira, redes maiores de atacados que atendiam a cidade já anunciavam o atraso de entregas ou a pausa no recebimento de pedidos por causa da alta demanda daqueles que queriam estocar alimentos. Nos estabelecimentos menores, alguns não conseguiam mais receber de fornecedores, o que criou um efeito dominó no suprimento dos moradores. “Aqui no bairro tentei comprar pão, perguntei se eles vão abrir para receber pedidos e a dona da padaria falou que estava sem estoque porque nem os fornecedores dela podiam trabalhar para fornecer os produtos pra ela produzir”, afirma a moradora do bairro Jardim Universal.

Enquanto alguns mercados menores não têm como fornecer, outros, que não tinham sistema de distribuição para residências em larga escala, tiveram dificuldades logísticas de cumprir com os pedidos. Nos perfis dos supermercados nas redes sociais, é possível ver prazos de entrega que datam de dois ou três dias, assim como locais que suspenderam todos os pedidos porque não tinham capacidade de lidar com o excesso de demanda. Segundo Marcelo Santana, que tem gastado suas reservas financeiras após perder o emprego no início da pandemia, alguns estabelecimentos também estão exigindo uma compra mínima de R$ 50 ou R$ 80, o que impede que os clientes adquiram produtos individuais, como pão e leite, por exemplo.

Alguns lojistas afirmam que essas rusgas no fornecimento dos comércios são fruto do pouco tempo para se preparar quanto ao lockdown. De acordo com relatos, comerciantes foram pegos de surpresa com o fechamento total das lojas físicas e a permissão para fazer apenas delivery. “Se ele [prefeito] tivesse conversado com essas instituições antes, essas instituições tinham se programado, se organizado, falado: ‘poderemos fazer x entregas por dia, seus pedidos vão entrar numa sequência de produção’. Eles pegavam os funcionários lá dentro e separavam para a parte de preparação de alimentos, algo que o pessoal de supermercado está reclamando muito. Isso teria ajudado a dar certo”, afirma o empresário Alexandre Cruz, que desde o início da pandemia se juntou com centenas de empresários da região para articular formas de ajudar o município diante da crise da Covid-19. “Um cliente me ligou e eu levei comida para ele. Ele está acostumado a pedir comida todos os dias e falou: ‘eu não tenho mais o que comer. Eu fiz um pedido, ia abrir quarta, mas cadê vocês?’. Minha esposa cozinhou, desinfectamos tudo e levamos até ele, chorando. Um senhor, sozinho”, afirma Cruz. Já para os menos afortunados, a fome se manifesta nas ruas. “Se você andar no centro de Araraquara, você não reconhece mais a cidade. As pessoas estão no semáforo desesperadas pedindo comida. Isso virou um problema humanitário”, relata Marcelo Santana. A prefeitura da cidade foi procurada pela equipe da Jovem Pan diversas vezes para se posicionar, mas não houve retorno até o fechamento desta reportagem.