Início Site Página 3

Advogado de Yuri Novaes diz que prisão dele é absurda

Foto: reprodução

“A Corte Interamericana de Direitos Humanos precisa urgentemente atuar no Brasil “, disse em desabafo

Repercutiu a nível nacional o assunto em relação a prisão do petrolinense Yuri Batista Novaes Goiana Ferraz, denunciada pelo jornal O Globo. O Blog procurou o advogado de defesa, o Dr. Jônatan Meireles, para que desabafou sobre a situação:

“Com irresignação precisei me manifestar na data de hoje sobre questionamento perante a mídia nacional. Não me recordo de tamanho absurdo processual na história recente da República. Esta semana o investigado (que é advogado) completa 90 dias preso sem qualquer existência de ação penal. Não houve denúncia e o prazo legal se encontra excessivamente superado. 90 dias preso sem denúncia, sem acusação formal, é grave violação aos direitos humanos em qualquer país decente sob regime democrático.

Se não bastasse o absurdo, o investigado se encontra classificado como paciente de risco em relação ao COVID-19, com atestados e relatórios da lavra de 3 médicos das mais diversas especialidades, e ainda por perito oficial do Estado.
Ambas as alegações sequer foram enfrentadas pela Suprema Corte e o investigado se encontra em segregação cautelar todo esse tempo.

A PGR já se manifestou em 2 oportunidades pela soltura do investigado, mas a ordem é de manutenção da prisão.
Indago: Qual será o preço que a democracia deve pagar por isso?
E a advocacia? Sobretudo em se tratando de investigado que detém a condição de advogado?
A Corte Interamericana de Direitos Humanos precisa urgentemente atuar no Brasil.”

Na semana passada o ministro Alexandre Moraes negou um pedido de soltura apresentado pelos advogados. A Procuradoria-Geral da República (PGR) havia se manifestado favoravelmente, sugerindo que a aplicação de medidas cautelares como o uso de tornozeleira eletrônica e a proibição do acesso à internet seriam suficientes, mas o ministro apontou que a PF ainda analisa o material apreendido.

Diante disso, a defesa recorreu para que o caso seja levado aos demais ministros.

A prisão foi determinada no âmbito do inquérito das fake news, porque o caso envolve suspeitas de que o megavazamento também continha dados de ministros do STF. Um outro alvo também foi preso pela PF.

Agência de Desenvolvimento Econômico e Social do Araripe participa da 1º Edição do Programa Fala Pernambuco

Foto: reprodução

A ADESA – Agência de Desenvolvimento Econômico e Social do Araripe, através do seu coordenador, Daniel Torres, participou de uma reunião virtual da 1º Edição do Programa Fala Pernambuco, iniciativa da presidência da ALEPE – Assembléia Legislativa de Pernambuco, através do seu presidente deputado Eriberto Medeiros, com apoio do SEBRAE-PE. A reunião foi realizada nesta quarta-feira (16).

O objetivo do programa é ouvir as demandas de cada região do Estado. O Sebrae Unidade Araripe, fez reuniões anteriores onde foram ouvidas várias representações da região nas área econômicas e social, e ao final, foi elaborado um documento que foi entregue a ALEPE, onde foram escolhidas de cada setor 05 prioridades, Agronegócios e Logisticas, Meio Ambiente e Sustentabilidade, Turismo e Cultura, Educação, Comércio e Serviços, Saúde e Indústria.

“Nós da ADESA, inserimos pontos no documento no campo da infraestrutura como seja, construção e recapeamentos das rodovias estaduais, rodovias 576\545\585\630\615\507 e 700. Como também na área do turismo, Cultural, Negócios, Religioso e Ecológico”, explicou Daniel.

Participaram também desta reunião representantes de outras entidades da região do Araripe, o Sebrae Unidade do Araripe, FIEPE, membros do programa Líder Sertão do Araripe, o prefeito do Exú representando o CISAPE todos os prefeitos da região. Ao todo estavam assistindo 84 pessoas. Reunião muito produtiva para a região do Araripe.

Araripina: Padre José Nilton pretende arrecadar 700 sacos de cimento para obra da Casa de Acolhimento; ouça

Foto: arquivo Blog do Roberto

Por Cidinha Medrado

O padre José Nilton da Diocese de Salgueiro, atual pároco da Igreja Nossa Imaculada Conceição em Araripina, comentou na manhã desta quarta-feira (16), no Programa Araripina Urgente da Rádio Arari FM, que a campanha para construção da Casa de Acolhimento para Dependentes Químicos está sendo muito proveitosa. Os recursos estão sendo levantados através de doações e parcerias com fiéis e associações como a Amigos do Sertão.

Algumas etapas já foram construídas, como dormitórios. No final de semana o padre mostrou como andam as obras em um vídeo nas redes sociais (assista abaixo). Agora está acontecendo mais uma fase da campanha do cimento, e a meta é superar o que foi arrecadado na última campanha, mais de 700 sacos de cimento. Assista vídeo:

“Nós estamos planejando a realização de um movimento pelos meios de comunicação, pelas redes sociais através de uma live, para que a gente possa fazer essa arrecadação necessária para continuar e completar essas obras. Peço que aguardem que em breve a gente vai ter um movimento grande online até que a gente possa fazer um festival presencial, que aí não sabemos quando”, disse o padre.

O projeto social vai realizar ações assistenciais no interior do estado. As pessoas podem ajudar de várias formas, com depósito em conta, pix  15.988.628/0001-14 que é o CNPJ da paróquia, mandar entregar, falar com a equipe pelo WhatsApp 87 9 9188 5498,  ou levar pessoalmente. Além da campanha do cimento, as pessoas que quiserem podem doar outros materiais como areia, telha, madeira e principalmente mão de obra. Ouça a entrevista na íntegra:

Secretaria de Desenvolvimento Agrário e Banco do Brasil articulam ampliação de linha de crédito para produtores agrícolas

Foto: divulgação

O projeto é ampliar a rede de técnicos atuando nas propriedades rurais, dando assistência ao produtor e apresentando novas possibilidades de crescimento no setor

O secretário de Desenvolvimento Agrário, Claudiano Martins Filho (PP), esteve nesta quarta-feira (16) em reunião na Assembleia Legislativa de Pernambuco, com a superintendente do Banco do Brasil, Ana Paula, e o presidente da casa, Eriberto Medeiros.

Com objetivo de trazer o Banco do Brasil como parceiro do agronegócio em Pernambuco, os representantes discutiram sobre novas tecnologias que a instituição dispõe para acelerar a linha de crédito para o produtor, além de apresentar os números de aplicação de recursos disponíveis.

Na ocasião, estiveram presentes também o secretário de Agricultura Familiar, Humberto Arraes, o presidente do Instituto de Terras e Reforma Agrária do Estado, Henrique Queiroz, e representantes do BB.

A superintendente Ana Paula afirmou que o banco tem capital para investir no estado, e está à disposição da secretaria para aperfeiçoar, facilitar e avançar a vida do pequeno agricultor. “A gente acredita que a gente pode trazer uma vida sustentável no campo com crédito de qualidade”, destacou.

No segmento agro, a ideia é ampliar a rede de técnicos agrícolas atuando nas propriedades rurais, dando assistência ao produtor e apresentando novas possibilidades de crescimento no setor.

“Esta primeira reunião foi muito produtiva. O que tiver ao nosso alcance vamos fazer. Nosso produtor ainda tem dificuldades de crescer, e o projeto do BB vai ajudar as famílias que vivem do agro”, afirmou o secretário Claudiano Filho.

Em caçada a serial killer, secretário de segurança afirma: “Lázaro está cansado e com fome. Mais perigoso”, alerta

Foto: reprodução

Depois de mais um dia de buscas, Lázaro Barbosa, 32 anos, segue foragido. Segundo o secretário de segurança de Goiás, Rodney Miranda, que acompanha os trabalhos, o fugitivo não se deslocou durante a madrugada, e agora, as forças policiais procuram por ele em pelo menos dois pontos na região entre as cidades de Edilândia e Girassol, no Entorno.

Miranda afirmou que Lázaro está cansado e tem ainda mais dificuldade de conseguir comida. Ele ressalta que assim ele fica mais perigoso, mas também, mais vulnerável a ser capturado. “Estamos no encalço dele”, afirmou. “Hoje vamos pegar”.

Prefeito de Lajedo-PE morre de infarto fulminante

Foto: reprodução

Faleceu na manhã desta quarta-feira (16), por volta das 10h30, o prefeito de Lajedo, no Agreste pernambucano, Adelmo Duarte (PSD). De acordo com as informações dos familiares, Adelmo faleceu vítima de um infarto fulminante, e apesar de ter sido socorrido, já chegou ao hospital sem vida.

O prefeito, que já foi deputado estadual, tinha 70 anos e foi eleito em 2020 com 49,04% dos votos válidos, um total de 11.600 votos.

Com a notícia da morte do gestor, boa parte da população se diz incrédula, pela forma repentina como tudo aconteceu, uma vez que o prefeito não tinha comorbidades e aparentava gozar de boa saúde. Com sua morte, quem assume  a prefeitura é o comerciante Erivaldo Chagas, do DEM, de 58 anos.

Prefeito de Parnamirim confirma apoio a Augusto Coutinho e Antonio Fernando em 2022; ouça

Foto: reprodução

Ferdinando Carvalho (Nininho), participou nessa quarta-feira (16), do programa Araripina Urgente da Rádio Arari FM, e retransmitido pelo Sistema Beto Som

Por Cidinha Medrado

O prefeito de Parnamirim, Ferdinando Carvalho (Nininho) PSB, participou na manhã desta quarta-feira (16), do programa Araripina Urgente apresentado pelo jornalista Roberto Gonçalves, na Rádio Arari FM, e retransmitido pelo Sistema Beto Som para todo Sertão Central de Pernambuco. Em entrevista, ele esclareceu vários assuntos e questionamentos populares, também deu ênfase aos apoios políticos que resultou em conquistas de obras de infraestrutura e ações de combate à Covid-19 para o município. Nininho ficou quatro anos longe do governo, mas foi eleito novamente em 2020. Quando assumiu a prefeitura, teve que usar de suas habilidades e conhecimentos para contornar a situação pandêmica (novo coronavírus) e enfrentar as consequências de uma nova onda de contaminações.

Parnamirim é um das cidades da região que tem maior controle sobre a doença, sobre isso, Nininho disse que mesmo com a influência negativa das mortes e aumento de casos, a cidade continua realizando diversas ações.

“A gente ainda ver um momento de preocupações com mais um pico e uma alta no número de óbitos, de pessoas mais afetadas, e a questão ainda preocupante nos leitos de UTI da nossa região, tendo uma capacidade acima de 90% ocupada, isso nos deixa preocupado. Aqui no nosso município além de um olhar para cidade a gente tem uma atenção também para área rural onde 60% da população está localizada e a secretaria de saúde faz um trabalho de porta a porta distribuindo máscaras e fazendo campanhas educativas, justamente para levar essa concentração que depende de cada um cada se cuidar e cada um tem família, tem pessoas, antes queridos dentro de casa. Intensificamos a capacidade no centro que temos para casos Covid, temos 11 leitos e ainda conseguimos um respirador este ano, para dar resolutividade na minoria dos casos que necessitam ser internados no centro”, disse Nininho.

Eleições 2022

Sobre as eleições 2022 e suas escolhas para deputado, Nininho Carvalho contou que fez uma avaliação minuciosa sobre a importância da presença dos parceiros e de suas conquistas para o município, ele vai continuar apoiando o deputado estadual Antônio Fernando (PSC) e Augusto Coutinho (Solidariedade), caso confirmem a pretensão de se reelegerem.

“O deputado estadual tem um papel muito importante, e a gente vê o Antônio Fernando como estadual e o Augusto Coutinho como Federal nessa parceria que vem dando certo. A presença de Antônio Fernando é de forma constante no nosso município, e tem andado muito por outros municípios, conversando, dialogando e mostrando seu trabalho e a vontade de fazer pela região que ele bem conhece e já levantou muitas bandeiras, já teve muitas conquistas importantes aqui na nossa região, justamente da questão da segurança hídrica e ainda hoje ele cobra isso porque eu sou testemunha, diversas vezes estivemos na Compesa e na Secretaria de infraestrutura e recursos hídricos do estado de Pernambuco e ele sempre bate nesta tecla, eu tô muito satisfeito com o papel que ele vem desenvolvendo e atuando aí junto ao governo do estado. E graças a Deus a gente está caminhando fortalecendo cada vez mais essa parceria tanto com Antônio Fernando quanto com Augusto Coutinho”, confirmou.

Quedas de energia

Recentemente a cidade passou por dificuldades e prejuízos tanto para o governo quanto para o comércio local, com quedas constantes de energia com apagões inesperados. A população cobrou ao governo um posicionamento, pedindo que a empresa fizesse investigações para que o problema fosse resolvido com máxima urgência. Comerciantes e vereadores estiveram na sede da Celpe em Ouricuri para resolver a questão. Dias depois, moradores continuaram reclamando das quedas.

“A gente vem cobrando da Celpe e ela vai entrar nas respostas sobre o que fazer no nosso município nesse momento muito difícil aqui de quedas constantes. Foi feita uma audiência pública na Câmara dos Vereadores onde recebemos a direção da Celpe-Recife juntando com outras equipes aqui da região e gerência local e cobramos uma ação mais enérgica, mais rápida para que a população não sofra, a Celpe naquela época se comprometeu em arcar com todos os danos causados pela falta de energia. Agora a gente espera mais uma vez que ela certifique que está cumprindo com seu papel de normalizar a energia e evitar essas quedas, que vem acontecendo numa menor intensidade, mas já conversamos com ele recentemente e orientamos às pessoas a ligarem para o aplicativo e fazer as reclamações”, disse o prefeito. Ouça a entrevista na íntegra:

Bolsa Família ‘turbinado’ deve ser lançado em dezembro, diz Bolsonaro

Foto: reprodução

Presidente também confirmou prorrogação do auxílio emergencial

O presidente Jair Bolsonaro anunciou na noite de terça-feira 15, em uma entrevista à SIC TV, afiliada da TV Record em Rondônia, que o novo Bolsa Família deve ser lançado até dezembro deste ano. A ideia é aumentar o valor pago aos beneficiários de R$ 190 para R$ 300.

“No tocante ao Bolsa Família, tivemos uma inflação, durante a pandemia, dos produtos da cesta básica em torno de 14%. Você teve item que subiu até 50%, sabemos disso daí”, disse o presidente. “E para o Bolsa Família, a ideia é dar um aumento de 50% em dezembro. Passaria de, em média, R$ 190 para R$ 300. É isso que está praticamente acertado aqui.”

Ainda de acordo com Bolsonaro, o programa contemplaria cerca de 18 milhões de famílias em todo o país.

Durante a entrevista, o presidente confirmou o que já havia dito o ministro da Economia, Paulo Guedes, e anunciou que o auxílio emergencial será prorrogado. “Mais duas ou três parcelas. Está faltando só esse ‘finalmente’ aí, de auxílio emergencial de média de R$ 250”, afirmou.

“PE é bom de cobrar imposto, mas deve muito na hora de cuidar da população”, avalia Miguel Coelho após ranking negativo da economia local

Foto: divulgação

Um relatório divulgado pelo Banco Mundial, nesta terça-feira (15), mostra que Pernambuco é o pior estado para se fazer negócios no Brasil. O levantamento avalia aspectos que facilitam as condições para abertura e manutenção de empresas. Diante do péssimo desempenho, o prefeito Miguel Coelho criticou a falta de liderança e projetos para recuperar a economia estadual.

Secretário-geral da Frente Nacional dos Prefeitos, Miguel relata que os dados são percebidos no dia a dia dos pernambucanos de todas as regiões. Além disso, reforçam a avaliação apresentada em outros estudos econômicos que colocam o estado pernambucano em uma situação crítica. Miguel lembra que, recentemente, Pernambuco bateu recorde de desocupação nos empregos; registra o menor montante de investimentos públicos entre os estados nordestinos; e tem um dos piores indicadores em burocracia e competitividade no País.

Para o prefeito, o conjunto dessas informações comprova que o atual projeto político liderado pelo PSB está sem rumo e não oferece esperança para a população. Miguel acredita, portanto, ser urgente que lideranças políticas, acadêmicas e outros setores da sociedade discutam a reconstrução de Pernambuco para evitar um colapso social. “Pernambuco perdeu as condições de ser atrativo, de gerar esperança e empregos. Hoje, o nosso estado é um dos que mais cobra impostos em todos os setores. Então, Pernambuco é muito bom para cobrar imposto, mas deve muito na hora de cuidar da população. Precisamos fortalecer esse debate para nos unirmos e encontrarmos uma solução que supere esse momento difícil”, defende Miguel.

Insole lança sistema para monitorar consumo de energia elétrica em tempo real

Foto: divulgação

Essa possibilidade está cada dia mais próxima de virar realidade: o InsoleOn começará a ser instalado em todos os sistemas fornecidos pela Insole a partir deste mês

Estima-se que 30% do consumo de energia elétrica nas residências poderia ser economizado  se os moradores pudessem monitorar como, onde e quando a energia está sendo consumida, para adotar medidas direcionadas para a redução.

A solução está sendo desenvolvida pela Insole, como parte da estratégia de inteligência de dados e atendendo a todos os critérios da LGPD. Após analisar várias startups de IoT e IA, o projeto foi iniciado em 2019 com o apoio da adquirida ConnectON Ambientes Inteligentes, startup incubada pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), e com a parceria técnica de Claudio Lima, Ph.D. em Engenharia Elétrica, presidente IEEE P2418.5 Padrões Globais e vice-presidente IEEE P2418.1 Padrões IOT; membro do Conselho Consultivo do Departamento de Segurança Cibernética de Energia, consultor da Câmara de Comércio de Energia e conselheiro/avaliador de Mérito National Science Foundation e ex CTO da Huawei.

Por meio de uma plataforma virtual, o usuário poderá obter todas as informações sobre a energia consumida em cada cômodo da casa, em cada equipamento, obtendo estimativas diárias, semanais e mensais. Será possível saber o quanto de energia está sendo gasta no uso do chuveiro, geladeira, micro-ondas, ar-condicionado, entre outros equipamentos.

“A ferramenta trará informações em tempo real, então vai dar para saber o quanto é consumido em cada horário do dia, por exemplo. Isso não é possível atualmente, pois a conta enviada pelas distribuidoras de energia só traz o total do volume consumido no mês, sem nenhuma especificação”, comenta Ananias Gomes.

Como funciona o InsoleOn?

Trata-se de uma solução embarcada onde o cliente receberá junto com a instalação da sua usina. O kit de monitoramento InsoleOn será instalado próximo ao medidor de energia e conectado à rede Wi-Fi da residência, transmitindo as informações de consumo para a base de dados da Insole. Esses dados serão analisados instantaneamente e de forma automatizada. As informações serão disponibilizadas para consulta em um aplicativo no celular, com interface amigável.

Com a análise dos dados, o aplicativo disponibilizará dicas para ganhar mais eficiência energética a partir do perfil de consumo da residência. Com base em dados e fatos, o usuário poderá adotar alternativas mais direcionadas para reduzir os gastos com energia elétrica. O objetivo é oferecer informações e condições para garantir economia para o bolso e ainda contribuir para a preservação do meio ambiente.

Atualmente, o InsoleOn está em fase de teste com 56 unidades, sendo 31 unidades monitorando usinas fotovoltaicas da insole,  02 sistemas instalados monitorando o data center do departamento de energia elétrica da UFPE, 01 sistema monitorando a gestão de recarga de veículos elétricos em condomínio residência e  22 unidades instalados na Ambev para medição e automação de aparelhos de ar-condicionado. A empresa é o primeiro cliente deste grande projeto, que promete revolucionar o consumo de energia no país.

Sobre a Insole

A Insole é uma empresa que oferece soluções financeiras por meio da conta de energia. Com sete anos de mercado, ela possui um time de mais de 250 experts no desenvolvimento de soluções financeiras, tecnológicas e de energia. A Insole é um dos signatários dos 10 Princípios Universais que surgiram a partir da Declaração do Impacto Global das Nações Unidas. Além disso, a empresa desenvolve várias ações de engajamento sócio ambiental fortalecendo seu papel de empresa ESG. A energia solar é uma fonte limpa, renovável e sem fim, cada kWp solar instalado equivale a menos CO2 lançado no planeta e mais árvores preservadas. A empresa tem capacidade para implementar projetos com diferentes tamanhos e em todas as regiões do país. São mais de 60MWp implantados e mais de 5000 projetos em todo o país. A Insole é uma empresa pioneira, inovadora e líder de mercado de geração solar distribuída.

*InsolePay

O InsolePay é a carteira digital criada pela Clean-fintech brasileira, Insole. Disponível para download em celular dos sistemas operacionais Android e iOS, onde o cliente consegue gerenciar os dados da sua conta digital, que possibilita fazer compras pelo smartphone ou por meio de transferências. Ainda é possível verificar os créditos do programa de cashback da Insole.

Ouricuri: Jovens acusados por roubo de motocicleta são presos em flagrante

Foto: 7º BPM/divulgação

Policiais militares do 7º Batalhão (BPM) prenderam ontem (15) em Ouricuri (PE), no Sertão do Araripe, dois jovens – de 25 e 19 anos. A dupla é acusada do roubo de motocicletas. De acordo com o boletim, eles foram localizados numa estrada às margens da BR-316 e ensaiaram uma tentativa de fuga pela caatinga, mas foram capturados. O mais velho portava um punhal na cintura.

Já o acusado de 19 anos confessou que receberia R$ 200,00 para conduzir uma das motos até Ouricuri, e que seria pago pelo seu comparsa também detido. Ao realizar a consulta através do aplicativo Sinesp Cidadão, os PMs constataram queixa de roubo de ambos os veículos. A ocorrência foi apresentada na delegacia local, onde foram lavrados dois autos de prisão em flagrante delito.

Brincadeira com arma acaba em tragédia e morte no Sertão de Pernambuco

Foto: reprodução

Uma brincadeira indevida acabou em tragédia na Cidade das Tradições. Maria Mikaele, 20 anos, foi morta com um tiro disparado acidentalmente pelo próprio irmão.  Felipe Alves, de 23 anos,  estava manuseando a arma quando ocorreu o disparo de forma acidental.

Informações indicam que Felipe não sabia que a arma estava carregada, foi brincar com a irmã, mirou e disparou. O incidente foi no Bairro da Cohab.

De acordo com o Blog do Nill Junior, a vítima foi levada de imediato para Hospital Municipal Dr. Luiz José da Silva Neto, porém não resistiu.  A Policia Militar e Civil foram chamadas ao local.

O Instituto de Criminalística foi ao local e o corpo foi levado ao IML de Caruaru. O sepultamento deve ocorrer hoje.

O caso foi registrado na Delegacia de Tabira e  o irmão, indiciado por homicídio culposo, sem intenção de matar, ou por dolo eventual, por ter assumido o risco de matar a irmã com a brincadeira. O caso está sendo investigado pelo Delegado Clay Anderson.

Empresa emite nota sobre ‘descarte irregular’ de leite fornecido ao Estado de Pernambuco

Foto: reprodução

Após ampla repercussão da reportagem sobre dezenas de pacotes de leite  de merenda escolar com selo do Governo de Pernambuco que foram jogados no lixo, em Petrolina (PE),  a empresa responsável pelo fornecimento do  alimento enviou nota de esclarecimento sobre o caso.

De acordo com  o comunicado encaminhado ao  Blog do Edenevaldo na terça-feira (15), pela Planus Administração e Participações Ltda,  aconteceu um erro de procedimento operacional nunca ocorrido em todo o o histórico de atendimentos da empresa e o produto foi descartado irregularmente por parte da transportadora.  A nota, assina o sócio-administrador, Francisco Garcia Filho,  diz que o  Estado    de   Pernambuco não     terá qualquer tipo de prejuízo com este episódio.

Confira a íntegra da nota: 

Em notícia  veiculada  em seu  prestigiado   Blog,  na data de 12 junho último, tomamos conhecimento de descarte de leite pasteurizado integral  embalagem do leite da merenda escolar do estado de Pernambuco, produto por nós fornecido à Secretaria de Educação para abastecer   suas unidades operacionais. 

Como  a  responsabilidade pelo  fornecimento e  distribuição diretamente às escolas é inteiramente nossa, imediatamente fizemos  rastreamento do produto com a finalidade de identificarmos possíveis falhas de procedimentos. 

desta analise restou verificado e tomadas as providências seguir:

Ao tomarmos conhecimento da reportagem, revisamos todos os procedimentos  relativos às entregas onde constatou-se que nas últimas duas semanas não tivemos fornecimento na cidade de Petrolina dividas às circunstâncias relativas a pandemia;

A próprio reportagem cita  a  data  do  vencimento  do produto descartado como sendo  14 de maio de 2021. Essa data se insere nos produtos entregues naquele município   correspondente a ordem de de Fornecimento número  21/009;

Naquela ocasião, foram autorizados  6.449   (seis   mil quatrocentos e quarenta e nove)  litros a serem distribuídas nas 48 (quarenta e oito) escolas, sendo que dessas 10 (dez) não  estavam autorizadas a serem abastecidas e, das que estavam autorizadas, 4 (quatro) devolveram o produto;

Em nossa operação, quando a escola não recebe o produto, ele retorna imediatamente para o laticínio onde ocorre o devido redirecionamento e estes não compõem nossa prestação de contas, nem são pagos pela Secretaria de Educação;

Nenhum dos produtos equivocadamente descartados serão nem foram pagos pelo Estado    de     Pernambuco,    que     não     terá qualquer tipo de prejuízo com este episódio;

Nesse período específico, como estamos em momentos atípicos de atendimento, sem fluxo normal e constante entre as bases locais e os laticínios, ficaram estocados na base do transportador em Petrolina vários litros de leite que se venceram e não foram devolvidos para devido redirecionamento;

O transportador que atende a essa rota, ao invés de seguir o procedimento normal descrito, manteve o leite em sua base acima do prazo razoável e fez o descarte irregular, tudo sem nosso conhecimento e a autorização;

Ao tomar conhecimento dos fatos, imediatamente as providências cabíveis ao caso foram implementadas, visando a regularização da situação do descarte;

Salientamos que aconteceu um erro de procedimento operacional nunca ocorrido em todo o nosso histórico de atendimentos ;

Todos os procedimentos relacionados à logística e ao fiel cumprimento de nossas obrigações são constantemente aperfeiçoados permitindo uma contínua atualização e modernização de procedimentos para que tais fatos não ocorram;

Na execução do contrato, a Planus Administração e Participações Ltda. prima pelo fiel  cumprimento de  suas  obrigações,  notadamente no  que  diz respeito à  qualidade  de seus produtos  e à  pontualidade  das entregas,  nunca deixando de cumpri-las, salientando que fatos desagradáveis dessa ordem não é nosso procedimento e que ocorreu sem conhecimento, nem anuência e que todas  as providências para que jamais se repitam já foram tomadas“.

Alepe e Sebrae lançam projeto de escuta dos setores produtivos do Estado

Foto: Marcos Henrique/Divulgação

Preocupados com o alto índice de desemprego e a retração na economia local, agravados pela pandemia do coronavírus, a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) e o Sistema Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) lançam, nesta quarta-feira (16), o “Fala Pernambuco”, projeto de escutas regionais dos setores produtivos. O lançamento acontece às 15 horas por videoconferência.

A iniciativa é voltada para a formação de uma agenda legislativa com foco no apoio aos pequenos negócios e na retomada da economia. Além de identificar os “gargalos” e ouvir as demandas do setor, será produzido um relatório com até cinco prioridades das atividades produtivas de cada região. O documento final será encaminhado aos governos federal e estadual.

O “Fala Pernambuco” realizará escutas junto aos setores produtivos para coletar as principais necessidades de políticas e medidas legais de suporte às micro e pequenas empresas. A presidência da Alepe promoverá o diálogo com as lideranças regionais, sob a orientação da consultoria legislativa da Casa. Já o Sebrae mobilizará as lideranças atendidas pelo órgão para que cada uma delas aborde suas áreas de desenvolvimento.

Nove regiões serão contempladas pelo projeto, sendo três no Sertão, três no Agreste, duas na Zona da Mata e uma na Região Metropolitana. O projeto piloto será em Araripina, no Sertão do Estado, com início nesta quarta-feira (16/06). A coleta de informações acontecerá sempre às quartas-feiras. No dia 30 deste mês a escuta será no Sertão do São Francisco.

De acordo com os representantes da Alepe, haverá uma ampla escuta dos empreendedores que atravessam um momento delicado, principalmente os micros e pequenos empresários. “Estamos colocando a Alepe à disposição daqueles que estão passando por dificuldades na pandemia. Os empreendedores geram emprego, renda e oportunidade, mas precisam de um ambiente de negócios favorável”, afirmou o presidente da Alepe, deputado Eriberto Medeiros (PP).

Segundo Eriberto, a parceria com o Sebrae será importante na mobilização do setor público em auxílio aos pequenos negócios. “Vamos construir, ao longo desses encontros, uma pauta para mobilizar o setor público a ajudar o setor produtivo. A Alepe cumprirá seu papel de mediar conflitos, promovendo o diálogo”, disse.

Para a consultora do Sebrae, Priscila Lapa, a parceria com a Alepe “é algo valioso e necessário”. “Primeiro para dar um tom de organização das demandas, pois muitas vezes elas ficam dispersas por setores. A gente poder organizar isso num formato de documento que ajudará a enxergar soluções e encaminhamentos que fluirão com maior rapidez e eficiência”, afirmou.

Lapa lembrou, ainda, que o Poder Legislativo é quem representa os diversos interesses da sociedade e, historicamente, tem contribuído com grandes vitórias ligadas às causas dos pequenos negócios. “O Estatuto da Micro e Pequena Empresa, a Lei que criou o Microempreendedor Individual, o MEI, e o Simples Nacional, por exemplos, tiveram contribuição significativa do Poder Legislativo”.

Pernambuco é o pior estado para se manter um negócio, diz Banco Mundial

Foto: reprodução

Do G1

O Banco Mundial divulgou, hoje, um relatório no qual informou que São Paulo, Minas Gerais e Roraima são os estados onde é mais fácil abrir e manter um negócio. De acordo com o estudo, Pernambuco, Espírito Santo e Amapá ocupam as últimas posições.

Esta é a primeira vez que a instituição relaciona “boas práticas” e “obstáculos regulatórios” em todos os 26 estados e o Distrito Federal. Até então, o relatório abrangia somente os dados de São Paulo e Rio de Janeiro.

Segundo o documento, chamado “Doing Business Subnacional Brasil 2021”, cinco indicadores foram levados em consideração:

  • abertura de empresas: tempo, procedimentos e custos para iniciar formalmente as atividades de uma empresa;
  • obtenção de alvará de construção: tempo, procedimentos e custos para uma empresa obter o alvará de construção;
  • registro de propriedades: tempo, procedimentos e custos para que uma empresa possa adquirir uma propriedade comercial de outra e transferir o título de propriedade para o seu nome. Inclui também avaliação da qualidade do sistema de administração fundiária;
  • pagamento de impostos: impostos e contribuições obrigatórias que as empresas devem pagar ao longo do ano, além do tempo e processos envolvidos;
  • execução de contratos: tempo e custo necessários para resolver um litígio comercial recorrendo a um tribunal local de primeira instância.

Para fazer o relatório, o Banco Mundial utilizou dados até 1º de setembro de 2020. Foram analisadas somente as capitais de cada estado brasileiro.

Em nota, a instituição destaca que nenhum estado ocupa o primeiro lugar nos cinco indicadores analisados, o que mostra que “há espaço para que todos os estados aprendam uns com os outros”.

No ranking geral que mede a facilidade de fazer negócios, medido pelo Banco Mundial no relatório “Doing Bussiness”, o Brasil ocupa a 124ª colocação entre 190 países.

Após ser exonerado por Paulo Câmara, ex-comandante da PM de Pernambuco é transferido para a reserva remunerada

Foto: reprodução

Coronel Vanildo Maranhão deixou o cargo dias após ação violenta da PM contra manifestantes na área central do Recife

JC

O coronel Vanildo Maranhão, ex-comandante-geral da Polícia Militar de Pernambuco, foi transferido para a reserva remunerada. O ato, assinado pelo governador Paulo Câmara, foi publicado no Diário Oficial do Estado nesta terça-feira (15) – mas é retroativo ao dia 02 de junho. A aposentadoria de Vanildo ocorre logo após a exoneração dele motivada pela ação desastrosa da Polícia Militar contra manifestantes na área central do Recife, no dia 29 de maio.

Vanildo Maranhão é peça fundamental para entender a ação violenta da PM. Isso porque, segundo documento interno da corporação, foi o coronel quem deu a ordem para que os policiais dispersassem os manifestantes que participavam do ato contra o governo Bolsonaro.

Desde o episódio lamentável, o coronel nunca deu uma declaração à sociedade sobre o assunto. Acabou exonerado dias depois pelo governador Paulo Câmara. Oficialmente, o próprio coronel teria pedido para deixar o comando geral da PM. Ele ingressou na corporação em 1989.

Segundo o Portal da Transparência, acessível a todos, a última remuneração recebida pelo coronel, no mês de maio, foi de R$ 33.897,69. Já o salário-base foi de R$ 23.238.

No lugar de Vanildo Maranhão está o coronel José Roberto de Santana.

Assim como Maranhão, o delegado federal Antônio de Pádua também foi exonerado do cargo de secretário de Defesa Social. Ambos faziam parte da cúpula da segurança pública de Pernambuco desde 2017. No lugar de Pádua está o também delegado federal Humberto Freire.

No Banner to display

Menor agride o pai no distrito de Gergelim, em Araripina

Foto: reprodução

Policiais militares da 9ª CIPM receberam informações nessa terça-feira (15), de que na Vila Quintino no distrito de Gergelim, zona rural de Araripina, no Sertão de Pernambuco, estava ocorrendo uma agressão de um menor ao seu pai.

Segundo os PMs, ao chegarem no local, o agressor já havia tomado destino ignorado. Ainda de acordo com a polícia foi realizado diligências no intuito de encontrá-lo, porém sem êxito.

Tudo foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Araripina para as medidas cabíveis.

Votorantim Energia e Instituto Votorantim lançam Lab Água para acelerar projetos hídricos no Sertão do Araripe

Foto: divulgação

Programa de inovação inclui intervenção no território e possibilidade de codesign com a comunidade da Serra do Inácio, entre PI e PE

A Votorantim Energia e o Instituto Votorantim lançaram um programa para acelerar soluções inovadoras que contribuam para a resolução da escassez hídrica, para a melhoria do acesso à água, bem como para fortalecer o desafio de convivência com o semiárido.

O Lab Água, como está sendo chamada a iniciativa, vai selecionar 20 organizações com MVP (mínimo produto viável) validado ou em fase de validação para participarem do programa, que terá prototipagem no território e possibilidade de codesign com a comunidade. Cinco deles receberão capital semente, totalizando R$ 230 mil para essa edição. As inscrições podem ser feitas no site www.institutovotorantim.org.br/labagua até 29 de junho.

O objetivo do Lab Água é se aprofundar no problema de falta de acesso à água e proporcionar o desenvolvimento e o fortalecimento de iniciativas inovadoras que possam ser replicadas em outras localidades. “O programa prevê o teste dos projetos na Serra do Inácio, região carente de recursos básicos, na divisa entre Piauí e Pernambuco, e a participação da comunidade a fim de ampliar as possibilidades de aplicação e sustentabilidade dos projetos. Os moradores vão atuar em codesign, ajudando a desenhar os projetos que vão receber o capital semente”, diz Rômulo Vieira, diretor corporativo da Votorantim Energia.

A companhia atua na Serra do Inácio desde 2015, quando iniciou a construção do complexo de energia eólica Ventos do Piauí I. A empresa já desenvolveu atividades socioambientais no sertão nordestino em ações de diferentes perfis, como mutirão de documentos, cisternas para pequenos agricultores e, também um curso técnico em energias renováveis, em parceria com Itaú Educação e Trabalho e com o governo do Estado de Pernambuco, entre outros apoiadores

“Desde que chegamos, traçamos ações socioambientais sequenciais para a região, algumas em caráter mais emergencial, fundamentais para que outras ocorressem. As iniciativas na Serra do Inácio são muito desafiadoras, então definimos como meio de intervenção a aceleração de projetos inovadores e de impacto social, porque sabemos que os que funcionarem na região terão grandes chances de serem replicados em vários outros territórios”, destaca o executivo.

Além de dois complexos em atividade na Serra do Inácio e na Serra do Araripe, a companhia está construindo mais dois empreendimentos para ampliar sua geração de energia eólica na região, considerada a melhor do mundo para esse tipo de atividade. A empresa planeja desenvolver ali o maior cluster de energia eólica da América Latina. A Votorantim Energia também vai instalar na Serra do Inácio o primeiro parque híbrido de energia do país (unindo geração solar e eólica).

 Seleção, aceleração e teste em campo

Para encontrar projetos inovadores e que possam ter alto impacto numa região desafiadora, o Instituto Votorantim desenvolveu um programa de aceleração com diferenciais.

“O Lab Água oferece a oportunidade de intervenção prática no território com uma proposta de codesign junto à comunidade, em uma imersão no local que irá agregar valor aos cinco projetos selecionados e às famílias da Serra do Inácio. Os empreendedores terão a possibilidade de testar em campo o valor das soluções, no contexto do semiárido brasileiro e as famílias terão a oportunidade de entrar em contato com soluções que vão endereçar desafios cotidianos dessa realidade”, explica Cloves Carvalho, diretor-presidente do Instituto Votorantim.

No Sprint, uma das etapas do programa, os vinte projetos selecionadas vão interagir com uma rede de parceiros que atuam na temática da água, ampliando conhecimentos e possibilidades de ações. O processo contempla ainda mentoria com especialistas convidados e da própria companhia, além de capital semente para testar em campo cinco projetos, dentre os vinte acelerados. “Podem participar projetos de pesquisas, startups, organizações sociais e outros tipos de empreendimentos, desde que tenham projetos inovadores e com o MVP passível de teste no território, junto à comunidade”, destaca Carvalho.

Fernando Monteiro viabiliza nova escola técnica para Exu

Foto: divulgação

A capacidade de articulação do deputado federal Fernando Monteiro (PP-PE) resultou em mais uma conquista para os sertanejos. Desta vez, os esforços do parlamentar para a liberação de recursos nas esferas federais possibilitaram a retomada da obra da Escola Técnica Estadual no município de Exu, no Sertão do Araripe, paralisada desde dezembro de 2018. O investimento, de R$ 12 milhões, viabilizará nova estrutura de 5,5 mil metros quadrados, que vai atender 1,3 mil alunos de Exu, Araripina, Bodocó, Ipubi, Ouricuri, Santa Cruz de Malta, Santa Filomena, Granito e Trindade.

A liberação da verba para mais este reforço para a educação no Sertão foi tema de conversa, em novembro passado, entre o deputado e o presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Marcelo Ponte. Na ocasião, o titular do FNDE ressaltou os esforços de Fernando Monteiro na busca de recursos para a execução de obras estruturadoras para Pernambuco. “É com parcerias assim que vamos fazer uma educação melhor e um trabalho mais eficiente em prol da educação do Brasil”, afirmou.

“Foram mais de dois anos de obra parada. O deputado abraçou a causa conosco e conseguiu!”, comemora o prefeito de Exu, Raimundinho Saraiva. Fernando Monteiro, que faz questão de frisar que a conquista ocorreu através do esforço conjunto entre o FNDE; o Governo do Estado, com o governador Paulo Câmara, e o prefeito de Exu, reafirma seu compromisso com o Sertão. “A boa política se faz com diálogo. Através dele conseguimos transformar a vida das pessoas, obrigação de todos nós”, afirma o deputado pernambucano.

Arari FM: Imunologista fala sobre as vacinas que estão sendo aplicadas contra covid-19 no Brasil; ouça

Médico imunologista, alergologista e dermatologista Cícero Inácio / Foto: arquivo Blog do Roberto

Por Cidinha Medrado

O ministério da saúde informou que o Brasil vai receber uma nova vacina, a Janssen, segundo o ministério, o imunizante tem uma vantagem sobre as outras vacinas, é aplicada em uma dose única e foi testada em milhares de pessoas no Brasil, sete mil voluntários participaram do estudo, é uma aposta mais segura para a imunização da população contra o novo coronavírus. A Janssen é baseada na tecnologia do vetor viral não replicante, semelhante à utilizada na vacina de Oxford/AstraZeneca. Em apenas uma dose, o sistema imune detecta essa proteína e passa a criar formas de combater esse invasor, criando uma resposta protetora contra a infecção.

Três milhões de doses estavam previstas para chegar ao Brasil na quarta-feira (16), mas houve um atraso por parte do laboratório, o Ministério aguarda confirmação da nova data, mas a expectativa é de que as doses cheguem ainda no mês de junho. O Imunologista araripinense Cícero Inácio comentou no programa Araripina Urgente com o Jornalista Roberto Gonçalves sobre a nova aposta do governo brasileiro e afirmou que a vacina é muito eficaz, que vai acelerar a campanha de vacinação contra Covi-19, exatamente por ser dose única. O sertão ainda não será beneficiado, o governo avisou que as primeiras doses atenderão as regiões com maiores quantidades de casos confirmados.
Prazo de validade

O envio das doses dependia de autorização da agência reguladora de medicamentos dos Estados Unidos, a FDA. A permissão foi concedida no sábado (12). Na quinta-feira (10) a Johnson & Johnson, responsável pela farmacêutica Janssen, anunciou que a FDA aumentou de três para quatro meses e meio o prazo de validade da vacina contra Covid-19 da Janssen, Dr. Cícero explicou que mudar o prazo de validade depende das normas de fabricação. “É o espaço de validade, um espaço de segurança para não ter problema nenhum que possa ter medicação ou vacina vencida”, explicou.

Sobre as variantes encontradas no sertão, um caso de P1 em Ouricuri e um caso de P2 em Cedro, disse com as mutações, os cuidados que devem ser tomados e o tratamento são os mesmos e que as variantes não são mais perigosas. “É normal que o vírus faça essa mudança, existem variações que podem ser piores no ponto de vista para o humano por que ele é mais infectante, mais letal e tem variações que podem ter riscos menores em letalidade e menos infectante, então os cuidados, procedimentos e tratamentos são os mesmos e a prevenção é o que o governo federal está fazendo, a vacina”, recomendou Cícero.

Há quatro dias, o Chile fechou sua capital, Santiago, o país disparou em novos casos e mesmo acelerando o processo de vacinação, entrou em uma grande onda de contaminação, isso levantou uma polêmica sobre eficácia dos imunizantes e o que teria provocado essa nova propagação. “O Chile usou a CoronaVac, a real eficácia sobre ela está muito aquém do esperado. Colegas médicos nossos que tomaram as duas doses morreram e a eficácia dela é muito baixa em relação às outras, por isso, essa nova onda, mesmo com o povo vacinado, aqui no Brasil quem usou uma vacina boa e de qualidade a chance de pegar e transmitir tá muito baixa’, disse ele.

O Imunologista acredita que se as pessoas no Brasil continuarem utilizando as formas de prevenção, como higienização das mãos, máscara e distanciamento social, diminuirá cada vez mais o número de casos. Ouça a entrevista na íntegra: