Home Blog página 3

Cerveja de mandioca beneficia agricultores de Araripina

0
A família de Vilmar Carvalho (ao centro) comemora os ganhos com a venda direta
Ambev compra diretamente dos produtores de Araripina a matéria prima utilizada na bebida vendida apenas em Pernambuco. A família de Vilmar Carvalho (ao centro) comemora os ganhos com a venda direta

Por Edilson Vieira Repórter de Economia do JC / Foto: Rafael Martins/Divulgação Ambev

ARARIPINA (PE) – Vilmar da Silva Carvalho, 58 anos, anda com firmeza pela plantação de mandioca de 80 hectares que mantém na Serra da Torre, no município de Araripina, a 680 km do Recife. Com agilidade, o agricultor arranca da terra a raiz que é motivo de alegria. “Costumo dizer que eu tenho três mães. A do Céu, que é Nossa Senhora; a da terra, que me trouxe ao mundo e esta daqui, que deu minha riqueza, é a mãedioca”, sorri.

A satisfação com o trocadilho tem explicação. Seu Vilmar comemora a boa safra possibilitada pelo inverno, que aumentou a produção em torno de 30%. Celebra também o novo mercado que se abriu a partir deste ano. A família de seu Vilmar, junto com outras cinco da região do Araripe, foi escolhida pela cervejaria Ambev para fornecer a mandioca que compõe a receita de sua nova bebida: a cerveja Nossa. Lançada há dois meses, ela é produzida em Itapissuma, Região Metropolitana do Recife, com receita exclusiva que leva amido em sua composição. O amido vem das mandiocas plantadas por pequenos agricultores do Araripe.

“Antes, toda nossa produção de mandioca era para fazer farinha ou goma de tapioca. Mas produzir farinha é caro porque gasta muita energia elétrica e água”, diz Gilmar Carvalho, filho de seu Vilmar. Ele diz que a família acabava na mão do atravessador, que pagava “o quanto queria” pela raiz. “Abaixo de R$ 150 a tonelada não compensa nem produzir”, diz ele, explicando que o preço do produto varia muito ao longo do ano, podendo cair muito ou passar dos R$ 350 a tonelada, dependendo da oferta e da procura. Com a entrada de um comprador de grande porte, como a Ambev, os produtores têm o preço garantido para aquela safra, o que acaba gerando lucros maiores.

MANDIOCA

Quem também fez as contas foi Silvano Moraes Coelho. Filho e neto de agricultores, ele havia escolhido outro destino. Lecionou geografia por dez anos em escolas públicas de Araripina. Mas há dois anos, largou a sala de aula e decidiu mapear as possibilidades da Serra do Inácio, já quase na divisa com o Piauí. A altitude de 860 metros acima do nível do mar é boa para a mandioca, ensina Silvano, mostrando que não esqueceu as lições de geografia. “Comecei a cuidar da roça de 50 hectares de mandioca junto com meus irmãos e primos. Em junho, vendi 150 toneladas para a Ambev. Agregou valor e deu moral ao nosso produto”, diz Silvano, que já planeja ampliar a área plantada para 100 ou 120 hectares no próximo ano, caso o inverno seja tão bom quanto foi em 2018.

O engenheiro agrônomo da Ambev, Vitor Pistoia, explica que desde o início, a ideia era ter um novo produto que tivesse a ver com a cultura local. “Há dois anos, pensamos em produzir uma cerveja que fosse feita em Pernambuco, para ser vendida apenas no Estado e com um viés social.” Vitor, que é gaúcho, visitou várias vezes a região do Araripe em busca dessas famílias. “Usamos como critério para a seleção dos agricultores os que mantêm boas práticas de manejo do solo, preservação do meio ambiente e sintonia com o compliance da Ambev”, diz. Apesar de não revelar números de produção ou mesmo de investimentos, Vitor Pistoia garante que o projeto ainda está em fase inicial e tem bastante espaço para crescer. Até o fim do ano, a expectativa é de que a cerveja pernambucana esteja disponível em 10 mil pontos de venda no Estado.

A chegada da Ambev em Araripina fez a roda da economia girar. Uma fábrica de fécula de mandioca foi contratada pela Ambev para produzir o amido usado na cerveja. A empresa estava praticamente parada desde a sua inauguração, há seis anos. Uma seca que durou todo esse período fez a produção cair, inviabilizando o investimento de R$ 30 milhões. “Hoje estamos processando 200 toneladas de mandioca por dia, mas temos capacidade para processar até 600 toneladas”, afirma Cristiano Coelho, gerente da Amido Maxx, que emprega 25 pessoas e compra a raiz por R$ 250 a tonelada.

O repórter viajou a convite da Ambev

Operação Capitu: Joesley Batista, da JBS, é um dos presos

0

O vice-governador de Minas Gerais também foi preso pela Polícia Federal na Operação Capitu

Com informações da Agência Brasil

O empresário Joesley Batista, dono da JBS, está entre os presos da Operação Capitu, deflagrada nesta sexta-feira (9) pela Polícia Federal. Ele é suspeito de envolvimento no pagamento de propina a servidores e agentes políticos que atuavam no Ministério da Agricultura e na Câmara dos Deputados. Além dele, foi preso o ex-ministro da Agricultura e atual vice-governador de Minas Gerais, Antônio Andrade (MDB).

Ao todo, 63 mandados de busca e apreensão e 19 de prisão temporária estão sendo cumpridos, a pedido do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Paraíba e no Distrito Federal. A operação tem por base a delação de Lúcio Funaro, apontado como operador do MDB.

Segundo as investigações, havia um esquema de arrecadação de propina dentro do Ministério da Agricultura para beneficiar políticos do MDB, que recebiam dinheiro da JBS, dos irmãos Joesley e Wesley Batista, em troca de medidas para beneficiar as empresas do grupo. Por meio de nota, a defesa de Joesley informou que a prisão de seu cliente foi recebida com “estranheza”, uma vez que o empresário é colaborador da Justiça, função que estaria sendo cumprida “à risca”.

“Causa estranheza o pedido de sua prisão no bojo de um inquérito em que ele já prestou mais de um depoimento na qualidade de colaborador e entregou inúmeros documentos de corroboração. A prisão é temporária e ele vai prestar todos os esclarecimentos necessários”, diz a nota, em declaração atribuída ao advogado André Callegari.

Operação Capitu

O aprofundamento das investigações teve como base as delações premiadas de alguns dos investigados. Capitu, o nome da operação, faz alusão a uma suposta traição de Capitu, personagem do livro Dom Casmurro de Machado de Assis.

harmonie

Onze suspeitos de ação contra banco em PE morrem em confronto com a polícia em Alagoas

0

Não há registros de feridos, presos ou foragidos / Foto: Reprodução/Facebook

O grupo suspeito de explodir banco em Águas Belas, nesta quinta-feira (8), morreu em uma troca de tiros com a polícia alagoana em Santana do Ipanema
Foto: Reprodução/Facebook
JC Online

Um grupo suspeito de explodir uma agência bancária em Águas Belas, no Agreste de Pernambuco, na madrugada desta quinta-feira (8), morreu em confronto com a polícia de Alagoas, estado vizinho, durante a tarde. De acordo com a Polícia Civil, 11 homens morreram. Não há registros de feridos, presos ou foragidos.

Segundo o delegado Fábio Costa, diretor da Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic) e um dos coordenadores da Operação Cavalo de Tróia, alguns dos integrantes do grupo criminoso já estavam sendo investigados no estado. “Houve um assalto em Águas Belas e estávamos no encalço de alguns deles. Acabamos encontrando a residência onde estavam escondidos”.

Onze mortos

A casa em que a quadrilha se escondia está localizada no povoado Areia Branca, em Santana do Ipanema, sertão alagoano, a cerca de 35 quilômetros de Águas Belas. De acordo com delegado, cerca de 30 agentes, contando com o apoio do agrupamento aéreo em um helicóptero, montaram um cerco no local. “Quando nós demos voz de prisão para que eles saíssem da casa, eles começaram a disparar”, explicou. Na troca de tiros, não houve policiais feridos e nenhuma viatura foi atingida.

“É um milagre estarmos vivos. A troca de tiros foi intensa”, acrescentou o policial.

Ao todo, 11 suspeitos morreram no confronto. Até o momento da publicação desta matéria, as identidades dos mortos não tinham sido reveladas. “É um grupo que tinha explosivistas dos mais perigosos do Nordeste, que atuaram em diversos estados. Muitos deles eram conhecidos”, disse o delegado Fábio Costa.

Apreensões

Armas, incluindo fuzis, escopetas calibre 12 e pistolas, foram apreendidas no local. Os policiais também encontraram explosivos, dinheiro, e a caminhonete utilizada na ação em Águas Belas.

Os detalhes sobre a ocorrência serão repassados em uma coletiva de imprensa nesta sexta-feira (9).

Fuzis, pistolas e explosivos foram apreendidos no local
Legenda

Leia a nota da Polícia Civil de Alagoas:

Na tarde de hoje, dia 08/11, uma operação deflagrada pela DEIC culminou no confronto de onze criminosos que cometeram o assalto ao banco Bradesco de Águas Belas, Pernambuco, nesta madrugada. A ação ocorreu na área rural de Santana do Ipanema e onze suspeitos foram atingidos por disparos, os quais foram socorridos ao hospital da região, mas entrarem em óbito. Armas, explosivos, dinheiro, e a caminhonete utilizada no assalto foram apreendidos. A ação foi coordenada pelos delegados Fábio Costa, Cayo Rodrigues e Thiago Prado e contou com o apoio do Grupamento Aéreo. Amanhã terá uma coletiva em hora e local a ser definido pela SSP.

A ação em Águas Belas

Uma agência bancária foi explodida na madrugada desta quinta-feira (8), na cidade de Águas Belas. O alvo dos criminosos foi o Bradesco, localizado na Rua Manoel Borba, no Centro do município. De acordo com a Polícia Militar (PM), os suspeitos roubaram um veículo modelo S-10 no próprio município e levaram os ocupantes como reféns. Outros três veículos também foram utilizados na investida. Houve troca de tiros entre os criminosos e a PM. Os suspeitos fugiram pela BR-423, sentido Alagoas. Eles espalharam grampos pela estrada para dificultar a ação dos policiais

Prefeitura de Araripina intensifica combate às muriçocas e ao mosquito da dengue

0

A Prefeitura de Araripina intensificou nas últimas semanas o trabalho de combate às muriçocas e outros vetores existentes na cidade. O trecho urbano do riacho São Pedro está inteiramente limpo e agora está sendo feito o tratamento focal pelos Agentes de Endemias do município.

A Prefeitura pede à população que colabore neste trabalho, evitando jogar lixo nas encostas do riacho ou nos canais, evitando assim a proliferação dos insetos. A preocupação do Departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde é, também, em relação ao mosquito Aedes aegypti – transmissor da dengue, zika e chikungunya.

É importante manter bem tampados caixas d’água, jarras, cisternas, poços ou qualquer outro reservatório de água; mantenha as lixeiras tampadas e secas; coloque no lixo todo objeto que possa acumular água. O lixo deve ser colocado em sacos plásticos bem fechados; lave os bebedouros de animais com uma bucha pelo menos uma vez por semana e troque a água todos os dias; cubra e guarde os pneus em locais secos, protegidos das chuvas; guarde as garrafas secas de cabeça para baixo e não deixe no quintal objetos que acumulem água; encha os pratinhos de plantas com areia; retire a água acumulada sobre a laje; mantenha as calhas d’água limpas.

O trabalho do controle de muriçocas e do Aedes já trouxe importantes resultados, como a saída de Araripina da área de risco da dengue. Em 2017 foram registrados em Araripina apenas 18 casos de dengue, zika e chikungunya, bem diferente da realidade de 2016, quando 1.634 pessoas contraíram uma das três doenças.

neto

Ciro Bottini e Geraldo Rufino animam e emocionam durante o III Seminário de Gestão do Araripe

0

Em uma noite inesquecível, mais de 200 participantes assistiram às palestras de Ciro Bottini e Geraldo Rufino no III Seminário de Gestão do Araripe, em Araripina, promovido pela Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco. Foram momentos incríveis de conhecimento e motivação tendo como temas principais empreendedorismo e vendas.

Geraldo Rufino emocionou a todos com sua bela história de vida e empreendedorismo. Fundador da JR Diesel, Rufino contou as vitórias e derrotas ao longo dos seus 59 anos de idade e destacou a importância da família, da persistência e principalmente do amor ao empreendedorismo. Para ele, todos os brasileiros têm dentro de si a capacidade de empreender e ter prosperidade. “O povo brasileiro é inteligente, trabalhador, honesto, dedicado ao trabalho e família. Vivemos em um país maravilhoso que nos proporciona muitas oportunidades”, destacou.

Com o tema “Vender, vender, vender”, Ciro Bottini trouxe muita energia, animação e conhecimentos para o III Seminário de Gestão do Araripe. Ele deu um verdadeiro show de vendas com dicas para que os vendedores alcancem suas metas e ganhem mais dinheiro. Com seu jeito inconfundível, Bottini distribuiu prêmios em dinheiro e recebeu de volta muitos sorrisos a aplausos da platéia. “A palestra em Araripina foi incrível. O público é maravilhoso e foi contagiante esse sentimento. Assim é, também, o processo de vendas nas empresas. A venda é algo emocional que precisa ter envolvimento e emoção com o cliente”, disse.

O III Seminário de Gestão do Araripe foi promovido pela FIEPE e SEBRAE e teve o apoio dos Sindicatos filiados à FIEPE e da CNI e o patrocínio da Prefeitura de Araripina, MagPlus Invelon, High Tech, Original Energias Renováveis, Aço Nobre e SESI. (Vera Cruz Comunicação)

Como votaram os senadores de PE no aumento de salário de ministros do STF

0

FBC e Armando votaram a favor. Humberto se ausentou da votação / Fotos: Agência Senado

FBC e Armando votaram a favor. Humberto se ausentou da votação. O projeto foi criticado por Jair Bolsonaro pelo seu impacto nas contas públicas, estimado em 6 bilhões de reais
Fotos: Agência Senado

O Senado Federal aprovou, nessa quarta-feira (7), o reajuste salarial de 16,38% dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e do titular da Procuradoria-Geral da República (PGR). A remuneração dos magistrados da Corte passará de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil. O pleito terminou com 41 votos favoráveis ao projeto de lei, 16 contrários e uma abstenção.

O projeto foi criticado pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) pelo seu impacto nas contas públicas, estimado em 6 bilhões de reais. Entre os três senadores que Pernambuco possuí na Casa, dois foram a favor do aumento: Armando Monteiro (PTB) e Fernando Bezerra Coelho (MDB). Já o senador Humberto Costa (PT) se ausentou da votação.

Veja a lista de como votaram todos os senadores:

A favor do aumento

Acir Gurgacz (PDT-RO)
Aécio Neves (PSDB-MG)
Ângela Portela (PDT-RR)
Antonio Anastasia (PSDB-MG)
Antônio Valadares (PSB-SE)
Armando Monteiro (PTB-PE)
Ataídes Oliveira (PSDB-TO)
Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)
Cidinho Santos (PR-MT)
Ciro Nogueira (PP-PI)
Dalirio Beber (PSDB-SC)
Davi Alcolumbre (DEM-AP)
Edison Lobão (MDB-MA)
Eduardo Amorim (PSDB-SE)
Eduardo Braga (MDB-AM)
Eduardo Lopes (PRB-RJ)
Fernando Coelho (MDB-PE)
Garibaldi Alves Filho (MDB-RN)
Hélio José (PROS-DF)
Ivo Cassol (PP-RO)
Jorge Viana (PT-AC)
José Agripino (DEM-RN)
José Amauri (PODE-PI)
José Medeiros (PODE-MT)
José Serra (PSDB-SP)
Otto Alencar (PSD-BA)
Paulo Bauer (PSDB-SC)
Paulo Rocha (PT-PA)
Raimundo Lira (PSD-PB)
Renan Calheiros (MDB-AL)
Roberto Rocha (PSDB-MA)
Romero Jucá (MDB-RR)
Rose de Freitas (PODE-ES)
Sérgio Petecão (PSD-AC)
Tasso Jereissati (PSDB-CE)
Telmário Mota (PTB-RR)
Valdir Raupp (MDB-RO)
Vicentinho Alves (PR-TO)
Walter Pinheiro (Sem partido-BA)
Wellington Fagundes (PR-MT)
Zeze Perrella (MDB-MG)

Contra o aumento

Airton Sandoval (MDB-SP)
Cristóvam Buarque (PPS-DF)
Fátima Bezerra (PT-RN)
Givago Tenório (PP-AL)
José Pimentel (PT-CE)
Lídice da Mata (PSB-BA)
Lúcia Vânia (PSB-GO)
Maria do Carmo Alves (DEM-SE)
Randolfe Rodrigues (Rede-AP)
Regina Sousa (PT-PI)
Reguffe (Sem partido-DF)
Ricardo Ferraço (PSDB-ES)
Roberto Requião (MDB-PR)
Ronaldo Caiado (DEM-GO)
Vanessa Graziottin (PCdoB-AM)
Wilder Morais (DEM-GO)

Abstenção

José Maranhão (MDB-PB)

Ausentes

Alvaro Dias (Podemos-PR)
Ana Amélia (PP-RS)
Dário Berger (MDB-SC)
Davi Alcolumbre (DEM-AP)
Eunício Oliveira (MDB-CE)
Fernando Collor (PTC-AL)
Flexa Ribeiro (PSDB-PA)
Gladson Cameli (PP-AC)
Gleisi Hoffmann (PT-PR)
Humberto Costa (PT-PE)
Jader Barbalho (MDB-PA)
João Alberto Souza (MDB-MA)
João Capiberibe (PSB-AP)
Lasier Martins (PSD-RS)
Lindbergh Farias (PT-RJ)
Magno Malta (PR-ES)
Marta Suplicy (MDB-SP)
Omar Aziz (PSD-AM)
Paulo Paim (PT-RS)
Pedro Chaves (PRB-MS)
Romário (Podemos-RJ)
Ronaldo Caiado (DEM-GO)
Simone Tebet (MDB-MS)
Waldemir Moka (MDB-MS)
Guaracy Silveira (DC-TO)

postotrevo

Câmara de Araripina aprova Projeto de Lei que autoriza o município parcelar dívida com o Arariprev

0

O PL 06/2018, após sancionado pelo prefeito Pimentel, autoriza o município pagar em 200 parcelas, sua divida com o Fundo de Previdência

Por Roberto Gonçalves / Foto: reproduão

A Câmara de vereadore de Araripina, no Sertão de Pernambuco,  aprovou na noite desta quarta-feira (7), Projeto de Lei 06/2018 que autoriza o poder público municipal, parcelar a dívida existente do município com o Fundo Previdenciário do Município – Arariprev.

De acordo com o presidente da Casa Legislativa, Evilásio Mateus (PSL), o Projeto foi analizado pelo vereador Luciano Capitão (PMDB, que é o presidente da Comissão de Orçamento e Finanças da Câmara, e pelo vereador João Erlan (PDT). “Ambos opinaram pela aprovação na sua íntegra, sem modificação”, explicou.

Para Evilásio Mateus, o município necessita de todas as formas pagar o que deve ao Arariprev. “Como não tem condições de pagar o montante de uma só vez, o Executivo pede autorização ao Legislativo para fazer um parcelamento, e já começar a quitação do débito, para ir criando uma ‘gordura’ prá poder pagar no futuro com mais tranquilidade, a folha dos inativos”, frisou.

O PL 06/2018 já está na Casa Joaquim Pereira Lima, desde o dia 21 de agosto, e após sancionado pelo prefeito Pimentel, o município terá sua divida com o Arariprev dividida em 200 parcelas. Ouça abaixo o momento votação.

Irmão de Eduardo Campos quer reunião com Moro sobre acidente

0
Antônio e Eduardo Campos
Antônio e Eduardo Campos

O irmão do ex-governador Eduardo Campos (PSB), o advogado Antônio Campos, afirmou nesta quinta-feira (8) que vai tentar uma audiência com o futuro ministro da Justiça Sérgio Moro e com a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, sobre a investigação do acidente aéreo que matou o socialista e mais seis pessoas. O advogado defende a reabertura do inquérito. O delegado federal Rubens Maleiner, responsável pelo caso, descartou qualquer possibilidade de sabotagem.

A apuração foi concluída em agosto deste ano, quatro anos após o acidente, em Santos (SP). “Ouvimos todos que cuidaram da aeronave nos dias precedentes ao voo, além de termos feito investigações no Aeroporto Santos Dumont e com relação às oficinas de manutenção que lidaram com a aeronave. Todo entendimento que tivemos da mecânica do voo é absolutamente incompatível com qualquer possibilidade de sabotagem imaginada”, disse o delegado.

O inquérito produzido pela Polícia Federal acabou limitado a apresentar quatro hipóteses possíveis para a ocorrência acidente. A primeira delas é a de colisão com pássaros, uma vez que foi relatado por uma testemunha a presença de muitos urubus nas proximidades no momento do acidente. Também foram mencionadas como hipóteses a possibilidade de disparo de compensador de profundador; e a de pane com travamento de profundador em posições extremas. Esses equipamentos são peças localizadas nas asas ou na traseira, responsáveis por estabilizar e dar a direção à aeronave.

A quarta hipótese apresentada é a de os pilotos terem passado por alguma desorientação espacial. Esta última hipótese foi a apontada em 2016 pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), da Força Aérea.

“Verifica-se que o inquérito que apurou a causa do acidente aéreo que vitimou Eduardo Campos, embora descarte falha humana, é inconclusivo, pelo que está requerendo ao Ministério Público Federal e a Justiça de Santos, que não arquive o inquérito, devolvendo a Polícia Federal para novas diligências, aprofundando-as para se chegar a uma causa, ou a mais provável”, defende Antônio Campos.

O irmão de Eduardo Campos ainda afirma: “é de se registrar que o inquérito desmonta a tese do Cenipa de falha humana e não podemos descartar a possibilidade de um acidente aéreo programado para acontecer, até porque o inquérito da Polícia Federal não é conclusivo e uma das hipóteses é de falha mecânica, que pode ser programada para ocorrer, o que caracterizaria sabotagem e homicídio”. (Blog do Jamildo)

htnet

Em Araripina, motoristas do transporte escolar estadual reivindicam pagamento de dias em atraso

0
Foto: Araripina em Foco/reprodução

Um grupo de quase 10 motoristas representando a categoria do transporte escolar estadual esteve na manhã de quarta-feira (7) reunido com a coordenação da Gerência Regional de Educação (GRE) em Araripina (PE), Sertão do Araripe. Eles reivindicando 10 dias trabalhados e alegam que já estão com mais de quatro meses esperando o pagamento desse período.

Segundo Juliano Modesto, coordenador da GRE, a diretora da instituição, Itamara Ramos, viajou ao Recife para tratar a questão do pagamento em atraso. Ainda de acordo com Modesto, “o ano de 2018 foi muito complicado em vários setores, mas a GRE espera sanar muito em breve essas questões”.

Mas a categoria não abre mão dos seus direitos. “Nós temos compromissos e não podemos assumir porque estamos passando por uma situação de esquecimento por parte do governo do Estado. Eles vão precisar de nós, o ano letivo de 2019 já está bem perto, então se essa situação não for resolvida, infelizmente os alunos de Araripina da rede estadual vão ficar sem transporte”, ameaçou um motorista.

A diretora Itamara Ramos está em reunião com mais 16 diretores estaduais no Recife para resolver a situação. Nesta sexta-feira (9) ela retornará, e só assim dará uma posição aos motoristas. (Fonte: Araripinaemfoco.net via Carlos Britto)

medical

Paulo Câmara ordena que inquéritos da Decasp sejam redistribuídos

0

O governador Paulo Câmara (PSB), pessoalmente, baixou uma norma, determinando que os inquéritos policiais da Delegacia de Crimes Contra a Administração Pública (Decasp) sejam redistribuídos para as outras duas delegacias, criadas pela Lei 16.455, que foi sancionada pelo governador na segunda-feira (5).

A determinação de Paulo Câmara constou no Diário Oficial, nesta quinta-feira (8), no meio do decreto 46.725, assinado por Paulo Câmara.

“Os procedimentos policiais em curso nas delegacias de polícia extintas por meio da Lei 16.455, de 2018, deverão, após cumprimento da Portaria GAB/PCPE 118/2000, ser redistribuídos às 1ª ou 2ª Delegacia de Polícia de Repressão ao Crime Organizado – DPRCO, observando-se as respectivas áreas de atuação”, determinou o governador.

A Decasp vinha sendo conduzida pela delegada Patrícia Domingos. A extinção da delegacia rendeu polêmica durante a tramitação do projeto na Alepe e nas redes sociais.

A posição do governo é que o novo departamento vai ser mais eficiente para o combate à corrupção e que o novo modelo atende uma visão nacional de combate ao crime organizado.

Contudo, a associação de delegados da Polícia Civil se posicionou contra o projeto, bem como membros do Ministério Público Estadual, Ministério Público de Contas e Ministério Público Federal.

O coordenador da Lava Jato Deltan Dallagnol chegou a protestar, pelas redes sociais, assim como o procurador junto ao TCU, Júlio Marcelo Oliveira. A OAB manifestou, em nota oficial, preocupação com o projeto.

A oposição também fez duras críticas, inclusive o senador Armando Monteiro (PTB), derrotado pelo governador nas eleições de outubro.

O governador respondeu pelas redes sociais e disse que era “fake news” a argumentação dos adversários políticos. (Blog do Jamildo)

postomagalhaes

Câmara de Vereadores de Araripina aprova título de cidadão para Marcelo ‘Sanfoneiro”

0

A proposição é de autoria da vereador Silvano do Moraes (PRB), e reconhece os serviços prestados ao município pelo homenageado

Por Roberto Gonçalves / Foto: Martinho Filho

A Câmara de Vereadores de Araripina no Sertão do Araripe, aprovou na noite desta quarta-feira (07), o Projeto de Lei que concede o título de cidadão araripinense ao funcionário público aposentado Marcelo Coutinho, ou Marcelo ‘Sanfoneiro’, como é mais conhecido na cidade.

A proposição, de autoria do vereador José Silvano do Moraes, reconhece os serviços prestados pelo homenageado ao município, sendo  subscrito e aprovado por todos os vereadores presentes ontem na Casa Joaquim Pereira Lima, que é presidida pelo Vereador Evilásio Mateus (PSL).

O vereador Silvano, falou na tribuna da Câmara sobre o homenageado. “Marcelo Rodrigues Coutinho, nasceu em Jaicós no Piauí, é casado há 42 anos com Antonia Ivone Coutinho, e reside há 46 anos em Araripina. Quando morava na sua terra natal no interior do Piauí, trabalhou na roça dos 8 aos 14 anos e por decisão dos seus pais veio morar em Araripina em 1972, onde vive até hoje”, disse. Ouça parte da biografia de Marcelo Coutinho:

Dirigentes da Odebrecht confirmam que obras no sítio foram propina para Lula

0

Cúpula da empreiteira conta como subornou o ex-presidente

E depoimento à juíza federal substituta Gabriela Hardt nesta quarta-feira (7), em Curitiba, a cúpula corruptora da Odebrecht (o ex-diretor Alexandrino de Salles Ramos de Alencar, o ex-presidente da empreiteira Marcelo Odebrecht e o pai dele, Emílio) confirmaram que as obras de reforma do sítio de Atibaia (SP), de propriedade de Lula, foram em “retribuição” aos “favores” prestados ao grupo pelo então presidente Lula, hoje presidiário cumprindo pena de 12 anos e 1 mês de cadeia no âmbito da Operação Lava Jato.

O processo tratam de pagamento de propina ao ex-presidente Lula paga por empresas fornecedoras do governo, como a OAS e a Odebrecht, por meio de reformas e decoração em um sítio em Atibaia (SP), em troca de favorecimento em contratos com a Petrobras. As obras começaram no sítio quando Lula ainda era presidente.

Os depoimentos
Alexandrino Alencar, que era destacado para atender as demandas do ex-presidente e o acompanhava em viagens no jatinho da empreiteira, disse em seu depoimento que as obras no sítio foram feitas a pedido da ex-primeira dama Marisa Letícia, que queria “presentear” Lula quando ele deixasse a presidência.

O ex-executivo afirmou que levou o pedido a Emílio Odebrecht, que autorizou a reforma no sítio. “Emílio disse: ‘não, lógico. Eu acho que nós temos uma retribuição a isso, a tudo que o presidente fez pela organização’”. Alexandrino também contou que depois da reforma concluída foi até o escritório do advogado Roberto Teixeira, amigo de Lula, para regularizar a situação da obra.

á Marcelo Odebrecht afirmou que soube das obras no sítio quando já estavam em andamento, e que se manifestou contrário.

“Seria a primeira vez que a gente estaria fazendo uma coisa pessoal para presidente Lula. Até então, por exemplo, tinha tido o caso do terreno do instituto, bem ou mal, era para o Instituto Lula, não era pra pessoa física dele”, disse, explicando o seu temor diante da dificuldade em manter em sigilo. Segundo ele, o risco de vazamento “era enorme”, com tantas pessoas já trabalhando na obra.

Marcelo relatou que a decisão de pagar as obras no sítio foi do pai dele, Emílio, e as despesas abatidas na planilha italiano, que era gerenciada pelo então ministro Antonio Palocci, e contabilizava propinas destinadas ao PT. “Eu até combinei com o Palocci. Vamos fazer aqui um débito na planilha italiano de R$ 15 milhões, eu e você, que é para atender esses pedidos que nem eu e você ficamos sabendo que Lula e meu pai acertam”, afirmou.

Marcelo citou os e-mails encontrados em seu computador pessoal, entregues à Justiça. O ex-presidente da Odebrecht disse ao advogado de Lula, Cristiano Zanin, que as mensagens provam o que ele disse na delação: “O que, por exemplo, complicou muito a vida do seu cliente não foi nem meus relatos, foram os e-mails”.

Emílio Odebrecht, em seu depoimento, voltou a falar sobre a relação com o ex-presidente Lula e sobre contribuições de campanha ao PT.

Sobre o sítio, reafirmou que o pedido da reforma foi feito por Marisa Letícia. “O Alexandrino me trouxe [o pedido]”.

A juíza questionou se ela tinha liberdade em pedir uma reforma de “valor considerável” por saber da relação entre Emílio e o ex-presidente. (Diário do Poder)

taboril

Polícia Militar apreende 12,5 kg de maconha que era trazida de Ibó-BA para Araripina-PE

0

A droga seria entregue para um menor de iniciais V.A,  que estava esperando no Distrito de Morais

9ª CIPM / Foto: Polícia Militar

Na tarde desta quarta-feira (07), em mais uma ação exitosa, e após informações repassadas pelo efetivo do NIS-3, Cabrobó, que monitorou a saída de uma grande quantidade de droga, (maconha), que seguiria para Araripina, onde o efetivo do Malhas da Lei da 9ª CIPM, acompanhou a chegada do entorpecente, e posteriormente acionou o efetivo Ostensivo da 9ª CIPM, que ao realizar  abordagem à Senhora  MARIA RAQUEL ALENCAR, na cidade de Trindade, encontrou com ela a  quantidade de 12,432 kg de maconha pronta para o consumo.

A mulher aos policiais contou que iria entregar para o menor de iniciais V.A,  que estava esperando no Distrito de Morais, zona rural de Araripina. Em ato contínuo e através de uma conjunta entre as equipes envolvidas na ocorrência, o menor foi pego no lugar mencionado pela acusada.

A envolvida relatou também que foi em Ibó – BA, na noite anterior, doa dia 06, terça-feira, que ela recebeu a droga, e que aquele produto chegaria até seu primo, recluso da Cadeia Pública de Araripina,  o detento SAMUEL ALENCAR BRASIL.

A ocorrência foi encaminhada para o DENARC, conforme BO n° 2362/2018. Mais uma ação coroada de êxito, que reflete o empenho de policiais no combate à criminalidade, em busca de uma sociedade mais segura.

Na operação foram apreendidos 02 CELULARES, R$ 224,00 (duzentos e vinte e quatro reais em espécie), 12,432 kg de maconha, pronta para o consumo.

A mulher foi autuada em flagrante e o menor envolvido submetido na delegacia a um BOC.

zepelado

Prefeitos falam em dificuldade para pagar o 13º salário em Pernambuco

0

Assim como nos Estados, as prefeituras de Pernambuco também terão dificuldade para pagar os benefícios de seus funcionários.

O prefeito de Afogados da Ingazeira e presidente da Associação dos Municipalista de Pernambuco, José Patriota (PSB), disse que 2018 deve ser um ano ainda mais duro para que os prefeitos cumpram com a obrigação do 13º salário.

“Eu acho que será mais difícil, está horrível a situação, mas teremos um balanço após a reunião do dia 26 de novembro. Houve queda (de arrecadação) recente, a pressão de demandas da sociedade aumenta a cada ano e o dinheiro não. Tudo isso deságua no município, os programas são sub-financiados e o recurso não chega nas cidades”, disse Patriota em referência ao Pacto Federativo. Os prefeitos defendem uma revisão do pacto alegando que os recursos ficam concentrados em Brasília e não chegam para Estados e municípios.

As prefeituras do Recife, Jaboatão e Olinda, no Grande Recife, e Caruaru e Petrolina, no Interior do Estado, confirmaram o pagamento do décimo. “A Prefeitura do Recife informa que o 13º salário de 2018 será pago normalmente, como acontece desde 2013. O calendário de pagamento será informado aos servidores em momento oportuno”, diz a PCR.

Jaboatão confirmou que os 13.200 servidores receberão a segunda parcela do décimo em 20 de dezembro. O valor corresponde a cerca de R$ 16,5 milhões. A primeira foi paga em 29 de junho. Já a prefeitura de Olinda afirma que apenas 564 servidores optaram por receber a primeira parcela do 13º no meio do ano, que somou cerca de R$ 1 milhão. A segunda parcela para quem já recebeu 50% e o valor total para quem não quis adiantamento sai no dia 14 de dezembro.

A Prefeitura de Petrolina disse que a 2ª parcela está estipulada em R$ 12,8 milhões para 1.285 segurados e 6.405 servidores ativos, mas não definiu data. Caruaru confirma o pagamento para 20 de dezembro, mas não declarou valores nem o total de servidores do município. (Nill Junior)

unipedra

Delegada ‘não demonstrou interesse’ em cargo no Draco, diz SDS

0

 

O secretário de Defesa Social em exercício, Humberto Freire, afirmou nesta quarta-feira (7), em entrevista coletiva sobre o novo Departamento de Repressão ao Crime Organizado (Draco), que à delegada Patrícia Domingos foi oferecida a diretoria adjunta do órgão, mas ela “não demonstrou interesse”. A delegada chefiava a Delegacia de Crimes contra a Administração e Serviços Públicos (Decasp), extinta com a lei que criou o Draco. A delegada especial Sylvana Lellis ficará à frente do departamento.

O subchefe da Polícia Civil de Pernambuco, Nehemias Falcão, disse ter falado com Patrícia Domingos.

Agora, deverá ser definida em que delegacia ela deverá atuar. Além disso, quem vai ocupar o cargo que seria dela no departamento.

Mais cedo, Patrícia Domingos foi entrevistada no programa Resenha Política e falou sobre o assunto. Assista:

Extinção da Decasp

Sob protestos nas galerias e de deputados de oposição, a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) aprovou, nessa segunda-feira (5), por 18 votos a 7, a redação final do projeto de lei que mudou a estrutura da Polícia Civil. Com a mudança, foram extintas a Decasp, responsável por operações como a Ratatouille e Castelo de Farinha, e a Delegacia de Crimes contra a Propriedade Imaterial (Deprim), conhecida como “antipirataria”.

O projeto de lei tramitou na Assembleia em regime de urgência.

lafer

Araripina: Vândalos roubam cabos de energia e deixam dois pontos da Avenida Perimetral na escuridão

0

O secretário de Infraestrutura, Lucas Amorim, falou sobre o assunto na manhã desta quinta no programa Araripina Urgente da Rádio Arari FM

Por Roberto Gonçalves / Foto: Fredson Paiva

O secretário interino de Infraestrutura do município de Araripina, no Sertão de Pernambuco, Lucas Amorim, participou por telefone na manhã desta quinta-feira (08), do programa Araripina Urgente da Rádio Arari FM. O principal assunto que foi abortado pelo executivo, foi a escuridão em alguns trechos da avenida Perimetral, que é usada diariamente por centenas de pessoas para praticar exercícios físicos no período da noite.

De acordo com Lucas Amorim, existem dois trechos da via que estão as escuras, devido ao roubo de cabos elétricos por parte de vândalos. “Nós pedimos que a população tenha um pouco mais de paciência, pois a Prefeitura já tomou as devidas providências. Prestamos queixa, fizemos um Boletim de Ocorrência – B.O na Delegacia de Polícia Civil do município, e já estamos adquirindo novos cabos para reposição”, explicou.

Ainda segundo o secretário de Infrestrutura, é importante que a população colabore com a administração municipal, denunciando esse tipo de ato. “Não podemos deixar que vândalos destruam a nossa cidade e cause esse tipo de transtorno que estamos passando agora”, frisou.

Na rápida entrevista, Lucas amorim também falou das obras que estão em andamento na sede e no interior do município. “O trabalho na gestão do prefeito Pimentel não para. São dezenas de obras em andamento. Estamos requalificando a Avenida Florentino Alves Batista, começamos na segunda-feira (05) a iluminação LED e até o final do ano entregaremos o canteiro central. Estamos também construindo três quadras poliesportivas no Morais, Rancharia e Cavaco, estamos fazendo saneamento em Lagoa do Barro, dando continuidade na ampliação da Unidade Básica de Saúde do distrito de Nascente e terminando em breve as obras da Escolas Nucleadas”, finalizou. Ouça a entrevista na íntegra:

Nos 30 anos da Constituição Federal, Gonzaga Patriota lembra conquista histórica

0

Um dos que participaram da sessão solene na Câmara dos Deputados para celebrar os 30 anos da Constituição Federal, nesta terça-feira (6), o socialista pernambucano Gonzaga Patriota lembrou conquistas históricas contidas na Carta Magna. Uma delas foi a inclusão da aposentadoria para homens e mulheres do campo – proposta de sua autoria.

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) encontrou resistência entre os parlamentares, que não visualizavam como o país poderia arcar com tamanho custo, mas consegui incluí-la na Constituição. Hoje, a maior distribuição de renda do país é feita através das aposentadorias de homens e mulheres do campo. Além disso, diversos estudos indicam que, após 1988, houve um aumento do nível de bem-estar dos aposentados residentes da zona rural, agora com poder de compra, figuras-chave na manutenção da família e independentes dos filhos“, avaliou Gonzaga.

A sessão solene contou também com as presenças do atual presidente da República, Michel Temer, e do presidente eleito Jair Bolsonaro.

frigotil

Araripina: Encontro de Contabilidade acontece na Facisa dias 22 e 23

0

A Autarquia Educacional do Araripe, através da Facisa, promove nos dias 22 e 23 de novembro, no auditório Charles Luciano, o IX Encontro do Araripe de Contabilidade – ENAC para os graduandos em Ciências Contábeis e para os contadores e contabilistas da região.

O encontro já é uma tradição no calendário acadêmico da região do Araripe e todo ano traz palestrantes com temas atuais que servem tanto para os discentes quanto para os profissionais. Em 2018, os temas abordados serão “Rotinas de Departamento Pessoal na prática” e “Novos benefícios da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa e do Supersimples”.

Os alunos receberão certificado de participação com carga horária de 30 horas. As inscrições estão abertas na secretaria da Facisa ao preço de R$ 30 para alunos e R$ 35 para profissionais.

O IX ENAC é realizado pela AEDA e Facisa, tem o apoio da Fortes e do Sebrae e o patrocínio da Madeireira Nobre, Posto Alaiane e Gás Alaiane.

varejao

Senador denuncia perseguição a professores e alunos da UFPE

0

O líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE), informou à Casa nesta quarta-feira (7) a distribuição de um panfleto apócrifo no Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Pernambuco, “com ameaças nominais a alunos e professores”.

Para ele, trata-se de “uma clara tentativa de criar um clima de terror e intimidação no ambiente universitário”.

“Alunos e professores foram acusados pejorativamente de comunistas, defensores de drogados, gays, esquerdistas, entre outras aberrações, com o aviso de que seriam banidos da UFPE quando Bolsonaro assumir o governo”, disse o senador.

Informado, o reitor Anísio Brasileiro, que está em Porto Alegre, repudiou o texto do panfleto e determinou a abertura de sindicância para identificar os responsáveis.

Já o senador pediu que a Advocacia-Geral da União, a Polícia Federal e o Ministério Público ajam urgentemente para impedir que os casos de constrangimentos, ameaças e agressões se proliferem pelo país, especialmente em instituições federais de ensino.

“Professores e alunos em todo o país estão sitiados por esse cerco da intolerância promovido por Jair Bolsonaro. São práticas que fariam Mussolini e Hitler ficarem orgulhosos”, disse ele.

O senador cobrou também da Procuradoria-Geral da República que tome providências para tentar impedir, por meio do Poder Judiciário, que o presidente eleito “continue fazendo incitação ao ódio e à violência”.

“É uma prática própria de ditadores, que querem é ver seus seguidores na mais completa ignorância. Esse discurso tem fomentado um ambiente de perseguição inaceitável”, afirmou

ararifm

Ouça o programa Araripina Urgente de 08/11/2018

0

Roberto Gonçalves / Foto: Fabiano Alencar

Se você perdeu o Araripina Urgente desta quinta-feira, 08 de novembro 2018, programa que é apresentado pelo radialista Roberto Gonçalves de segunda a sexta-feira, das 7 às 8:30 h, pela Arari FM 90,3 e quer ouvir agora na íntegra, é só clicar abaixo.

No programa, você poderá conferir as seguintes notícias

01- Vândalos roubam cabos de energia e Avenida Perimetral de Araripina fica na escuridão; secretário de Infraestrutura do município fala sobre o assunto

02- Câmara de Araripina aprova Projeto de Lei que autoriza o poder público municipal parcelar dívida existente do município com o Arariprev

03- Marcelo ‘Sonfoneiro’ receberá título de cidadão araripinense. A proposição é do vereador Silvano do Morais

04- Arte da Palavra promove conversa com escritores em Bodocó

05- “A cerveja ‘Nossa’ nasceu para brindar o DNA pernambucano”, diz executivo da Ambev ao visitar Araripina

06- Semas e CPRH fazem consultas públicas em Salgueiro e Cabrobó sobre criação da Unidade de Conservação Serras Caatingueiras

07- Atividades legais de extração de madeira estão interrompidas no Sertão do Araripe

08- Operação contra corrupção é realizada pela Polícia Civil

09- PF cumpre mandados de prisão contra deputados estaduais em desdobramento da Lava Jato no RJ

10- Futuro ministro da Justiça Juiz Sérgio Moro recebe informações sobre a pasta

11- Bolsonaro diz  que pretende manter o contato com Temer mesmo depois de tomar posse

12-Tereza Cristina é confirmada para o Ministério da Agricultura

13-Senado aprova reajuste para ministros do STF; salário vai a R$ 39 mil

14- As broncas policiais com o repórter do Rota 903 Fredson Paiva

15- As informações da oferta de emprego na Agência do Trabalho de Araripina com Eldo Brito

16- As notícias esportivas com Roberto Rivelino

17- Os números da PRF nas rodovias que cortam o estado de Pernambuco, com Jota Campos

18- Previsão do tempo para todos os estados da Região Nordeste com Paula Soares do Site Climatempo

19- Participação do ouvinte pelo WhatsApp (87) 9 9161-0116 e facebook

armazem