Início Site Página 884

Galego da Rancharia ‘detona’ políticos de Araripina

alt

altSegundo o líder comunitário, o distrito de Rancharia é esquecido pela classe política do município.

Por Roberto Gonçalves / Foto: Reprodução

O líder comunitário do distrito de Bom Jesus do Araripe, Deoclides Rodrigues de Oliveira, mais cohecido como Galego da Racharia, esteve na última quinta – feira (20), participando do programa Canal Aberto, que é apresentado pelo radialista Martinho Filho, na Arari FM 90,3.

Durante a rápida entrevista, Galego chamou a atenção dos políticos locais, para o abandono do distrito de Rancharia.

– Os políticos de Araripina só vão ao nosso distrito em ano de eleição e atrás dos nossos votos. Rancharia tá esquecido, todos os outros distritos, tiverama a felicidade de receber uma torre de celular, todos tem água do São Francisco nas torneiras duas vezes por semana, Rancharia não tem e, nós estamos sofrendo, mas a culpa é da gente mesmo – disse o líder comunitário.

De acordo com Galego da Rancharia, o povo precisa se unir e se manifestar, para resolver os problemas da comunidade.

– Eu fico reclamando sozinho, as vezes me chamam de palhaço. O que me deixa triste, é que a gente fica empurrando votos nos políticos que passam por aqui e ninguém tem a coragem que eu tenho de cobrar. Um exemplo foi nas últimas eleições, Raimundo Pimentel teve na Rancharia com Dra. Socorro, eu não votei nela, mas ela é a nossa deputada. O povo fez festa com eles, todo mundo satisfeito, mas ninguém teve coragem de dizer a deputada, que bem pertinho tem a adutora do Alto Jatobá, que teve alguns canos quebrados quando a pista foi feita na época de Lula Sampaio e, ela como deputada poderia dar uma força, já que Alexandre não resolveu o problema – desabafou Galego.

Nesta segunda-feira (24), uma comissão formada por representantes da comunidade, irá até a gerencia regional da Compesa em Ouricuri. Segundo Galego da Rancharia, se o problema da água não for resolvido, os moradores partirão para fazer manifestações em vias públicas.

alt

Motorista morre após caminhão tombar na PE-545 em Exu

alt

altO motorista de 55 anos ficou preso nas ferragens e morreu no local. Caminhão estava carregado de refrigerante.

Do G1/ Foto: Ilustração

No início da tarde deste sábado (22), um caminhão carregado de refrigerante perdeu o controle e tombou em um barranco na PE-545, que liga a cidade de Exu em Pernambuco à cidade do Crato, no Ceará.

De acordo com a Polícia Militar (PM), o motorista de 55 anos ficou preso nas ferragens e morreu no local.

O Corpo de Bombeiros de Ouricuri foi acionado para tirar o corpo do motorista de dentro do carro. A causa do acidente não foi identificada.

alt

Governo de Pernambuco finalmente libera R$ 2,3 milhões para quitar pendências com pipeiros

alt

altEm Pernambuco, boa parte do abastecimento na área rural é mantida com recursos do governo estadual.

SEI / Foto: Reeprodução

O impasse acerca das pendências do Governo de Pernambuco com os pipeiros finalmente deverá ter uma solução. O governador Paulo Câmara efetuará, até sexta-feira (21), o pagamento de valores devidos aos profissionais, seguindo planejamento definido anteriormente. Câmara disponibilizou em torno de R$ 2,3 milhões, distribuídos entre a Casa Militar (R$ 900 mil) e a Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária (R$ 1,4 milhão).

Desde o ano de 2015, o Palácio do Campo das Princesas solicitou ao governo federal, por sugestão do próprio Ministério da Integração Nacional, que, a exemplo do que ocorre nos demais Estados do Nordeste, o Exército Brasileiro passasse a atender as áreas rurais de Pernambuco. Mas até hoje a solicitação não foi atendida.

Em Pernambuco, boa parte do abastecimento na área rural é mantida com recursos do governo estadual, apesar de a ação ser de competência do Exército, por meio de convênio com o Ministério da Integração Nacional.

O Exército tem cerca de 7 mil caminhões-pipa contratados no Nordeste. No Ceará, o número de pipas contratados pelos militares subiu de 1,5 mil para 1.797 de 2015 para este ano de 2016. Enquanto em Pernambuco, o Exército reduziu de 1,2 mil para 1,1 mil caminhões no mesmo período. Além da operação do Exército, prefeituras e Governos dos Estados do Nordeste mantinham, em 2015, 800 caminhões-pipa. Deste total, cerca de 700 estavam em Pernambuco e haviam sido contratados com recursos próprios. De 2015 até agora, foram investidos R$ R$ 43,9 milhões na Operação Pipa, mantida com recursos próprios.

Recursos

O Governo de Pernambuco solicitou recursos para garantir o abastecimento na zona rural e foi orientado pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), vinculada ao Ministério da Integração, a articular a migração da operação diretamente com o Exército. Sob essa orientação, o Estado vem discutindo o processo de migração dentro dos critérios da Defesa Civil Nacional e vem pleiteando que o Exército assuma a operação, a exemplo do que ocorre em outros Estados que convivem com o atual longo período de estiagem.

alt

Desorganização total: pressão de gastadores contra PEC 241 vira piada

alt

alt

Sindicalistas mandam cartas-padrão contra PEC 241 para deputados.

Do Diário do Poder / Foto: Reprodução

Cartas-padrão têm sido enviadas a parlamentares por sindicalistas adoradores de gastos públicos, protestando contra a PEC 241, que limita esse tipo de despesa. Sindicatos se locupletam dos gastos públicos, porque custam mais de R$ 3 bilhões por ano ao Tesouro Nacional. Mas, em vez de surtir efeito, a carta da pelegada contra a PEC 241 virou motivo de gozação: os textos são absolutamente iguais. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Além dos textos idênticos, a carta da pelegada nem sequer mostra preenchido o campo onde o remetente deveria ser identificado.

Na carta, onde se lê “STR……”, as antas só precisavam preencher o nome do próprio sindicato nas linhas pontilhadas, mas não o fizeram.

O imposto sindical renderá R$ 3,5 bilhões à pelegada, em 2016. Tudo pago exclusivamente pelos contribuintes de carteira assinada.

alt

Pesquisa IPMN/JC: No Recife, Geraldo Julio (PSB) tem 61% dos votos válidos e João Paulo (PT) 39%

alt

altLevantamento aponta regularidade dos números, o que beneficia o prefeito e candidato à reeleição

Da editoria de Politica do JC / Foto: Reprodução

A segunda rodada da pesquisa do segundo turno para prefeito do Recife produzida pelo Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN) em parceria com o Jornal do Commercio e o portal Leia Já reforça o favoritismo de Geraldo Julio (PSB). Prefeito e candidato à reeleição para mais quatro anos de mandato à frente da capital pernambucana, o socialista possui 61% dos votos válidos contra 39% de João Paulo (PT). Os votos válidos são gerados a partir dos valores de intenção de voto de cada candidato na pergunta estimulada e desconsiderando-se os votos brancos, nulos e indecisos. O nível de confiança da pesquisa IPMN/JC é de 95% e a margem de erro é de 3,5% para mais ou para menos.

Embora dentro da margem de erro, Geraldo Julio e João Paulo oscilaram positivamente e negativamente, respectivamente. Na pesquisa anterior, o prefeito tinha 60,2% dos votos váliados contra 39,8%. “Houve uma variação positiva para Geraldo e negativa para João Paulo. Há um quadro estável em favor de Geraldo Julio. Essa regularidade a favor do prefeito ocorre desde a segunda pesquisa IPMN/JC ainda no primeiro turno”, aponta o cientista político e professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) Adriano Oliveira.

A diferença, de pouco mais de 20 pontos percentuais, indica um cenário extremamente favorável a Geraldo Julio. “Esse percentual mostra que o guia eleitoral de Geraldo Julio tem surtido efeito”, avalia Adriano Oliveira. Dessa forma, nesta última semana de campanha eleitoral, caberá ao prefeito e seus aliados administrarem o trabalho que vem sendo realizado até agora nas ruas e no guia eleitoral de Rádio e TV. “Esses dados devem se repetir nas próximas pesquisas. Há uma expectativa que o prefeito vença com uma diferença de 200 mil votos”, afirma.

alt

Gilmar Trombonista da Banda Maestro Álvaro Campos de Araripina, busca ajuda para realizar cirurgia

alt

altGilmar que é muito conhecido na cidade, fez um apelo emocionante no programa Araripina Urgente da rádio Arari FM, desta sexta – feira (21).

Por Roberto Gonçalves / Foto: Reprodução

O trombonista Gilmar da Silva da da Banda Maestro Álvaro Campos de Araripina, espera ansioso dezembro chegar. A corrida dessa vez não é só contra o tempo. Envolve os dígitos de uma conta que precisa chegar a R$ 30 mil para ele ir, até Petrolina passar por uma cirurgia, para resolver um problema  chamado “Pseudoartrose”, ou seja, o osso parou de colar (Formação do calo ósseo), além de uma infecção que impede essa “colagem”.

Gilmar que é muito conhecido na cidade, fez um apelo emocionante no programa Araripina Urgente da rádio Arari FM, desta sexta – feira (21), para chegar ao montante que precisa ser arrecadado.

“Meus amigos, em 25 de Janeiro de 2015 sofri um acidente no qual fraturei as duas pernas (Fêmur), fui submetido a duas cirurgias e, de lá pra cá venho num intensivo tratamento para voltar a andar, no entanto, após quase dois anos deste acidente, de tratamento, gastos e “sofrimento”, não obtive a recuperação necessária na minha perna esquerda. Passei recentemente por uma consulta com um ortopedista de Petrolina-PE, após já ter passado por outros, fiz uma tomografia e neste exame foi constatado um problema no meu fêmur esquerdo, um problema chamado “Pseudoartrose”, ou seja, o osso parou de colar (Formação do calo ósseo), além de uma infecção que impede essa “colagem”.

Desta forma, tenho que me submeter a uma nova cirurgia, cirurgia essa que custa R$ 30,000.00 (trinta mil reais) no hospital NEUROCARDIO em Petrolina-PE, porque pelo SUS não há como obter uma boa recuperação, sendo assim meus amigos, venho aqui pedir humilde e esperançosamente a ajuda de vocês para a realização desta cirurgia, a qual tenho que fazer o mais breve possível, por ser uma cirurgia de grande porte.

Sei da dificuldade enfrentada por todos nesta crise que assola nosso país, mas desde já, agradeço imensamente a boa vontade que cada um de vocês terão em me ajudar neste momento tão difícil da minha vida. Toda ajuda será bem vinda e, Deus na sua infinita bondade os recompensará por tamanha gentileza em ajudar que eu volte a fazer normalmente aquilo que sempre amei fazer, que é “TOCAR”, levar a alegria, embora que pouca, mas de boa vontade a essa gente tão sofrida do nosso país, através da “MÚSICA”. Aos que desejam ajudar, essa é a conta na qual será colhida essa doação:
AG: 0772
OP: 013
CONTA POUPANÇA: 45654-3
CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
TITULAR: JOSÉ GILMAR SILVA

“Deus abençoe a todos!”

Vamos ajudar, faça sua doação, como também comprando ou doando material para Rifas e Bingos. Exemplo: Celular, Bicicleta, Carneiro, Brindes etc…

A filha do músico, Ingridy Minnelly Silva,, também fez um apelo emocionante neste sábado em rede social.
“Por favor gente. Peço que ajudem meu pai a realizar a sua cirurgia, qualquer valor é bem vindo. O que importa é a intenção do seu coração em ajudar, não a quantidade ! A cirurgia custa 30.000,00 !!! Abram esse link, lá estará tudo explicado direitinho o que houve com ele … Contamos com a sua ajuda nessa causa ! 

Deus abençoe vocês! 
#JuntosSomosFortes https://www.facebook.com/images/emoji.php/v5/f6c/1/16/2764.png”,escreveu a filha de Gilmar Trombonista.

alt

Servidores do MPPE decretam greve em todo o Estado

alt

altOs servidores do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) decidiram, por unanimidade, paralisar as atividades em todo o Estado na próxima terça-feira (25).

Da assessoria / Foto: Reprodução

Durante assembleia realizada no dia 19, os servidores do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) decidiram, por unanimidade, paralisar as atividades em todo o Estado na próxima terça-feira (25). Os trabalhadores passarão o dia nos prédios da instituição, alertando a população sobre a campanha.

No mesmo dia, uma nova assembleia será realizada para decidir como se darão outras possíveis paralisações, caso o procurador-geral de Justiça Carlos Guerra não se pronuncie sobre a questão mais importante da pauta de reivindicações.

Com a presença de representantes da Fenamp e de sindicatos de servidores de outros estados, mais de 50 trabalhadores da categoria deliberaram sobre os próximos passos na campanha em busca da reposição salarial. “No dia, todos iremos vestir preto e explicar à sociedade a nossa luta”, explica Fernando Ribamar, presidente do Sindicato dos Servidores do MPPE (Sindsemppe). Eles pedem uma resposta da gestão sobre a proposta feita no último dia 13, que aceitava uma percentual menor e abria mão do retroativo.

alt

Raimundo Pimentel alerta que alunos da rede municipal de Araripina correm risco de perder ano letivo

alt

alt“Foi necessário o sindicato entrar com uma ação para que o juiz bloqueasse os recursos da prefeitura, para que pagasse os professores”, afirmou o prefeito eleito.

Do Blog do Britto / Foto: Reprodução

Estreante na função de chefe de Executivo, o prefeito eleito de Araripina, Raimundo Pimentel (PSL), descreveu ao Blog o pior cenário possível que enfrentará pelos próximos quatro anos, após ser empossado no próximo dia 1° de janeiro de 2017. Uma das áreas mais críticas diz respeito à educação municipal.

Segundo Pimentel, os estudantes correm o sério risco de perder o ano letivo porque tiveram este ano menos de dois meses efetivos de aula. Há ainda falta de transporte e de merenda escolar, além do atraso constante no pagamento dos professores. “Foi necessário o sindicato entrar com uma ação para que o juiz bloqueasse os recursos da prefeitura, para que pagasse os professores”, afirmou.

Mas não fica só nisso. O prefeito eleito lamentou disse que os postos de saúde da zona urbana e rural estão sem atendimento porque médicos e enfermeiros contratados foram demitidos. A coleta de lixo de Araripina “é precária” e o fundo previdenciário dos servidores municipais “está zerado”. Sem poupar seu adversário, o atual prefeito Alexandre Arraes (PSB), Pimentel disse que ele não teve sequer a coragem de defender sua administração durante a campanha deste ano. Mas, virando essa página, esbanjou confiança em reverter esse cenário. “Aceitamos o desafio e estamos motivados”, declarou.

alt

Curso sobre Gestão Comercial é sucesso na FIEPE do Araripe

alt

altEmpresários de Araripina foram buscar conhecimento e atualização sobre estratégias vendas e definição de público alvo.

Da Vera Cruz Comunicações – Jorge Possetti / Foto: Divulgação

Nesta quinta-feira, 20, a Unidade Regional Sertão do Araripe da FIEPE, realizou a oficina de Gestão Comercial na prática para empresários de Araripina que foram buscar conhecimento e atualização sobre estratégias vendas, definição de público alvo, conquista de metas e outras temáticas.
A oficina com duração de 8h foi ministrada pela especialista em marketing com 17 anos de atuação no setor, Renata Duda, que tem larga experiência em gestão de equipes comerciais com foco em vendas, inovação e empreendedorismo.

A turma de participantes foi composta por empresários e funcionários de diversos setores como o da indústria de calçados e gesso, materiais de construção, fitness, moda e vestuário, serviços hospitalares e outros. Com a diversidade de setores, os participantes puderam aprender com Renata Duda, sobre as mais eficientes maneiras de atingir resultados comerciais e fidelizar seus clientes através de ações de pós-venda.
Para a especialista em marketing, o ciclo completo da venda é composto por sete passos. Ela destaca que, ao cumprir estas etapas, a venda torna-se um processo simples. Anote as dicas da instrutora Renata Duda:

Ciclo completo do processo de vendas: Planejamento, Prospecção, Abordagem, Levantamento de necessidades, Proposta de valor, Fechamento e Pós-venda.
Durante a oficina de Gestão Comercial, os participantes aprenderam cada um destes passos através de exemplos de empresas que são referência em seus mercados. Ela também ensinou como identificar o público alvo com técnicas modernas comportamentos de mercado e também ensinou o que influencia o cliente no momento da compra.

“A oficina apresentou um panorama completo que vai desde simples e eficientes técnicas de prospecção, passando pelo relacionamento com os clientes e a venda, chegando até a fidelização com estratégias de pós venda. A FIEPE está de parabéns por oferecer este curso em Araripina e trazer empresários e funcionários que estão procurando aprender mais para desenvolver seus negócios e prosperar”, disse Renata Duda.

A próxima oficina da FIEPE do Araripe será realizada no dia 23 de novembro e vai abordar a temática da Legislação Trabalhista trazendo as principais atualizações e como elas impactam no dia a dia das empresas desde a contratação até a homologação.

alt

Realizadores de vaquejadas em Araripina e Caruaru firmam TAC perante o MPPE para garantir bem-estar dos animais

alt

altOs responsáveis pelo Parque Haras Milanny em Caruaru e pelo Parque de Vaquejada Modesto, em Araripina, firmaram termo de compromisso e ajustamento de conduta (TAC).

MPPE / Foto: Reprodução

Com o objetivo de implementar as medidas necessárias à proteção e bem-estar dos animais, o responsável pelo Parque Haras Milanny, localizado em Caruaru, José Arimateias de Lemos, e o responsável pelo Parque de Vaquejada Modesto, em Araripina, Damião Cavalcante da Silva, firmaram termo de compromisso e ajustamento de conduta (TAC) perante o Ministério Público de Pernambuco (MPPE). Os compromissários devem impedir qualquer prática ou situação que configure maus-tratos nos eventos de vaquejada que serão realizados nos dias 5 e 6 de novembro em Araripina, e no período de 10 a 13 de novembro, em Caruaru.

De acordo com as promotoras de Justiça Gilka Miranda (Caruaru) e Juliana Pazinato (Araripina), os compromissários comunicaram ao MPPE com antecedência, no dia 19 de outubro, quanto à realização dos dois eventos de vaquejada. Por meio da assinatura dos TACs, os representantes dos parques de vaquejada assumem o compromisso de garantir a realização dos eventos observando as diretrizes vigentes no Regulamento da Associação Brasileira de Vaquejada (Abvaq), e as diretrizes enunciadas pela Associação Brasileira Quarto de Milha (ABQM).

As medidas listadas no termo incluem a disponibilização de alimento e água suficientes para bovinos e equinos durante a realização do evento; a proibição do uso de instrumentos cortantes, perfurantes ou que causem choque; o veto ao uso de bois com chifres sem aparamento nas competições; a presença de uma equipe de veterinários à disposição dos competidores, a fim de tratar os bovinos e equinos que se lesionem ou fiquem doentes durante a realização do evento; e a fiscalização da luva usada pelo vaqueiro que derruba o boi, com o intuito de evitar que a luva tenha pregos, parafusos ou outros elementos contundentes que possam ferir o animal.

Em caso de descumprimento de qualquer um dos compromissos firmados com o TAC, o responsável pela vaquejada estará sujeito a multa, cujos valores deverão ser revertidos ao Fundo Estadual do Meio Ambiente.

alt

Greve da Polícia Civil de Pernambuco durou menos de 24 horas

alt

altCategoria aceitou proposta do governo do Estado e vai retornar aos postos

JC Online / Foto: Sinpol/Divulgação

Na noite desta sexta (21), em assembleia na sede Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol), a categoria aceitou a proposta do governo de Pernambuco para restruturar o plano de cargos, carreira e vencimentos e encerrou a greve da Polícia Civil antes mesmo de completadas 24 horas de paralisação.A greve já havia sido considerada ilegal pela Justiça.

A restruturação beneficiará servidores ativos e aposentados, equiparando o teto salarial dos policiais civis ao piso dos delegados, com início da implantação em janeiro de 2017 e término até dezembro de 2018.

A composição da nova grade terá a primeira reunião já no dia 25 deste mês, ou seja, na próxima terça-feira. O último encontro está agendado para o dia 10 de novembro. A promessa é que o projeto seja enviado no dia 20 de novembro para a Assembleia Legislativa de Pernambuco, onde será votado.

Entre as pretensões da categoria estão diminuir o prazo para que o policial civil possa chegar ao topo da grade salarial, estender a gratificação da ajuda de custo para os aposentados, permitir o acúmulo com o cargo professor e extinguir todos os processos administrativos da campanha salarial 2015/2016.

FALA O PRESIDENTE DO SINPOL

“A implantação disso aqui foi a maior conquista da história do sindicato. Pegamos o sindicato num momento de crise terrível que passa o estado brasileiro, que niguém tá conseguindo nem a reposição da inflação. E a gente mostrou que, com união e força, indo pra rua, estamos começando a mudar a nossa realidade”, disse o presidente da entidade, Áureo Cisneiros.

alt

Imprensa: ‘O cala-boca já morreu’, reafirma Cármen Lúcia em encontro sobre imprensa

alt

altA presidente do STF, lembra que não há democracia sem imprensa livre.

Diário do Poder / Foto: Reprodução

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, disse hoje (20), em São Paulo, que o “cala-boca já morreu”, referindo-se ao direito da imprensa de repassar informações aos cidadãos. A afirmação foi feita em resposta a uma jornalista a respeito das restrições que às vezes são impostas sob o argumento de necessidade de sigilo.

Na decisão em que a Corte autorizou a publicação de biografias não autorizadas, Cármen Lúcia havia citado repetidamente o dito popular: “Cala-boca já morreu”

Ela disse que, no âmbito do STF, a Corte dará cumprimento, como tem feito reiteradas vezes, ao exercício de uma imprensa livre e “não como poder, mas como uma exigência constitucional para se garantir a liberdade de informar e do cidadão ser informado para exercer livremente a sua cidadania.”

A ministra afirmou que “não há democracia sem uma imprensa livre. Não há democracia sem liberdade. Ninguém é livre sem acesso às informações”.

“Deixa o povo falar”, disse a ministra, citando crônica do escritor e jornalista Fernando Sabino. A presidente do STF fez as afirmações pouco antes de ministrar palestra do fórum da Associação Nacional dos Editores de Revistas (Aner), na Escola Superior de Propaganda e Marketing, na Vila Mariana, zona sul da cidade de São Paulo.

alt

Ouça o programa Araripina Urgente de 21/10/2016

alt

Se você perdeu o Araripina Urgente desta sexta-feira, 21 de outubro 2016, programa que é apresentado pelo radialista Roberto Gonçalves de segunda-feira a sexta-feira, das 12 às 13 horas, pela Rádio Arari FM 90,3 e quer ouvir agora, é só clicar no link abaixo.

https://www.blogdorobertoararipina.com.br/index.php/programa-araripina-urgente

No programa, você poderá conferir as seguintes notícias:

01-Tudo passa pela Arari: Maria Ramos diz que não pode concordar com o jeitinho brasileiro que querem implantar na Autarquia que preside.

02-Entrevista com Gilmar Trombonista, falando sobre a Campanha Solidária para arrecadar recursos para custear a cirurgia e o tratamento do músico da Banda Maestro Álvaro Campos

04-Galego da Rancharia detona os políticos de Araripina: segundo o líder comunitário, o distrito de Rancharia é esquecido pela classe política do município.

05- Os destaques policiais do Araripe, com o reporter policial Fredson Paiva.

06- As manchetes dos principais jornais do País e do blog do Roberto.

07-Participação do ouvinte pelo WhatsApp (87) 9 9169 -5250, Facebook e telefone; 3873-1187.

08- Os balanços das Polícias Rodoviárias Federal e Estadual nas últimas horas, com o radilalista Ivan Aquino.

09-Os números das entradas na emergência do HSM de Araripina, com Carlos Paixão.

11-Multa para som alto em automóveis: ouça Geraldo Freire e Diogo Menezes do Jornal do Comércio falando sobre o assunto.

12-Manifestação em Petrolina cobra solução para o Caso Beatriz.

13-Hospital Regional de Salgueiro ganha prêmio nacional

14- Justiça decreta como ilegal a greve da Polícia Civil em Pernambuco.

15-Polícia contra polícia: ações de policiais legislativos beneficiaram Collor, Gleisi, Lobão e Sarney.

16- Um minuto com você, com Padre Airton Freire.

alt

Moradores criam projeto que iguala salário de vereador ao de professor

alt

altProposta foi protocolada na Câmara de Vereadores de Campo Verde (MT). Projeto propõe redução do salário dos vereadores para R$ 2,1 mil.

G1 / Foto: Reprodução

Um grupo de moradores do município de Campo Verde, a 139 km de Cuiabá, protocolou nesta quinta-feira (20) um projeto de lei que iguala o salário dos vereadores ao dos professores da rede municipal para as próximas legislaturas. O projeto, que tem quatro páginas, foi escrito pelo movimento “Juntos por Campo Verde”, formador por moradores do município e assinado pelo vereador Paulo César de Aguiar.

O G1 procurou o presidente do Legislativo, mas até a publicação desta reportagem não obteve resposta.

Caso seja aprovado, o projeto iguala o salário dos vereadores, que hoje recebem R$ 5,8 mil e verba indenizatória, ao dos professores da rede municipal, que ganham R$ 2,1 mil. O projeto deve ser apresentado na Câmara nas próximas sessões.

Como justificava, os moradores alegaram que o projeto visa a redução salarial dos vereadores para que os representantes não caiam na “busca de dinheiro fácil e sim, que os cargos sejam ocupados por cidadãos que desejam realmente contribuir com a melhoria e a mudança da sociedade”.

Para os moradores, o salário pago aos vereadores é alto e não condiz com o trabalho que eles fazem. “Os vereadores só vão uma vez na semana e não fazem nada para o povo”, afirmou a advogada Doralice Silva Pereira.

De acordo com o projeto, a economia com a redução salarial poderá ser investida em políticas públicas efetivas à sociedade, “como pavimentação nas ruas, melhorias na saúde, construção de casas populares, educação e outros”, diz trecho da justificativa do projeto.

O vereador Paulo César de Aguiar, diz que não faz parte do movimento, mas abraçou a causa. “É possível exercer um mandato recebendo menos”, afirmou. O parlamentar se candidatou à reeleição, mas não venceu. Atualmente, 13 parlamentares exercem mandato.

Moradores fizeram pit-stpo em avenida de Campo Verde (Foto: Doralice Silva/Arquivo Pessoal)

O movimento começou a se organizar após uma fala do presidente da Câmara em uma sessão ordinária. O grupo chegou a protestar nas ruas da cidade pedindo a redução salarial dos parlamentares.

Além de equipar os salários, o projeto veda qualquer acréscimo ou bonificação ao presidente da Câmara, que diferencie o salário dele dos outros vereadores. O projeto também determina que qualquer proposição de aumento salaria dos parlamentares seja feita em audiência pública com a presença de um conselho municipal.

alt

Horário de atendimento de caixas eletrônicos do Banco do Brasil de Araripina revolta clientes

alt

altA única agência que fica no centro da cidade, atendia a partir das 6 h da manhã, mas agora só abre a porta para os clientes duas horas depois, às 8h.

Por Roberto Gonçalves / Foto: Fredson Paiva

O novo horário de atendimento dos caixas eletrônicos da agência do Branco do Brasil de Araripina têm desagradado os clientes do banco. A única agência que fica no centro da cidade, atendia a partir das 6 h da manhã, mas agora só abre a porta para os clientes duas horas depois, às 8h.

Nossa redação tem recebido diversas reclamações de clientes do banco que se mostraram revoltados com o novo horário, segundo eles prejudicial aos mesmos. “Nos falaram que era por uma questão de segurança, mas os clientes do banco que ficaram sem poder sacar seu próprio dinheiro não tem nada a ver com isso”, afirmou o autônomo Marcelino, que revoltado com a situação, quer que os caixas eletrônicos voltem a funcionar no horário antigo.

Um fato que também foi abordado por Marcelino, é que ninguém recebeu qualquer informativo do banco e, que ao falar com um segurança, este teria informado que cumpria ordem do novo gerente da agência, que assumiu o cargo a cerca de quinze dias.

alt

Justiça decreta como ilegal a greve da Polícia Civil

alt

altMulta diária ao Sinpol estabelecida pelo Tribunal de Justiça será de R$ 100 mil, caso a categoria não volte ao trabalho.

Rádio Jornal / Foto: Reprodução

O Tribunal de Justiça de Pernambuco, por meio do desembargador Bartolomeu Bueno, concedeu, hoje (20), liminar ao Governo do Estado declarando ilegal a greve decretada pelo Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol). O Sindicato já foi notificado também hoje à noite sobre a decisão. O descumprimento implicará em multa diária no valor de R$ 100 mil.

A GREVE

Os policiais civis de Pernambuco decidiram entrar em greve a partir da 0h desta sexta-feira (21). A categoria realizou uma assembleia nesta quinta-feira (20), próximo ao Palácio do Campo das Princesas, na área central do Recife, após uma caminhada pelas ruas da área central da capital pernambucana.

Uma reunião foi realizada na Secretaria de Administração de Pernambuco e os policiais civis não aceitaram a proposta apresentada pelo Governo do Estado.

alt

Humberto Costa é o senador de Pernambuco mais gastador

alt

altEx-líder do governo da ex-presidente Dilma Rousseff, Humberto Costa (PT) é o campeão em pedido de devolução de recursos do chamado Cotão: ele recebeu  só em 2015 R$ 830,81 mil..

Do blog do Magno / Foto: Reprodução

Enquanto o governo discute um limite de gastos públicos, o Senado Federal gasta à vontade com a Cota para Exercício da Atividade Parlamentar (CEAP), que custeia despesas com material de escritório, telefone, passagens, combustíveis, entre tantas outras. De janeiro a outubro, os 81 senadores pediram ressarcimento de R$ 12,16 milhões – sem contar o salário de R$ 33,7 mil por mês.

Sozinhos, os três senadores eleitos por Pernambuco e um suplente pediram ressarcimento de R$ 541,87 mil. Há uma aparente redução em relação ao ano passado, quando foram ressarcidos R$ 2,19 milhões aos pernambucanos. Permanecendo o ritmo atual de gastos, o valor será menor neste ano – o que ainda é algo bastante elevado.

Ex-líder do governo da ex-presidente Dilma Rousseff, o senador Humberto Costa (PT) é o campeão em pedido de devolução de recursos do chamado Cotão: ele recebeu R$ 219, 21 mil, em 2016, e R$ 830,81 mil, em 2015.

O senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) aparece na segunda colocação. Ele pediu a devolução de R$ 212,64 mil, em 2016, e R$ 714,03 mil, em 2015. Suplemente de Armando Monteiro (PTB), Douglas Cintra (PTB) foi o terceiro em termos de ressarcimento: R$ 74 mil, em 2016, e R$ 608,95 mil, em 2016.

Monteiro, que reassumiu o mandato no decorrer do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, pediu a devolução, por meio do Cotão, de R$ 36,01 mil, em 2016, e nada no ano passado.  Em 2015, o hoje deputado Jarbas Vasconcelos (PMDB) pediu o ressarcimento de R$ 43,55 mil no mês de janeiro. Em fevereiro, ele assumiu o mandato na Câmara.

Com o chamado cotão, os congressistas não precisam se submeter às regras da Lei de Licitações na hora de comprar, por exemplo, materiais de escritório ou contratar consultoria. O dinheiro é transferido diretamente para a conta do parlamentar como ressarcimento após a apresentação de nota fiscal.

alt

No Banner to display

Debandada: investigado, filho de Lula bate em retirada e se muda para o Uruguai

alt

altNo Uruguai ele vai atuar em ‘categoria de base’ de futebol. Luis Claudio Lula da Silva (dir.) é investigado na operação Zelotes.

Do Diário do Poder / Foto: Reprodução

Investigadores da Operação Zelotes suspeitam que a mudança para o Uruguai do filho caçula do ex-presidente Lula, Luis Cláudio, seria o início da debandada de familiares do petista para escapar da ação da Justiça brasileira. Luis Cláudio é um ds principais investigados da Operação Zelotes. Governado por simpatizantes de Lula, o Uruguai foi escolhido a dedo.

O filho investigado de Lula foi contratado pelo Juventud de las Piedras, clube da primeira divisão do Uruguai, para trabalhar nas categorias de base da equipe. O presidente do clube, Yamandú Costa, afirmou à imprensa local, que Luis Cláudio trabalhará em “projetos desportivos e sociais” do time sob “um conceito progressista da formação dos atletas”, seja lá o que isso for.

Ainda de acordo com Costa, a contratação do caçula do ex-presidente foi possível graças ao vínculo entre o clube e a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO, na sigla em inglês), da ONU. “O Juventud vem desenvolvendo um programa inovador no futebol uruguaio, com forte investimento na infraestrutura e trabalho em valores”, vangloria-se o cartola, segundo quem, graças à parceria, os jogadores das categorias de base do clube têm “zero porcento de evasão escolar”.

alt

No Banner to display

AEDA suspende Processo Seletivo Simplificado de Professores e Administrativo em Araripina

alt

alt

De acordo com a presidente da AEDA, Maria Ramos, professores que fazem parte do grupo político do prefeito eleito de Araripina, pressionaram para a não realização da seleção.

Por Roberto Gonçalves / Foto: Jorge Possetti

A Autarquia Educacional do Araripe – AEDA, que é a mantenedora das Faculdades FACISA, FAFOPA e FACIAGRA no município de Araripina, Sertão de Pernambuco, não irá mais realizar o Processo Seletivo Simplificado de Professores e Administrativo 2016.

A notícia pegou muita gente de supresa e, foi repasada pela própria diretora-presidente da Autarquia, professora Maria Ramos, na tarde desta quinta-feira (20), no programa Araripina Urgente pela rádio Arari FM.

– Eu quero esclarecer a população de Araripina, que a Seleção Simplificada é um ato adminitrativo, que por lei, nós somos obrigados a fazer. Sempre que a gente está terminando um período letivo, principalmente no final de ano, nós temos que preparar essa seleção, para acesso de professores e de servidores – disse a professora.

altAinda segundo Maria Ramos, ninguém pode trabalhar em uma empresa público-privada como a AEDA, sem passar por uma seleção ou um concurso público, como exige o Tribunal de Contas.

– Como a gente não pode fazer o concurso público, porque quando terminamos de implantar o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos – PCCV do professor e do corpo técnico, já foi entrando no segundo semestre e a gente se preparou para fazer o concurso, mas infelizmente veio uma ordem do Tribunal de Contas, impedindo realização do mesmo – completou a gestora.

A diretora-presidente da AEDA lembrou ainda, que para não criar problema na administração futura, como ela própria já tinha passado no primeiro ano da sua administração, porque já encontrou os professores dando aula sem ter feito a seleção, foi obrigada a pagar uma multa dentro de 48 horas, isso por não realizar a seletiva, motivo pelo qual foi feito o atual edital.

– Infelizmente esse edital que já está no Site da Associação Municipalista de Pernambuco – AMUPE, no portal AEDA e publicada em todos os lugares no País inteiro, teve uma rejeição muito grande dos professores contratados da FACISA e da FAFOPA. A gente tem sempre aquela questão de ser honesta em todas as coisas, fazer as nossas ações sempre com lisura, e digo isso como minha obrigação de cidadã, ser essa pessoa que faz as coisas com honestidade, com transparência e, sobre isso, ‘eles’ tiveram a resposta hoje – desabafou Maria Ramos.

De acordo com a professora, o edital está causando muita celeuma, muita confusão, inclusive, com alguns professores que fazem parte do grupo político do prefeito que foi eleito recentemente, presionando para não acontecer a seleção.

– Esses professores estão pressionando muito, inventando conversas, então, eu resolvi não mais continuar com o edital. Eu tenho tudo pra me defender perante o Tribunal e, a próxima gestão que chegar na AEDA, que resolva como fazer. Graças a Deus, nossas decisões foram tomadas conjuntamente com professores conscientes, que sabem que tem que fazer o edital – completou a gestora.

A AEDA está se comprometendo a devolver o dinheiro de todas as inscrições. O professor de Araripina, deverá comparecer na sede da Autarquia para receber o que pagou e, os professores de outras localidades, deverão enviar um e-maill pra AEDA, que também devolverá o valor da inscrição, que foi de R$ 100,00.

alt

No Banner to display

Justiça decreta prisão preventiva do jovem que matou o próprio irmão em Araripina

alt

altApós o flagrante por homicídio, o acusado teve o APDF convertido para prisão preventiva pela Justiça durante a Audiência de Custódia.

Por Roberto Gonçalves / Foto: Polícia Civil

Policiais Civis da 24ª Delegacia de Homicídio juntamente com policiais civis da 200ª Circunscrição de Araripina; sob a coordenação do Delegado Jairo Marinho, prenderam nesta quarta-feira dia (19), GABRIEL GOMES DE SOUZA, de 19 anos, suspeito de ter assassinado o irmão JUNIOR GOMES DE SOUZA, de 17 anos, a golpes de faca.

O crime aconteceu na madrugada de ontem (18), após os irmãos terem chegado em casa, vindos de uma festa, discutirem e GABRIEL ter desferido dois golpes de faca em JÚNIOR que veio a óbito no local. O autor estava pronto para fugir quando foi localizado e preso pela Polícia Civil. No local do fato também foram localizadas provas incontestes do crime o que resultou na confissão do suspeito.

Gabriel disse ainda aos policiais que ambos estavam sob efeito de álcool e matou o irmão no calor da discussão. Os irmãos Gabriel e Júnior estavam morando em Araripina há oito dias, oriundos de Petrolina de onde traziam drogas a pedido de um traficante conhecido por Jr. Rolinha, este por sua vez que está preso em Petrolina.

Após o flagrante por homicídio, o acusado teve o APDF convertido para prisão preventiva pela Justiça durante a Audiência de Custódia e em seguida foi recolhido para a Cadeia Pública de Araripina.

alt

No Banner to display