Início Notícias Pesquisa Genial/Quaest mostra queda na avaliação positiva do governo Lula

Pesquisa Genial/Quaest mostra queda na avaliação positiva do governo Lula

100
Foto: Sebastião Moreira/EFE

A avaliação do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) oscilou negativamente dentro da margem de erro, segundo pesquisa Genial/Quaest, divulgada hoje. O levantamento mostra que a população está dividida: 33% dos entrevistados consideram a administração petista positiva, enquanto 33% avaliam o trabalho como negativo. Na última rodada da pesquisa, em fevereiro, os índices eram de 35% e 34%, respectivamente.

Os que julgam a gestão como regular eram 28% há dois meses e, agora, são 31%. Foram realizadas 2.045 entrevistas presenciais, em 120 municípios, entre os dias 2 e 6 de maio. A margem de erro é 2,2 pontos percentuais (p.p) e o nível de confiança, 95%.

É a terceira pesquisa de avaliação de governo divulgada nesta semana. A CNT/MDA apontou que a avaliação positiva do governo caiu 5,3 pontos percentuais na comparação com janeiro, última vez que o levantamento havia sido feito, enquanto o instituto AtlasIntel mostra que a avaliação melhorou 5 p.p. em relação ao mês de março. As pesquisas não são diretamente comparáveis pois tem métodos distintos e períodos diferentes.

Na Quaest, aprovação do governo Lula também oscilou para baixo e chegou a 50%, enquanto a desaprovação foi a 47%. Em fevereiro, os que aprovavam a gestão federal eram 51% e os que desaprovavam, 46%. Não souberam ou não responderam 3%.

Ao mesmo tempo, a Quaest afirma que o humor do eleitorado piorou. Pela primeira vez desde que a pergunta começou a ser feita em junho do ano passado e após um crescimento de 6 p.p., a maior parte da população, 49% consideram que o Brasil está na direção errada. Enquanto isso, 41% afirmam que o rumo do país está correto, ante 45% há dois meses.

O percentual dos que consideram que Lula não tem conseguido cumprir o que prometeu na campanha aumentou de 56% para 63%, enquanto a parcela que pensa o contrário caiu de 38% para 32%. Para os entrevistados, os principais problemas do Brasil atualmente são economia (23%), saúde (19%), violência (17%), questões sociais (14%), corrupção (9%) e educação (8%).

A Quaest também pediu exemplos de notícias positivas e negativas sobre o governo Lula. No primeiro caso, o Bolsa Família de R$ 600 com R$ 150 adicionais por cada criança (7%), a ajuda ao Rio Grande do Sul que sofre com as chuvas (4%) e a melhora na economia (4%) foram os mais citados. Já entre as principais menções negativas estão a avaliação que o governo Lula não faz o que promete ou é corrupto (9%), a postura negativa do presidente (8%) e o aumento dos preços e da inflação (6%).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here