Início Notícias Homem acusado de contratar pistoleiros que mataram Geraldo do Gesso é condenado...

Homem acusado de contratar pistoleiros que mataram Geraldo do Gesso é condenado a 21 anos de prisão

358

Por Fredson Paiva

O agenciador Luiz Antônio Filho, vulgo Irmão, de 48 anos, acusado de contratar os pistoleiros que mataram o empresário Geraldo do Gesso, e que foi preso em uma operação policial no dia 28 de abril de 2023 em Foz do Iguaçu-PR, foi condenado por unanimidade nesta quinta-feira 09/05, a 21 anos de reclusão, durante o julgamento na 4ª Vara do Fórum Tomaz Aquino, no Recife.

A audiência começou por volta das 09:00 da manhã desta quinta-feira e terminou por volta das 16:00 horas, quando o réu foi condenado em duas qualificadoras, sendo a primeira por motivo torpe, crime pago, encomendado, e a segunda por impossibilidade de defesa da vítima.

Ontem também seria o julgamento de Samuel do Gesso, acusado de mandar matar o empresário Geraldo do Gesso no ano de 2018, mas segundo o seu advogado, que entrou com uma petição e um atestado médico, o mesmo não pôde comparecer por estar com problemas de saúde, sendo esta a segunda vez que o mesmo não comparece pelo mesmo motivo.

O condenado Luiz Antônio Filho, julgado hoje, deverá continuar preso em Foz do Iguaçu, onde está há um ano, mas o Mandado de Prisão dele é da Vara Criminal da Comarca de Araripina. Já Samuel do Gesso está cumprindo pena no Presídio de Salgueiro-PE, aguardando o julgamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here