Home Notícias Armando na Arari FM: “Enquanto a segurança piorava em Pernambuco, o governador...

Armando na Arari FM: “Enquanto a segurança piorava em Pernambuco, o governador se escondia atrás do balcão”

0
Compartilhar

A declaração foi feita durante entrevista por telefone ao radialista Roberto Gonçalves na manhã dessa quarta-feira (19), na Arari FM; ouça

Por Roberto Gonçalves / Foto: Foto-Diego-Nigro-JC-

Na manhã desta quarta-feira (19), o candidato ao Palácio do Campo das Princesas Armando Monteiro (PTB), participou por telefone da série de sabatinas e entrevistas, que está sendo realizada pelo comunicador Roberto Gonçalves, durante o programa Araripina Urgente, da Radio Arari FM.

Durante a entrevista, o senador falou em tom sereno sobre eleição, pesquisas, política, saúde, infraestrutura, mas quando o assunto foi segurança pública, Armando disparou: -Enquanto a segurança piorava em Pernambuco, o governador andava para trás do ‘balcão’.

“Primeiro constatar que PE viveu nesses últimos três anos um grave retrocesso na segurança. A violência explodiu…. No ano passado foram 5 mil e 400 assassinatos, esse número é o dobro da média nacional. Nós temos assistido um aumento de escala geométrica de assalto, de roubos, explosão de caixas eletrônicos. Mais de 1.700 assaltos a ônibus foram registrados na Região Metropolitana. O que está faltando Roberto, e, a primeira coisa que nós vamos fazer, é restaurar a autoridade do governo. Você sabe que durante uma época, o governador Eduardo Campos foi prá frente do balcão, assumiu o comando e à coordenação, mobilizou a sociedade, motivou o sistema de segurança, as Polícias Civil e Militar, e foi prá linha de frente, acompanhando, monitorando, coordenando e gerenciando. O que faltou nos últimos anos ? Essa atitude do governante. Na medida em que a situação piorava, o governador foi andando para trás do ‘balcão’ e colocando a culpa na crise”, frisou.

Ainda de acordo com o candidato da Coligação Pernambuco Vai Mudar, nesse mesmo período em que os bandidos assustavam a população pernambucana, estados vizinhos como a Paraiba e Alagoas, tiveram uma evolução positiva na segurança.

“Nossos vizinhos reduziram os números de homicídios em plena crise, isso significa que o que faltou em Pernambuco foi gerência”, disparou. Ouça abaixo a entrevista na íntegra:

No Banner to display

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

cinco × um =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.