Início Notícias Trindade: A sina da licitação dos veículos na mira do TCE

Trindade: A sina da licitação dos veículos na mira do TCE

214
Foto: reprodução

Por Soraide Cavalcanti para o blog

Dentro das irregularidades apontadas no relatório do Tribunal de Contas, Processo nº 24100238-2 já divulgado em reportagem por esse veículo, um vereador da oposição, da Câmara Municipal de Trindade, no sertão do araripe, apresentou um requerimento ao Poder Executivo em caráter de URGÊNCIA, documentos de identificação dos veículos informando em especial o CRLV de todos os veículos citados no relatório do TCE/PE.

No requerimento consta a investigação do local onde estão ou estariam servindo, conforme segue lista abaixo, emitida pelo Tribunal de contas do Estado de Pernambuco. 11 veículos de passeio com capacidade para 5 ocupantes; 1 veículo de passeio com capacidade para 7 ocupantes; 1 veículo tipo pick-up cabine dupla 4×4; 1 veículo tipo pick-up leve cabine simples; 10 veículos van com capacidade para 15 passageiros; 1 veículo tipo Executivo/SUV com capacidade para 7 pessoas; 1 veículo tipo caminhão baú ¾; 1 veículo tipo caminhão toco carroceria aberta. O requerimento foi rejeitado por 9 x 3, onde a bancada da situação é maioria e não quer que se apure as possíveis irregularidades.

Em Trindade não se tem conhecimento desses veículos, principalmente desses automóveis:

01 veículo de passeio com capacidade para 07 lugares;
01 veículo tipo Executivo/SUV com capacidade para 7 pessoas
O TCE já mencionou no seu relatório que a empresa JUCIELLY ISABEL PEREIRA MARTINS – ME, com sede em Curaçá – BA, é uma empresa de fachada, não possui um único funcionário e não é proprietária de nenhum veículo.

Cabe agora o TCE/PE apurar com muito rigor essas possíveis irregularidades desses novos veículos, uma vez que apenas com os carro-pipa foi apontado um sobre preço de mais de R$ 720.000,00 (setecentos e vinte mil reais).

O blog deixa o espaço reservado para a Prefeitura de Trindade caso queira se manifestar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here