Início Notícias Saiba quem é o homem que tentou subornar secretário da Fazenda de...

Saiba quem é o homem que tentou subornar secretário da Fazenda de Pernambuco

78
Foto: divulgação

O homem que ofereceu vantagem indevida em dinheiro ao secretário da Fazenda de Pernambuco, Wilson de Paula, configurando assim o crime de corrupção ativa, chama-se José Artur de Barros Lima.

A prisão em flagrante do empresário ocorreu em Jaboatão dos Guararapes, na sede da empresa em que José Artur trabalha, uma distribuidora de bebidas da marca Cerveja Império, no quilômetro da BR-101 Sul, no bairro de Prazeres.

O empresário foi preso pelo delegado Breno Varejão de Azevedo, da Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (Dracco).

Com a ajuda de imagens de câmaras de segurança, José Artur foi identificado logo após realizar a entrega do engradado, com as notas de quase R$ 50 mil em dinheiro, na casa do secretário. Inicialmente, a Polícia Civil achava que se tratava de apenas um entregador.

No entanto, menos de 24 horas antes, o empresário havia participado de uma reunião oficial com o secretário da Fazenda, para tratar de uma possível abertura de indústria da mesma marca de bebidas em solo pernambucano.

A imputação do crime foi corrupção ativa. Na avaliação da polícia, o empresário possuía total interesse econômico e financeiro no êxito das referidas negociações, como oferta de benefícios fiscais.

Na Justiça, depois da prisão em fragrante, o delegado Breno Varejão de Azevedo já pediu a transformação da prisão em preventiva.

A polícia também apreendeu o aparelho telefônico do empresário e pediu a quebra do sigilo telefônico.

“A reunião abriu portas e engajou a expectativa de realização de outras futuras reuniões, para a discussão de interesse mútuo, sendo certo que representantes da empresa vislumbravam benesses fiscais, dentre outras facilidades que o governo pudesse oferecer”, explica o delegado, no termo de pedido de prisão.

Secretário denunciou a tentativa de suborno

Na tarde da última quinta-feira (18), o acusado enviou R$ 49.996 em cédulas para a casa do secretário, dentro de uma caixa de cerveja. Após receber o pacote, o próprio secretário Wilson de Paula comunicou o fato ao secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho, pedindo apuração do caso.

De acordo com o governo estadual, o acusado está à disposição da Justiça e passará por audiência de custódia.

Por meio de nota, o governo de Pernambuco condenou a tentativa de corrupção contra o secretário. “A Gestão Raquel Lyra condena e não vai tolerar nenhuma tentativa de atos de corrupção contra qualquer integrante do governo”.

Pelas redes sociais, a governadora Raquel Lyra também se manifestou sobre o episódio.

“A corrupção é o maior símbolo da velha política. Da política que ficou para trás. Do tipo política que estamos mudando. Nosso governo não tolera atos de corrupção e demonstra isso com atos. Parabéns à polícia e ao nosso secretário, pela ação rápida que garantiu a prisão de um criminoso que agora será julgado pela Justiça. A polícia seguirá com as investigações para que todos os responsáveis sejam punidos”, escreveu. (Blog do Jamildo)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here