Home Notícias “Não vamos atender o Sertão como deveriamos”, diz presidente do IPA sobre...

“Não vamos atender o Sertão como deveriamos”, diz presidente do IPA sobre distribuição de sementes esse ano

0
Compartilhar

Por telefone, Odacy Amorim, explicou na Arari FM, que existe a possibilidade do agricultor sertanejo não ter acesso as sementes de milho e feijão esse ano

Por Roberto Gonçalves / Foto: reprodução

O novo presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco – IPA, Odacy Amorim, explicou nesta quarta-feira (20), na Rádio Arari FM 90,3, de Araripina, no Sertão do Araripe, que existe uma grande possibilidade do agricultor sertanejo não ter acesso as sementes de milho e feijão que são distribuídas anualmente pelo órgão para o plantio no período chuvoso aqui na Região.

De acordo com o ex-deputado petista, o problema é que a licitação para compra das sementes foi concluída recentemente. “A empresa que fornece as sementes produz o milho na região do município do Cedro no Sertão Central, e eu estou aguardando alguns diretores dessa empresa, prá tentar adiantar essa questão. O governador Paulo Câmara tem muito interesse em atender aos agricultores, mas nós, realmente estamos preocupados, pois existe a possibilidade de não atendermos o Sertão como deveríamos. Para o Araripe, pelo menos as sementes de sorgo nós iremos entregar”, avisou.

Ainda segundo Odacy, para o ano que vem, o ideal seria adiantar o processo de licitação logo agora no primeiro semestre de 2019, para quando chegar o final do ano, já ter um contrato firmado com a empresa contratada e garantir a distribuição das sementes para os agricultores do Sertão.

Na mesma entrevista, o gestor do IPA também falou dos desafios que terá pela frente na presidência do órgão, e disse que está disposto a ajudar todos os representantes políticos da Região. Sobre as eleições municipais de Petrolina em 2020, Odacy, afirmou que mesmo não tendo conseguido ser eleito deputado federal no ano passado, saiu muito fortalecido do pleito, explicando que foi o mais votado na sua cidade natal, e ainda por cima, conseguiu eleger a sua esposa Dulcicleide Amorim, para ocupar uma cadeira na Alepe. Ouça a entrevista na integra:

No Banner to display

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

catorze − doze =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.