Início Notícias Justiça condena acusados de matar turista alemão em assalto no Centro do...

Justiça condena acusados de matar turista alemão em assalto no Centro do Recife

156
Foto: reprodução

A Justiça condenou dois homens acusados pelo latrocínio (roubo seguido de morte) do turista alemão Werner Duysen Gurkasch, de 81 anos. A vítima, que estava acompanhada do marido, foi abordada perto da Basílica de Nossa Senhora do Carmo, na Avenida Dantas Barreto, bairro de Santo Antônio, na área central do Recife, em 8 de dezembro de 2022.

JC teve acesso à íntegra da sentença. Jonas Félix de Souza foi condenado inicialmente a 24 anos de prisão, além de 25 dias-multa. Mas teve a pena diminuída para 20 anos, porque confessou o crime. Também foi determinado que ele pague o valor de R$ 5 mil aos familiares/dependentes da vítima a título de indenização pelos prejuízos causados em consequência do crime.

O outro condenado foi Marcílio Ferreira da Silva Júnior, que recebeu pena de 22 anos de prisão e 30 dias-multa. Ele não confessou o crime, por isso não teve a pena atenuada.

A sentença foi assinada pelo juiz João Ricardo da Silva Neto, da 4ª Vara Criminal da Comarca do Recife. Na decisão, o magistrado excluiu o delito de associação criminosa, por falta de provas. Além disso, outros dois réus também foram absolvidos.

Jonas e Marcílio permanecerão cumprindo pena em regime fechado. A defesa de ambos pode recorrer da condenação.

Werner Duyse Gurkasch e o marido, Wolfgang Duysen, 79, estavam em um cruzeiro, oriundo da África, em direção ao Rio de Janeiro. Na manhã de 8 de dezembro de 2022, houve uma parada no Porto do Recife, onde os turistas tiveram a oportunidade de sair para passear pela área central da capital pernambucana.

Na caminhada, o casal parou para fazer fotos perto da basílica. Ambulantes que trabalham na área contaram à polícia que os turistas foram abordados por dois criminosos, que teriam anunciado o assalto em português. Os estrangeiros não entenderam e acabaram sendo feridos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here