Início Notícias Governo Lula autoriza aumento dos remédios após a Páscoa

Governo Lula autoriza aumento dos remédios após a Páscoa

140
Pills and capsules in medical vial

Decisão dá as farmácias a liberdade de aplicar reajuste de imediato

A Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED), pela qual o governo Lula (PT) regula o setor no Brasil, decidiu que os preços dos remédios devem ter aumento de até 4,5%, em todo o Brasil, a partir deste domingo (31) de Páscoa. A definição do percentual do teto para o custo dos medicamentos foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (28).

A decisão dá às farmácias a liberdade de aplicar os 4,5% de reajuste de forma parcelada, ao longo do ano, caso não prefiram aumentar os preços de imediato.

A CMED ainda define que os laboratórios são obrigadas a dar “ampla publicidade” aos preços dos medicamentos que produzem, até o limite de preços publicados pela câmara, no portal da Anvisa.

Uma nova regra deve ser publicada até março de 2025, para que farmácias e fabricantes não possam aplicar reajustes maiores que o definido pela CMED.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here