Início Notícias Dilma diz que declarações de Odebrecht são mentirosas

Dilma diz que declarações de Odebrecht são mentirosas

602

Segundo reportagem do jornal “O Estado de São Paulo”, Marcelo Odebrecht afirmou que destinou R$ 120 milhões por meio de caixa 2 à campanha de Dilma e Temer.

Do UOL / Foto: reprodução

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) afirmou, por meio de nota enviada à imprensa, serem mentirosas as declarações a seu respeito atribuídas ao empresário Marcelo Odebrecht durante depoimento à Justiça Eleitoral na quarta-feira (1º). Uma ação movida pelo PSDB logo após as eleições de 2014 pede a cassação da chapa Dilma/Temer.

Segundo reportagem do jornal “O Estado de São Paulo”, Marcelo Odebrecht afirmou que destinou R$ 120 milhões por meio de caixa 2 à campanha de Dilma e Temer. O conteúdo do depoimento está sob sigilo. A versão oficial só será divulgada após o STF (Supremo Tribunal Federal) liberar o conteúdo das 77 delações de ex-executivos da construtora, homologadas pela Justiça.

Ele teria afirmado, ainda, que a petista tinha dimensão da contribuição e dos pagamentos e que mantinha contato frequente com o alto escalão do governo, como Guido Mantega, ex-ministro da Fazenda do governo Rousseff, com quem disse negociar repasses a campanhas eleitorais.

“É mentirosa a informação de que Dilma Rousseff teria pedido recursos ao senhor Marcelo Odebrecht ou a quaisquer empresários, ou mesmo[que tenha] autorizado pagamentos a prestadores de serviços fora do país, ou por meio de caixa dois, durante as campanhas presidenciais de 2010 e 2014”, afirma a nota.

O texto informa ainda que não é verdade a indicação de Guido Mantega como representante do governo responsável por negociar os repasses: “Nas duas eleições, foram designados tesoureiros, de acordo com a legislação. O próprio ex-ministro Guido Mantega desmentiu tal informação”.

A nota afirma que “estranhamente” sempre são divulgados trechos de declarações de maneira seletiva. “E ocorrem justamente quando vêm à tona novas suspeitas contra os artífices do Golpe de 2016, que resultou no impeachment da ex-presidenta da República”, diz o documento.

A assessoria de imprensa da ex-presidente informou ainda que que todas as doações de campanhas eleitorais de Dilma Rousseff foram feitas de acordo com a legislação, “tendo as duas prestações de contas sido aprovadas pelo Tribunal Superior Eleitoral”.

“Dilma Rousseff tem a certeza de que a verdade irá prevalecer e o caráter lesivo das acusações infundadas será reparado na própria Justiça”, diz o texto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here