Home Blog

Primeira pesquisa Ibope no segundo turno crava Bolsonaro liderando com 59% e Haddad com 41%

0

O Ibope divulgou nesta segunda, 15 de outubro (15/10), o resultado da primeira pesquisa do segundo turno das Eleições 2018, contratada pelo Jornal O Estado de S. Paulo e pela TV Globo. O resultado aponta Jair Bolsonaro (PSL) na liderança com 59% e Fernando Haddad (PT) com 41% dos votos válidos. A divulgação das pesquisas do 2º turno teve início no último dia 9 de outubro. O novo resultado revela tendência de alta nas intenções de votos do capitão da reserva, enquanto o petista não cresceu.

A pesquisa tem nível de confiança de 95% e conversou com cerca de 2.506 eleitores. A margem máxima de erros é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O registro da pesquisa solicitada pode ser encontrado no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pelo número de identificação BR-01112/2018.

No último levantamento feito pelo Ibope para o primeiro turno do processo eleitoral, Bolsonaro estava com 41% enquanto que Haddad com 25% dos votos válidos. A probabilidade de acertos dos resultados é de 95%. Já na primeira pesquisa do Datafolha para o 2º turno, divulgada na última quarta-feira, 10, Bolsonaro aparece com 58% e Haddad com 42%, dos votos válidos. Nos votos totais, Bolsonaro lidera com 59% e Haddad ficando com 36%.

Fiepe traz Ciro Bottini e Geraldo Rufino para Araripina no III Seminário de Gestão do Araripe

0

Por Vera Cruz Comunicação – Jorge Possetti

Araripina receberá no dia 07 de novembro dois grandes palestrantes no III Seminário de Gestão do Araripe, promovido pela Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco – Fiepe. Nacionalmente conhecidos, Ciro Bottini e Geraldo Rufino vão ensinar tudo sobre empreendedorismo, motivação, vendas e como alcançar resultados nos negócios com muita energia e vibração.

Ciro Bottini é uma das figuras mais conhecidas da televisão brasileira. Ele é apresentador de um canal de vendas e criou seu estilo próprio usando bordões como “Compre, compre, compre!”. Em sua palestra, Bottini vai mostrar que bom humor, clareza e objetividade no discurso e, muita improvisação, são algumas características que trazem grandes resultados nas empresas, especialmente para a área comercial. Ele é considerado o vendedor de televisão mais bem sucedido da história.

Geraldo Rufino é autor do best-seller “O catador de sonhos”, que narra sua história de empreendedorismo saindo das favelas de São Paulo onde era catador de lixo a um império que faturou, em 2013, R$ 50 milhões com um negócio inovador e que preserva o meio ambiente. Perseverante, visionário, alegre e comunicativo, Geraldo Rufino vai ensinar sobre como ter as melhores relações com clientes e aumentar as vendas das empresas.

O III Seminário de Gestão da FIEPE será no auditório Charles Luciano, na Faciagra, e as inscrições podem ser feitas no site http://www1.fiepe.org.br/fiepe/capacitacao/0017.html ou através dos telefones (87) 38734620 / 991003961 e 991637788. O evento é uma realização da FIEPE e do SEBRAE, com apoio dos Sindicatos filiados à FIEPE e da CNI e tem o patrocínio da Prefeitura de Araripina, MagPlus, High Tech, Original Energias Renováveis, Aço Nobre e SESI.

SEMINÁRIO DE GESTÃO DO ARARIPE

O Seminário de Gestão do Araripe já é uma tradição para a região e acontece desde 2015 – ano de instalação da Fiepe em Araripina. Em suas edições reuniu mais de 700 participantes que assistiram aos maiores palestrantes do Brasil: Carlos Alberto Júlio em 2015; Renato Santos e Daniel Godri em 2016; José Roberto Guimarães em 2017.  O seminário é o evento mais concorrido da região e as vagas costumam encerrar logo nas primeiras semanas de venda, portanto, não perca a chance e participe.

harmonie

Araripina participa de evento do Programa Internacional de Cooperação Urbana da União Europeia na Bélgica

0

Assessoria / Fotos: divulgação

Mais de 250 representantes de governos locais e regionais de todo o mundo, se reuniram em Bruxelas, na Bélgica, nos dias 10 e 11 deste mês, para o segundo evento anual “Cidade-a-Cidade” do Programa de Cooperação Urbana Internacional (IUC), da União Europeia. O município de Araripina, através da prefeitura municipal, foi representando por Rubeni Cunha, gerente de Licenciamento e Fiscalização Ambiental da Agência Municipal de Meio Ambiente – AMMA.

O evento teve por finalidade fomentar o desenvolvimento urbano sustentável em escala global. No primeiro dia foi abordado o tema “O Desenvolvimento Urbano Sustentável através do planejamento de ação integrada e as formas de acelerarmos nossa resiliência às mudanças climáticas através do Pacto Global com experiências reais de ações climáticas no mundo inteiro”. Já no segundo dia a discussão foi sobre “Resultados de emparelhamento cidade europeia e região: Planejamento de ações ao financiamento”.

O município de Araripina, através da prefeitura municipal, foi representando por Rubeni Cunha, gerente de Licenciamento e Fiscalização Ambiental da Agência Municipal de Meio Ambiente – AMMA

Além de Araripina, outros municípios brasileiros participaram do evento: Vitória (ES), Benedito Novo (SC), São Leopoldo (RS), Belo Horizonte (MG) e o Consórcio ABC (SP). Países da América do Sul como a Colômbia, Argentina, Chile e Peru também foram representados, assim como de outros continentes: Caribe, Europa, Ásia, África e Oceania.

Todas as despesas dos participantes foram custeadas pela União Europeia.

Sobre IUC

O Programa Internacional de Cooperação Urbana (IUC) tem como objetivo apoiar cidades em diferentes regiões do mundo para conectar e compartilhar soluções para problemas comuns em relação ao desenvolvimento urbano sustentável e da luta contra as Mudanças Climáticas. A iniciativa comunitária está baseada em três áreas principais: a cooperação entre cidades que proporcionará uma plataforma para o intercâmbio de conhecimentos e melhores práticas em desenvolvimento urbano; o estabelecimento de uma aliança global de prefeitos para o Clima e a Energia; e, para a América Latina, um programa de intercâmbio entre regiões para estimular o desenvolvimento econômico por meio inovação, competitividade e especialização inteligente.

Registros de homicídios em Pernambuco voltam a subir em setembro

0

 72,5% foram motivados por tráfico de drogas, acerto de contas e outras atividades criminais / Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

72,5% foram motivados por tráfico de drogas, acerto de contas e outras atividades criminais
JC Online / Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Após uma significativa redução da taxa de homicídios em Pernambuco durante ano de 2018, os índices voltaram a subir, saltando de 287 em agosto, para 320 em setembro. Os dados divulgados nesta segunda-feira (15) pela Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE), relatam que, no total, de janeiro a setembro deste ano, o estado soma 3.232 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI). Destes, 54 foram qualificados como feminicídio. Conforme o balanço da secretaria, 72,5% foram motivados por tráfico de drogas, acerto de contas e outras atividades criminais. Apesar do aumento do índice no mês de setembro, há uma redução de 22% deste tipo de crime em relação a soma do ano, comparado ao mesmo período em 2017, quando foram contabilizadas 4.143 ocorrências.

Nos 14 municípios da Região Metropolitana do Recife (RMR) – exceto a capital, aconteceram 91 casos durante o mês apurado, contra 116 em 2017. O ano de 2018 já soma 977 CVLI’s na RMR. No Agreste,houve uma redução de 39%, um total de 53 homicídios em setembro, contra 87 no mesmo mês do ano passado, que somados no período dos nove meses deste ano, chegam a 637.

Na Zona da Mata e no Sertão as reduções foram mínimas, chegando a 6% e 5,5%, respectivamente. Na Mata, foram 78 CVLIs em setembro, cinco a menos que o mesmo mês do ano passado, enquanto os municípios sertanejos somaram 51 ocorrências, apenas três de diferença comparado ao ano anterior. Estas regiões somam 747 e 430 homicídios, na devida ordem.

Ainda segundo o balanço divulgado pela SDS, quando se levam em consideração os dados de janeiro a setembro de 2018, o Agreste mantém a liderança na redução dos homicídios. “Ao todo, a queda é de 30,23%, já que houve 637 homicídios este ano na região, contra 913 no mesmo período do ano passado”, relata a nota.

Violência doméstica contra mulher soma quase 29 mil denúncias

Em todo o Estado, durante o mês de setembro, foram registrados 5 casos de feminicídio, uma ocorrência a menos que o mesmo período em 2017. De janeiro à setembro deste ano, há 54 crimes deste tipo, contra 63 neste meses no ano passado.

Mesmo com redução nestes casos, as vítimas de violência contra a mulher estão denunciando mais, chegando a quase 29 mil denúncias. “A somatória dos registros policiais desse tipo de crime, entre janeiro e setembro, foi de 28.989, 19,64% acima dos 24.231 contabilizados no período correspondente em 2017. O aumento do mês de setembro, notadamente, chegou a 16,96%, saindo de 2.747 casos no ano passado para 3.213 este ano”, destacou a SDS.

Os casos de estupros notificados diminuíram de 217 para 180 em relação ao mesmo mês no ano passado.

12 municípios sem registro de homicídio

Mesmo com crescente onda de violência, em Pernambuco há 12 municípios que não tiveram nenhum registro de homicídio, são eles: Santa Cruz, Serrita, Buenos Aires, Santa Terezinha, Santa Filomena, Ibirajuba, Cedro, Itacuruba, Calumbi, Brejinho, Quixaba, Salgadinho. No Distrito de Fernando de Noronha também não tiveram CVLI’s.

neto

Homem e assassinado a facadas no bairro Zé Martins, em Araripina

0

Esse foi o terceiro homicídio em quatro dias na maior cidade do Araripe; ouça a reportagem de Fredson Paiva

Por Roberto Gonçalves / Foto: reprodução

Um homem de 36 anos foi assassinado na madrugada desta segunda-feira (15), com vários golpes de faca na rua Alto Alegre no bairro Zé Martins, Zona Norte de Araripina, no Sertão de Pernambuco. De acordo com a Polícia Civil, José Jonilsom Rodrigues Silva, foi esfaqueado por desconhecidos, que fugiram do local logo após o crime.

Ainda de acordo com a Polícia, à vítima tinha saído com um amigo, mas retornava sozinho quando foi atacado. Vizinhos informaram, que José Jonilson ainda conseguiu bater na porta da sua residência para pedir socorro. Ele foi levado para o Hospital Santa Maria na área central da cidade, onde já chegou sem vida.

A Polícia Civil está investiagando o caso. O corpo de José Nilsom foi levado para o IML de Petrolina, onde após procedimentos foi liberado para a família providenciar o sepultamento. Esse foi o 3º homicídio do mês de outubro e o 24º do ano em Araripina. Ouça abaixo a reportagem do repórter policial da Arari FM, Fredson Paiva.

Empreendedor Social Antônio Souza, parabeniza os professores neste 15 de outubro

0

“Desejo um dia maravilhoso a todos professores e professoras do Brasil. Que possamos refletir sobre a importância de tão fundamental e necessária profissão.

É você, professor, que vai esculpindo com sua dedicação, paciência e sabedoria, as mentes das mulheres e dos homens do amanhã. Pelas suas mãos passa o futuro do país, e com elas você ajuda a moldar os cidadãos que tomarão conta desse futuro.”

Feliz dia dos Professores!

#AntonioSouza
#DiadosProfessores

postotrevo

Haddad sugere Mario Sérgio Cortella para Ministério da Educação

0

Cortella não é o primeiro nome aventado pelo candidato. Na semana anterior, Haddad chegou a sugerir Josué Gomes / Fotos: Agência Brasil/Facebook

Apesar de ter sido citado por Haddad, Cortella disse que “isso é só especulação”
Estadão Conteúdo / Fotos: Agência Brasil/Facebook

O candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, postou uma mensagem em seu perfil no Twitter nesta segunda-feira, 15, sugerindo o nome do filósofo e articulista Mario Sérgio Cortella para o Ministério da Educação.

“Sou amigo do Mario Sérgio Cortella há anos. Ele acompanhou meu trabalho como ministro e há muito tempo digo que ele deveria pensar em ocupar o Ministério da Educação. Quero montar a equipe dos melhores”, escreveu o ex-prefeito da capital paulista.

Cortella não é o primeiro nome aventado pelo presidenciável do PT para compor um eventual ministério. Na semana passada, o ex-prefeito de São Paulo sugeriu que o empresário Josué Gomes, filho do ex-vice-presidente José Alencar, “tem todas as condições, perfil e sensibilidade social” para chefiar a Fazenda caso ele seja eleito.

“Isso é só especulação, sem nenhum fundamento. Nem é o momento para isso (conversas)”, desconversou o empresário ao falar com a reportagem.

Nem para escolher bons nomes hipotéticos esse poste serve. Mario Sérgio Cortella foi aluno de Paulo Freire, ou seja, a educação continuaria a mesma porcaria ou pior.

Idoso é assassinado durante tentativa de assalto em Araripina

0

VALDOMIRO MARIANO DA SILVA, 76 anos, residente naquela localidade, acertando-o na região do ombro, sendo socorrido por populares, porém já chegou no hospital sem vida

Foto: reprodução

CGTI 9.550, por volta das 11 horas e 45 minutos dessa sexta-feira, 12 de outubro, foi informada pelo hospital Santa Maria que havia dado entrada uma pessoa vítima de arma de fogo.

A guarnição se deslocou ao local dos fatos, no sitio Ponta da Serra em Araripina, onde constatou que se tratava de um latrocínio, que ocorreu no momento em que dois elementos, até o momento desconhecidos, foram assaltar o mercadinho, JN Variedades, na Vila Nova da Ponta da Serra.

Os assaltantes chegaram numa motocicleta Fan 125, vermelha, anunciaram assalto e tomaram pra si uma quantia de (novecentos) 900 reais, que estava no bolso do proprietário, o senhor GEOVAN DA SILVA, 33 anos, logo em seguida atiram em dois senhores que estavam na frente do estabelecimento, acertando um dos disparo no senhor VALDOMIRO MARIANO DA SILVA, 76 anos, residente naquela localidade, acertando-o na região do ombro, sendo socorrido por populares, porém já chegou no hospital sem vida.

No momento do ocorrido uma outra vítima MANOEL BATISTA MODESTO, 68 anos, aposentado, residente em Gergelim, reagiu e tomou a arma de um dos ladrões, um revolver calibre 32, 06 tiros, marca não identificada, nº de série 382336, que estava com apenas uma capsula deflagrada e sem nenhuma munição. A arma e as partes foram encaminhadas a DPC mediante BO 2202/2018. (Central da 9ª CIPM)

htnet

Bolsonaro afirma que vai resgatar o respeito em sala de aula

0

'A inversão de valores dificulta a autoridade do professor em sala de aula', disse Bolsonaro / Foto: Agência Brasil

‘A inversão de valores dificulta a autoridade do professor em sala de aula’, disse Bolsonaro
Agência Brasil / Foto: Agência Brasil

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, afirmou hoje (15), no Dia do Professor, que pretende valorizar a categoria e resgatar o respeito em sala de aula.

Lembrando que é formado em educação física, ele disse que estava falando como professor da área.

“A inversão de valores dificulta a autoridade do professor em sala de aula. São muitos os relatos e registros de agressão, desrespeito e humilhação. Resgatar a referência que sempre representaram é também uma forma de valorizá-los”, disse o candidato no Twitter.

medical

Ouça o programa Araripina Urgente de 15/10/2018

0

Roberto Gonçalves / Foto: Fabiano Alencar

Se você perdeu o Araripina Urgente desta segunda-feira, 15 de outubro 2018, programa que é apresentado pelo radialista Roberto Gonçalves de segunda a sexta-feira, das 7 às 8:30 h, pela Arari FM 90,3 e quer ouvir agora na íntegra, é só clicar abaixo.

No programa, você poderá conferir as seguintes notícias

01- Por ciúme homem esfaqueia e mata companheira em Araripina

02- Homem e morto após tentativa de assalto em Araripina

03- Após mais uma derrota para federal, Nunes Rafael agora mira eleições de 2020

04- No Sertão do Araripe, pipeiros são presos enganando o Exército com GPS’s transportados em veículos pequenos

05- Policia cientifica e Prefeitura de Ouricuri confirmam implantação do IML no Araripe nos próximos meses

06- TCE-PE realiza apuração do Índice de Transparência dos Municípios

07- Jair Bolsonaro diz que vai decidir se vai participar de debates, depois de quinta-feira (18), quando passará por uma nova avaliação médica

08- Na penúltima semana da campanha eleitoral, os candidatos Jair Bolsonaro e Fernando Haddad intensificam a troca de ataques

09- Cientista político Paulo Bahia, diz que candidato do PSL deve evitar a participação nos debates, por uma questão estratégica

10- As manchetes dos principais jornais do País, do Blog do Fredson Paiva e do Blog do Roberto Gonçalves

11- As broncas policiais com o repórter do Rota 903 Fredson Paiva

12- As informações da oferta de emprego na Agência do Trabalho de Araripina com Eldo Brito

13- As notícias esportivas com Roberto Rivelino

14- Os números da PRF nas rodovias que cortam o estado de Pernambuco, com Jota Campos

15- Previsão do tempo para todos os estados da Região Nordeste com Paula Soares do Site Climatempo

16- Participação do ouvinte pelo WhatsApp (87) 9 9161-0116 e facebook

postomagalhaes

Adalberto Cavalcanti e Julio Lossio chegam com prestígio abalado para 2020

0

Pouco mais de uma semana após as eleições do primeiro turno, ainda repercute em Afrânio (PE), Sertão do São Francisco, as derrotas de Andrea Lossio (Rede) e Adalberto Cavalcanti (Avante). Parte dos eleitores que apoiam Adalberto se animaram pelo fato dele ter saído majoritário no município, mesmo perdendo quociente eleitoral a cada pleito, e apoiadores do prefeito Rafael Cavalcanti (MDB) terem polarizado a campanha para deputado estadual e federal pedindo votos para outros candidatos além dos de Rafael. Diferente do grupo de Adalberto, que para federal focou apenas nele mesmo.

Já a ‘dobradinha’ entre Andrea e o ex-deputado foi como um tiro que saiu pela culatra, pois em Petrolina os dois obtiveram menos de 10 mil votos cada – bem abaixo do esperado por ambos.

Quanto a Andrea ter saído majoritária em Afrânio, deve-se ao fato do prefeito ter mantido a sua palavra e continuado pedindo votos para a esposa de seu padrinho (ou agora ex-padrinho) Julio Lossio.

O saldo dessas eleições não foi nada bom para Adalberto e Lossio. Este último, inclusive, chega enfraquecido para uma eventual tentativa de retomada do Executivo de Petrolina, assim como o ex-deputado, que após ter sonhado alto, resta apenas tentar começar tudo do zero, sendo candidato a prefeito de Afrânio, após o acúmulo de sucessivas derrotas políticas. Resta saber o que ocorrerá daqui para frente. Dois anos passam rápido e poderão reservar grandes surpresas. Ou não

Vândalos destroem trinta e duas palmeiras na Avenida Antonio de Barros Muniz, em Araripina

0

Várias plantas do canteiro central da Avenida Antonio de Barros Muniz amanheceram quebradas

Por Roberto Gonçalves / Foto: reprodução WhatsApp

Os vândalos, que costumam depredar o patrimônio público, deixaram mais uma vez a sua “marca” na noite deste domingo (14).

Várias plantas do canteiro central da Avenida Antonio de Barros Muniz amanheceram quebradas, o que revoltou muita gente. A ação desses marginais parece não ter limites.

O ouvinte da Rádio Arari FM, Marcos Marcondes, participou do programa Araripina Urgente na manhã desta segunda-feira (15) e lamentou a situação.

“Hoje eu ia saindo para o trabalho e me deparei com o estrago que fizeram na Avenida Antonio Barros Muniz. Trinta e duas palmeiras imperiais foram destruídas. O que estou sentindo agora é um sentimento de revolta e de tristeza, por ver essas plantas destruidas por vândalos, por bandidos mesmo, facínoras que estão destruindo um patrimônio publico tão importante. Eu gostaria que a Secretaria de Meio Ambiente entrasse em contato com a Polícia, porque na avenida tem muitas câmaras e identificassem e colocassem esses elementos na cadeia”, reclamou. Ouça:

Outro cidadão araripinense que também procurou a redação do Blog do Roberto e se pronunciou sobre esse fato lamentável, foi Valdir Alencar. Ouça:

taboril

Gonzaga Patriota reeleito para presidir Clube do Congresso

0

O deputado federal Gonzaga Patriota – PSB-PE, decano da Câmara dos Deputados a partir de janeiro de 2019, se reelegeu, neste domingo 14, pela quarta vez, presidente do Clube do Congresso, em Brasília. O Clube do Congresso é uma instituição fundada por parlamentares em maio de 1960, início de Brasília e, destina-se a recreação e lazer de seus sócios.

Atualmente, o Clube acolhe sócios de toda a cidade de Brasília, além dos parlamentares e funcionários do Congresso Nacional. O Clube do Congresso está completando 59 anos e possui, atualmente, cerca de 800 sócios aproximadamente.

Ocupa uma área de 80 mil metros quadrados e esta localizado no bonito recanto do Lago Norte. O Clube recebe e realiza festas e eventos sociais dos membros do Congresso Nacional, bem como de toda a sociedade brasiliense. O Clube e um local especial e exclusivo procurado pela sociedade brasiliense para eventos significativos na Capital da República.

zepelado

Previsão de chuva para Araripe pernambucano hoje (15/10)

0

O Instituto CLIMATEMPO prever chuvas para o Sertão do Araripe pernambucano para os próximos dias, inclusive hoje (15/10), durante a tarde e noite.

Ouricuri, Araripina, Santa Cruz, Santa Filomena e todas as cidades da microrregião tem sido afetadas com altas temperaturas, durante um longo período de seca, mas as previsões informam que a possibilidade é de até 80% de pancadas de chuvas para hoje e nos próximos 3 dias.

Previsão de sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite. (Por Charles Araujo)

unipedra

Bolsonaro tem 59% dos votos contra 41% de Haddad, diz pesquisa; 70% veem candidato do PSL como o próximo presidente

0
Bolsonaro e Haddad

Os eleitores de Bolsonaro também apresentam maior certeza de voto frente ao candidato petista, de 94% ante 89% de Haddad
(Tânia Regô / Marcelo Camargo / Agência Brasil)

SÃO PAULO – O candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL), assim como nas pesquisas apresentadas anteriormente, segue com uma larga vantagem no segundo turno – desta vez de 18 pontos percentuais – em relação ao seu adversário, Fernando Haddad (PT). Os seus eleitores também apresentam maior certeza de voto frente ao candidato petista.É o que mostra a mais recente pesquisa BTG Pactual/FSB, divulgada na madrugada desta segunda-feira (15). Foram entrevistados, por telefone, 2.000 eleitores com idade a partir de 16 anos e a margem de erro é de 2 pontos percentuais. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-07950/2018.

No cenário de votos estimulado, levando em conta apenas os votos válidos (excluindo brancos, nulos e abstenções), Bolsonaro tem 59% dos votos, ante 41% de Haddad. Ao considerar os votos totais, o candidato do PSL possui 51% dos votos, ante 35% do petista, enquanto 5% pretendem votar branco/nulo, 6% em ninguém/nenhum deles e 3% não sabem ou não responderam.

Na intenção de voto espontânea, 49% apontaram votar em Bolsonaro e 30% em Haddad. Brancos e nulos somaram 4%, ninguém ou nenhum totalizaram 6%, enquanto não souberam ou não responderam totalizaram 10%.

A decisão de voto dos eleitores de Bolsonaro também é a maior, de 94%, ante 89% de Haddad, enquanto 76% disseram ter certeza de que não votarão em ninguém/nenhum e 69% estão certos de que votarão em branco/nulo.

Haddad registra a maior rejeição, com 53% dos entrevistados dizendo que não votaria no petista de jeito nenhum, ante 38% de Bolsonaro. 39% disseram que poderiam votar no petista, ante 7% que não conhecem e 1% que não respondeu; no caso do nome do PSL, 38% não votariam de jeito nenhum, 8% não conhecem e 1% não respondeu.

Os eleitores também foram questionados dos motivos para votar nos candidatos. 84% dos que votarão em Bolsonaro apontam achar que ele é a melhor opção, ante 78% dos que votarão em Haddad. 10% dos ouvidos que votarão em Bolsonaro querem impedir a vitória do outro candidato, ante 15% dos que votarão em Haddad. 6% dos eleitores de Bolsonaro não souberam/não responderam, ante 7% dos eleitores do petista.

Independentemente do voto, 70% dos eleitores acham que Bolsonaro será o próximo presidente do Brasil, ante 24% que acham que será Haddad, enquanto 6% não sabem ou não responderam.

84% dos eleitores disseram que com certeza irão votar, 9% provavelmente irão votar, 1% provavelmente não irá votar e 6% com certeza não irão votar. 1% não sabe ou não respondeu.

lafer

Policia cientifica e Prefeitura de Ouricuri confirmam implantação do IML no Araripe nos próximos meses

0

A região do Araripe vem conquistando importantes parcerias para somar forças na segurança pública, esse ano os moradores da região já foram contemplados com a instalação da Polícia Científica que vem prestando importantes serviços de perícias em pessoas vivas, perícias criminais e desenvolvendo também serviços como a emissão da carteira de identidade entre outras atividades em favor do povo

A chegada da delegacia de combate e repressão ao narcotráfico também foi uma grande conquista que já desencadeou grandes operações de apreensão de entorpecentes no Araripe.

Na ultima quinta-feira (11), o prefeito de Ouricuri Ricardo Ramos esteve reunido com a equipe de Polícia Científica do Sertão do Araripe para tratar sobre a implantação do IML na região. Na oportunidade visitaram o local onde será instalado o Instituto de Medicina Legal também em Ouricuri.

O prefeito de Ouricuri agradeceu e disse ver a chegada do IML mais uma obra importante para Ouricuri e região “Quero neste momento agradecer ao nosso Deputado Federal Tadeu Alencar que sempre tem nos dado a maior atenção no que se refere ao crescimento de Ouricuri, aproveito o momento para agradecer todo o emprenho do nosso Coronel Álvaro Miranda, gerente de polícia científica do sertão a Dra. Sandra Santos e ao nosso governador Paulo Câmara. Estamos trabalhando dia e noite para logo mais entregarmos esse instrumento de grande importância para a Ouricuri e região. É muito importante ver que a força do nosso trabalho vem tornando os sonhos do povo em realidade, aos poucos nossa cidade vem se tornando um lugar melhor de se viver”. Disse Ricardo Ramos.

O Gerente da Polícia Científica do Sertão de Pernambuco, Álvaro Miranda também agradeceu a parceria e o empenho da prefeitura do município, ainda segundo Ricardo Ramos o IML será instalado na antiga maternidade João XXIII e vai amenizar o sofrimento das famílias que aguardam os corpos de parentes que tem que passar por procedimentos no IML de Petrolina. A previsão é que os trabalhos comecem de imediato e a entrega do Instituto de Medicina Legal aconteça entre o final desse ano e o inicio de 2019.

Por Francisco Monteiro

Jair Bolsonaro anuncia plano de privatização e prega união do país

0

O confinamento obrigatório é desde o ataque à faca não impediu que Jair Bolsonaroto fizesse campanha / Agência Brasil

O confinamento obrigatório é desde o ataque à faca não impediu que Jair Bolsonaroto fizesse campanha
Agência Brasil

A duas semanas do segundo turno das eleições, o candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, vai decidir os rumos da campanha ao Palácio do Planalto. Ele aguarda, na quinta -feira (18), uma nova avaliação da junta médica do Hospital Albert Einstein. Ao que tudo indica receberá alta.

Mesmo com uma liberação médica, o candidato já avisou que pretende participar, de no máximo, dois debates na televisão. E não descarta, por estratégia, não participar de nenhum.

Viagens ao Nordeste, única região do país onde não liderou a votação do primeiro turno, ainda não estão fechadas. O presidente do PSL, Gustavo Bebbiano, disse à Agência Brasil que, embora Bolsonaro queira viajar, todos os detalhes são minuciosamente analisados.

COMBATE À VIOLÊNCIA

“Existe a questão de segurança. Há informes de que o alerta é vermelho, em relação à segurança dele, daqui até o dia das eleições. Então, temos de cuidar tanto da integridade física dele quanto da saúde, que ainda se recupera”, acrescentou Bebbiano. Bolsonaro foi esfaqueado no dia 6 de setembro durante um ato de campanha em Juiz de Fora, em Minas Gerais.

Na primeira semana pós-primeiro turno, a portaria do Condomínio Vivendas da Barra, na Barra da Tijuca, assistiu a um vai-e-vem de políticos e correligionários. Bolsonaro saiu de casa poucas vezes, a maioria com destino à casa do empresário Paulo Marinho, integrante do núcleo de campanha, para gravar programas eleitorais. Na primeira saída, na quinta -feira (11), concedeu uma entrevista coletiva para a imprensa após encontro com os deputados eleitos do PSL.

Ao falar sobre combate à violência gerada por divergências políticas, o candidato disse, na primeira vez, que não tinha como controlar as pessoas. “Esta pergunta não deveria ser invertida? Quem levou a facada foi eu. Um cara lá, que tem uma camisa minha, comete um excesso, o que eu tenho a ver com isso? Eu lamento. Peço ao pessoal que não pratique isso, mas eu não tenho controle sobre milhões de pessoas que me apoiam. Agora, a violência vem do outro lado, e eu sou uma prova viva disso”, afirmou o candidato.

MINISTÉRIOS

Depois, adotou o tom de união pelo país. “Vamos unir o Brasil. Brancos e negros, homos e héteros, pais e filhos, nordestinos e sulistas, homens e mulheres, vamos unir o nosso Brasil e pacificá-lo”, disse durante a coletiva de imprensa.

O confinamento obrigatório desde o ataque à faca não impediu que o candidato fizesse campanha. Com uma campanha pautada nas redes sociais, postou vídeos e entrevistas com críticas contundentes ao adversário, que foram compartilhados por milhares .

Foi através delas que anunciou que, caso eleito, seu governo terá 15 ministérios, que reduzirá impostos para as pessoas de menor renda, que o programa Bolsa Família terá décimo terceiro salário. E que Paulo Guedes, consultor econômico da campanha, o general da reserva do Exército Augusto Heleno, o deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS) e o astronauta Marcos Pontes farão parte de seu ministério nas pastas da Economia, Defesa, Casa Civil e Ciência e Tecnologia respectivamente.

Adiantou que fará uma reforma administrativa para cortar “gastos desnecessários” e afirmou que  seu plano de privatizações vai agradar o mercado. As primeiras estatais que serão alvo foram as criadas pelos governos do PT. Bolsonaro também disse que irá trabalhar para que não haja mais progressão de pena e saídas temporárias de presos, os chamados saidões.

VISITAS

No primeiro programa eleitoral do segundo turno no rádio e na televisão, nesta sexta-feira (12), o candidato fez críticas ao comunismo, ao seu opositor Fernando Haddad (PT) e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, além de mostrar a família, a esposa Michelle, os quatro filhos homens e a filha caçula, Laura.

“O vermelho é um sinal de alerta para o que não queremos no país. A nossa bandeira é verde e amarela e nosso partido é o Brasil”, diz a propaganda do candidato.

Na sexta-feira, recebeu, em sua casa da Barra da Tijuca, as visitas da atriz Regina Duarte e do deputado federal eleito por São Paulo Luiz Philippe de Orleans e Bragança, que chegou a ser cotado para vice na chapa. Fotos e imagens do encontro foram postadas nas redes sociais de Bolsonaro. Apesar de considerar João Doria, candidato ao governo de São Paulo pelo PSDB, opositor ao PT, não recebeu o tucano.

frigotil

Haddad busca o centro e prega estabilidade democrática no 2º turno

0

No âmbito programático, o PT recuou em relação a propostas que constavam do seu programa de governo, / Foto: AFP

No âmbito programático, o PT recuou em relação a propostas que constavam do seu programa de governo,
Foto: AFP
Agência Brasil

Na primeira semana da fase decisiva da eleição presidencial, o candidato Fernando Haddad (PT) fez movimentos em busca de aproximar partidos e setores de centro. O petista aposta também em uma estratégia de se demonstrar como a alternativa mais segura para garantir a estabilidade democrática no país.

A prioridade do PT ao longo dos últimos dias foi tentar consolidar os apoios políticos para o segundo turno e ajustar o tom da campanha nessa etapa. Haddad conseguiu apoio do PSOL, PPL, PSB e do PDT, este último a legenda de Ciro Gomes, terceiro colocado no primeiro turno.

O pedetista, apesar de ter anunciado o voto em Haddad, não deve participar ativamente da campanha e viajou na quinta -feira (11) para a Europa, onde passará alguns dias de férias, segundo a assessoria.

Prioridade de  Haddad foi tentar consolidar apoios políticos para o segundo turno – Rovena Rosa/Agência Brasil
Também houve um encontro com o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa, filiado ao PSB, e que chegou a ser cotado para sair candidato a presidente. A expectativa da campanha petista é que ele possa declarar apoio a Haddad e até mesmo participar da campanha ou do programa eleitoral.

ELEITOR DE CENTRO

Haddad também recebeu uma carta de apoio de integrantes do PSDB, mesmo o partido tendo formalmente anunciado que ficará neutro no segundo turno. Há ainda a expectativa em torno de uma aproximação mais explícita entre o petista e o ex-presidente tucano Fernando Henrique Cardoso (FHC), já que os dois mantêm uma boa relação.

No âmbito programático, o PT recuou em relação a propostas que constavam do seu programa de governo, como a convocação de uma assembleia constituinte, além de buscar incluir elementos dos programas de adversários do primeiro turno, como a proposta de Ciro Gomes para que o governo adote um programa para tentar limpar o nome de endividados.

Até as cores da campanha petista mudaram: saindo do tradicional vermelho para uma paleta mais ampla, que envolve os tons de verde, amarelo e azul. Todos esses gestos, segundo Michel Neil, vão na busca pelo eleitor de centro.

“Cabe a Haddad reforçar o discurso institucional democrático, em que ele se posiciona como a opção mais segura para as instituições democráticas, tentando dialogar com aquele eleitor que não quer votar em Bolsonaro, pois vê nele um governo de muito mais incertezas do que certezas”, analisa o cientista político Michel Neil.

DISPUTA GEOGRÁFICA

Uma das evidências disso é que, com o crescimento de casos de violência por divergência política no país, Haddad tem feito críticas contundentes ao que considera uma escalada autoritária com a chegada de seu adversário ao poder, como mostrado em seu programa eleitoral. Em uma das declarações mais fortes contra Bolsonaro, o petista afirmou, em coletiva na quinta -feira (11), que o opositor “não tem projeto de país, a não ser armar as pessoas para que elas se matem”.

A dificuldade, no entanto, é ter de sair de uma campanha que no primeiro turno foi mais alinhada com o eleitor petista para esse espectro mais amplo. “Por mais que o Haddad seja a figura certa do PT na busca desse centro político, a campanha de primeiro turno foi uma clivagem do ‘nós contra eles’, que também prevaleceu na campanha de Bolsonaro, mas com o sinal trocado. Isso dificulta convencer o eleitor de centro que não quer votar no Bolsonaro, mas também não apoia o PT. Esse eleitor em cima do muro ainda demonstra muitas feridas abertas, mas vai ter que se posicionar”, acrescenta o cientista político.

Do ponto de vista da disputa geográfica, Michel Neil diz ainda que o foco de Haddad nessa etapa decisiva deve ser em direção ao eleitor das grandes cidades, onde a diferença de votos do petista para Bolsonaro foi maior.

Haddad precisa reverter uma diferença de 16,7 pontos percentuais em relação ao adversário, Jair Bolsonaro (PSL), que obteve 46,02% dos votos válidos no primeiro turno. O petista ficou com 29,28% da preferência. Neil analisou 272 eleições no país desde 1998 e que terminaram em segundo turno, incluindo pleitos presidenciais, para governos estaduais e prefeituras.  “Todas as vezes que o primeiro colocado do primeiro turno terminou com uma diferença de 15 pontos percentuais para o segundo colocado, ele foi vitorioso em 95% dos casos”, aponta.

A primeira pesquisa do segundo turno, divulgada na quarta-feira (10) pelo Instituto Datafolha, indica liderança de Bolsonaro com 58% dos votos válidos contra 42% para Haddad.

varejao

No Sertão do Araripe, pipeiros são presos enganando o Exército com GPS’s transportados em veículos pequenos

0

Foram presos neste final de semana, pipeiros de Santa Filomena-PE portando vários aparelhos de GPS de carros pipas contratados pela Operação Carro-Pipa/Exército para abastecer domicílios do município com água do Rio São Francisco.

Os aparelhos estavam amontoados dentro de um carro particular, quando os criminosos percorriam entre Petrolina e Santa Filomena, fazendo o mesmo trajeto que fariam os pipas para pegar água do Rio próximo a Lagoa Grande-PE.

Segundo informações, os pipeiros foram presos e estão encrencados com o Exército e respectivamente com a Justiça. Embora ainda não foram divulgados os nomes dos envolvidos. Que se sabe, na abordagem estavam três donos de pipas, um fugiu, dois foram presos. Os três pipas foram apreendidos e serão leiloados pelo Exército. (Por Charles Araujo)

ararifm

Pobre rico Brasil: Lava Jato tenta reaver R$ 54,9 bilhões roubados nos últimos anos

0

Por Josias de Souza

A força-tarefa de Curitiba atualizou na última sexta-feira (12) a soma dos pedidos de ressarcimento feitos em processos judiciais da Lava Jato. Incluindo-se as ações penais (R$ 39,97 bilhões) e as ações por improbidade administrativa (R$ 14,93 bilhões), reivindica-se a devolução de R$ 54,9 bilhões em verbas roubadas do Estado. Eloquente, a cifra corresponde a tudo o que o BNDES pretende investir em projetos de infra-estrutura até o final de 2019. Entretanto, a verba efetivamente devolvida aos cofres públicos em quatro anos e meio de Lava Jato soma, por ora, pouco mais de R$ 2,5 bilhões —ou 4,5% do total requisitado.

Desde 2014, quando foi às ruas, a Lava Jato corroeu a Presidência de Dilma Rousseff, passou na chave o projeto presidencial de Lula e está perto de acertar as contas com Michel Temer. A operação também trancafiou a nata da oligarquia política e empresarial. Gente que estava escondida atrás da imunidade parlamentar foi surrada nas urnas de domingo passado, despencando na primeira instância Judiciário. Não se via tamanha movimentação nos salões do poder e nas cadeias desde a chegada das caravelas.

Quebraram-se paradigmas também na recuperação da verba roubada. Antes da Lava Jato, os pedidos de reparação rodavam na casa dos milhões. Depois, passaram a ser computados em bilhões. Mas o resultado, quando confrontado com o tamanho da pilhagem, não chega a entusiasmar. Graças aos acordos de delação premiada, os procuradores de Curitiba conseguiram obter de criminosos: confissões, provas e compromissos de devolver algo como R$ 12,3 bilhões. O problema é que o dinheiro roubado à vista será devolvido a prazo.

Há parcelamentos de até duas décadas. Daí a disparidade entre os valores solicitados e o montante ressarcido até o momento. A coisa se complica ainda mais nos casos em que a devolução depende não de acordos de colaboração, mas do desfecho de batalhas judiciais. Ouvido pelo blog, um dos procuradores da força-tarefa de Curitiba resumiu o drama:

“É um milagre termos no Brasil esse ressarcimento de pouco mais de R$ 2,5 bilhões. A Lava Jato é uma árvore frondosa crescendo no deserto. A regra no país era não recuperar nada. Antes da Lava Jato, todo o dinheiro repatriado somava menos de R$ 45 milhões. Mesmo depois, houve apenas um outro caso envolvendo repatriação de cerca de R$ 70 milhões. Desconheço qualquer outro caso que envolva recuperação superior a R$ 100 milhões. ”

O procurador acrescentou: “Nas ações penais e de improbidade, o dinheiro só será recuperado no final do processo, quando tudo transitar em julgado. Ou seja: no Dia de São Nunca. É muito comum que esses processos durem mais de dez anos. O réu tem que ter muito azar e a sociedade tem que ter muita sorte para conseguir a recuperação. Pedidos de ressarcimento viraram piada no Brasil. Quando se esgotam as possibilidades de recurso, o réu já se desfez de todo o patrimônio.”

“A gente tenta obter bloqueios cautelares”, prosseguiu o procurador. “Mas se você vai bloquear recursos de uma empreiteira, elas trabalham alavancadas. A indústria, a fábrica, todos os fornecedores já têm uma, duas ou três hipotecas. O Estado entra em quarto lugar na fila. Não pode bloquear capital de giro, porque mata a empresa e gera desemprego. Quando conseguimos bloquear o patrimônio dos réus, pessoas físicas, o bloqueio permanece até o final do processo. Um dia, se os crimes não prescreverem, a gente conseguirá recuperar.”

Como se vê, mesmo nos casos submetidos aos novos padrões de investigação e julgamento, o dinheiro surrupiado do Estado continua sendo como pasta de dente que sai do tubo. Colocar de volta não é tarefa simples. A encrenca não se restringe a Curitiba. No Rio de Janeiro, a Lava Jato pleiteia ressarcimentos de R$ 2,3 bilhões. A Receita Federal já aplicou a empresas e pessoas enroladas no petrolão autuações fiscais de R$ 17,1 bilhões. Só nesses três guichês, o Estado tenta receber notáveis R$ 74,3 bilhões.

armazem