Home Blog

Paulo minimiza vaias em ato político com Haddad

0

Paulo minimizou vaias em ato político / Foto: Divulgação/Facebook

Governador foi vaiado em ato político. Renata e João Campos também foram recebidos de forma negativa por alguns militantes
Foto: Divulgação/Facebook

JC Online

O candidato à reeleição ao governo de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), minimizou as vaias que recebeu no seu próprio ato político, que aconteceu na manhã deste sábado (22), no Centro do Recife. Em sua página do Facebook, o post afirma “Não adianta alguns tentarem diminuir a força do que vimos hoje”, sobre a caminhada que realizou junto ao candidato à presidência do PT, Fernando Haddad.

“Esses poucos não conseguirão manipular a verdade e a presença dos milhares de pernambucanos que saíram de suas casas hoje para dizer que querem que o nosso estado siga na frente”, pronuncia o governador, sobre as pessoas que o vaiaram durante a caminhada com Haddad.

Em outra postagem, Paulo enfatiza que “O nosso lado é o do povo. A população quer Pernambuco na Frente e o Brasil feliz de novo! Estamos juntos!”, alfinetando a concorrência.

Como foram as vaias

No encontro, o atual governador de Pernambuco foi amplamente vaiado. Além do coro negativo durante sua própria fala, Paulo Câmara foi vaiado ainda quando o ex-prefeito de São Paulo citou seu nome como parceiro essencial, caso seja eleito. Os nomes de João Campos e Renata Campos, ambos presentes no palanque, também desencadearam uma reação igualmente negativa ao serem citados.

No Dia Mundial do Alzheimer, viúva do professor Tota fala sobre a doença na Arari FM

0

“Foram 10 anos do diagnóstico até a fase final. Essa doença realmente afeta além do portador, também os familiares”, disse Nancy Alencar. Ouça entrevista.

Por Roberto Gonçalves / Foto: arquivo familiar

Nancy Nunes de Alencar, viúva do saudoso Francisco Alves de Souza, mais conhecido da comunidade araripinense como professor Tota, esteve nesta sexta-feira (21) no Dia Mundial do Alzhimer, concedendo uma entrevista prá falar sobre o assunto no programa Araripina Urgente da Radio Arari FM.

De acordo com Nancy, foram 10 anos do diagnóstico até a fase final, e que a doença realmente afeta além do portador, também os familiares.

“A doença é caracterizada pelo esquecimento, que não é só o esquecimento. Vem muitos sintomas. São três fases e é um sofrimento para o doente, para o familiar que está na convivência no dia a dia e se sente impotente diante da situação. Mas assim, é um momento que exige amor, que é a principal ferramenta prá se lidar com essa doença”, frisou.

Ainda segundo Nancy Alencar, as pessoas da Região do Araripe que tem parentes que sofrem com a doença, podem procura-la para troca de experiências.

“A melhor forma de ajudar o próximo é compartilhando essas informações, como foi o dia a dia por exemplo. Então assim, eu me coloco à disposição, quem queira me procurar prá conversar sobre o assunto, fique a vontade. Eu moro próximo ao Aplausos, meu número para contato é (87) 9 9159-9434”. Ouça a entrevista na íntegra:

Detento do semiaberto rouba carro em Salgueiro usando arma de brinquedo e é preso em Terra Nova

0
(Foto: 8º BPM/Divulgação)

Um detento do regime semiaberto foi preso após roubar um carro próximo ao distrito de Umãs, zona rural de Salgueiro (PE), no Sertão Central, utilizando uma arma de brinquedo. Segundo informações do 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM), a ação aconteceu por volta das 20h40 de ontem (21).

As primeiras informações recebidas pela equipe policial davam conta de que o assalto teria sido praticado por dois homens. Durante a fuga, outras duas pessoas foram assaltadas e tiveram pertences levados. Os PMs seguiram as pistas e localizaram o veículo – um Chevrolet Onix – no pátio de um posto de combustíveis, já em Terra Nova (PE), Sertão do São Francisco. Quando a equipe policial se aproximou, o suspeito tentou fugir, mas foi preso.

Ao revistarem o carro, os policiais encontraram um pistola de brinquedo, mais R$ 560,00 e uma carteira para cédulas. As vítimas fizeram o reconhecimento do suspeito, que foi encaminhado, junto com o material aprendido, para a delegacia de Salgueiro, onde foi autuado em flagrante delito. (Carlos Britto)

Antonio Souza parabeniza a REDE Sustentabilidade pelos 3 anos de fundação

0

O empreendedor social, Antonio Souza, parabenizou aos dirigentes das executivas estadual e nacional pelos três anos de fundação da REDE Sustentabilidade.

“Tive a honra de ser convidado a fazer parte dos quadros desse partido que dignifica a política brasileira, cuja principal referência é a nossa candidata à presidência da República, Marina Silva”, reiterou Antonio, ao lado de seus dois filhos e esposa. (Blog do Barbosa)

neto

Pavimentação da travessa Cornélio Granja Muniz é inaugurada pela Prefeitura de Araripina

0

Assessoria / Fotos: divulgação

Com a presença do prefeito Raimundo Pimentel, do vice Bringel Filho, dos vereadores Evilásio Mateus, João Erlan e Mazinho de Zeca, do ex-prefeito Bringel e da comunidade local, foi inaugurada nessa sexta-feira (21), em Araripina, a pavimentação da travessa Cornélio Granja Muniz, no bairro Alto da Boa Vista.

Durante o evento, o prefeito Raimundo Pimentel assinou a ordem de serviço para o início das obras de calçamento de mais quatro ruas do bairro: as travessas São Benedito 1, São Benedito 2, Wellington Gomes Félix e Coração de Jesus. Além destas, mais duas ruas estão recebendo calçamento: a avenida Régis Pereira, no distrito de Gergelim, e a rua São Francisco, em Lagoa do Barro. São mais de 5 mil metros quadrados em calçamento dando mais qualidade de vida à população.

“Araripina, hoje, tem mais de 30 obras espalhadas por todo o município, tanto na sede quanto na zona rural. Vamos inaugurar mais algumas nos próximos dias, reafirmando o nosso compromisso em transformar a nossa cidade em um verdadeiro canteiro de obras. O trabalho não para!”, finalizou o prefeito Raimundo Pimentel.

Paulo Câmara é vaiado em ato de campanha de Haddad no Recife

0

Fernando Haddad se reuniu com aliados e com a militância na Praça Maciel Pinheiro / Foto: Cortesia

Fernando Haddad se reuniu com aliados e com a militância na Praça Maciel Pinheiro
Foto: Cortesia
JC Online

O candidato à Presidência Fernando Haddad (PT) se reuniu com aliados e com a militância no Praça Maciel Pinheiro, Centro do Recife, neste sábado (22). Estiveram no evento Paulo Câmara (PSB), que concorre à reeleição para o Governo do Estado, Humberto Costa (PT), postulante ao Senado, João Campos, que disputa o cargo de Deputado Federal, e a vice da chapa petista, Manuela D’avila (PCdoB). No encontro, o atual governador de Pernambuco foi amplamente vaiado.

Além do coro negativo durante sua própria fala, Paulo Câmara foi vaiado ainda quando o ex-prefeito de São Paulo citou seu nome como parceiro essencial, caso seja eleito. Os nomes de João Campos e Renata Campos, ambos presentes no palanque, também desencadearam uma reação igualmente negativa ao serem citados.

Ao discursar, o governador voltou a se referir aos adversários como “a turma do Temer”. “A gente tem muita honra de ter aqui em Pernambuco o apoio do presidente Lula. A gente tem uma caminhada de 15 dias pra escolher o lado do povo, o lado de Eduardo Campos, o lado de Lula, de Fernando Haddad, e não o outro lado, da turma do Temer”, disse.

Agenda de Haddad

Segundo a programação divulgada pelo diretório estadual do PT, o candidato Fernando Haddad seguirá para Caruaru, no Agreste, às 16h, após a caminhada com aliados no Recife.

No domingo, a partir das 9h, entre a fronteira de Petrolina, no Sertão Pernambucano, e Juazeiro, na Bahia, o presidenciável encerra sua agenda no Estado. De acordo com o presidente estadual do PT, Bruno Ribeiro, a ação representa a defesa do rio, da Chesf e do conjunto de prioridades das gestões de Lula e Dilma Rousseff.

postotrevo

Na Arari FM, programa Debate Geral discute o reflexo da crise econômica na indústria e no comércio; ouça

0

Participaram do programa, o vice-presidente da FCDL do Estado de PE  Assis Junior, o contador Jacó Saraiva e o especialista em finanças empresariais formado pela FGV do RJ Valdir Alencar.

Por Roberto Gonçalves / Foto: Blog do Roberto

O jornalismo da Rádio Arari FM 90,3 trouxe na manhã deste sábado (22), o 15º programa Debate Geral. Tendo como âncora o radilalista / jornalista Roberto Gonçalves, o tema abordado dessa vez foi o reflexo da crise econômica na indústria e no comércio.

A recessão que levou 200 mil empresas fecharem as portas nos últimos anos, a corrida para o comércio informal, o reflexo da greve dos caminhoneiros, a indústria que tenta respirar, o desempregado que quer trabalhar.

Foram convidados para o programa, o vice-presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de Pernambuco Assis Junior, o contador Jacó Saraiva e o especialista em finanças empresariais formado pela FGV do RJ Valdir Alencar.

Ouça na íntegra:

Próximo Debate Geral:

No próximo sábado (15), o assunto a ser abordado no programa, será “Rádio do passado e Rádio do presente – As diferentes formas da comunicação”. Foram convidados para programa, o primeiro radialista do Sertão do Araripe Josafá Reis, o professor e comentarista de futebol Araujo Souza, e o gerente de programação da Arari FM Erick Lima. O debate vai ao ar das 8:30 h às 9:30 h da manhã, logo após o programa Nosso Encontro com Eridan Ben. Vale a pena conferir.

Vem aí a “Carta aos Brasileiros” de Bolsonaro

0

Gerson Camarotti – G1

A campanha de Jair Bolsonaro(PSL) já tem pronta uma versão de uma carta semelhante à “Carta aos Brasileiros” lançada pela campanha do ex-presidente Lula em 2002. O texto ainda não foi aprovado por Bolsonaro que ainda estuda se deve lançar a carta.

Escrita pelo general Augusto Heleno, que integra a campanha de Bolsonaro, a carta também é defendida pelo general Hamilton Mourão, candidato à vice na chapa.

O texto defende a pacificação do país com o resultado eleitoral e também faz um aceno ao mercado com ênfase na necessidade de se fazer um ajuste fiscal.

Com Bolsonaro hospitalizado, a estratégia da campanha é tentar ampliar votos nos segmentos onde o presidenciável ainda tem forte rejeição: o eleitorado feminino e a região Nordeste. Também haverá uma mobilização para conseguir os votos dos eleitores que ainda estão indecisos.

A expectativa na campanha é que, com a recuperação de Bolsonaro, ele possa produzir novos vídeos direcionados para esse público específico que tem resistência ao candidato do PSL.

Ao mesmo tempo, a ordem é capitalizar o apoio pulverizado pelo país. Como revelou o Blog, já há um movimento informal de deputados do “Centrão” que já fazem campanha para Bolsonaro.

Nesses últimos dias, a campanha de Bolsonaro começou a ser procurada por candidatos aos governos estaduais interessados em alianças para o segundo turno. São candidatos que no primeiro turno apoiam o tucano Geraldo Alckmin e o pedetista Ciro Gomes.

Outra determinação do próprio Bolsonaro é de que os integrantes da campanha evitem “casca de banana” em suas declarações.

Nas palavras de um aliado, é preciso evitar erros e falas polêmicas, como a do economista Paulo Guedes, que falou na recriação da CPMF. O núcleo duro da campanha está consciente de que é preciso ter cuidado nas falas públicas.

htnet

Após confusão, Ciro Gomes chama Bolsonaro de ‘nazista filho da p*’; assista

0
Ciro Gomes se exaltou durante evento de campanha
  • Por Jovem Pan

Ciro Gomes voltou a ter fala polêmica durante comício em Goiânia. O candidato à Presidência pelo PDT falou à multidão após um apoiador de Jair Bolsonaro invadir seu carro de som com uma camiseta apoiando o rival e chamou o candidato do PSL de “nazista filho da p*”.

“Olha o que é cultura de ódio, um bobinho, que não deve ter culpa de nada, acabou de criar uma confusão aqui trazendo uma camisa do adversário”, narrou Ciro.

Ele ainda analisou o gesto e atribuiu ao próprio discurso de Bolsonaro: “Por que? Porque ele, fanático como é, que nem o doido que enfiou uma faca nele, acha que a política pode ser resolvida assim”.

“Tenham paciência com ele, ele não é culpado de nada, ele é só vítima desse nazista filho da p*”, finalizou Gomes.

Assista abaixo:

medical

Eleições 2018: Deputada Roberta Arraes é notificada pela justiça eleitoral a recolher material irregular de campanha

0
Foto: Facebook/reprodução

Candidata à reeleição, a deputada estadual Roberta Arraes (PP), da Coligação ‘Pernambuco Vai Mudar’, foi notificada pela justiça eleitoral a recolher material de campanha considerado irregular, em várias cidades do Sertão.

A relatora da decisão proferida na última quinta-feira (20) foi a juíza Karina Albuquerque Aragão de Amorim. No processo, a magistrada informou que Roberta Arraes está ciente da decisão e já estaria substituindo o material de campanha. (Blog do Carlos Britto)

postomagalhaes

Sertão: Homicídio e incêndio em caminhão são registrados em Petrolina

0

O corpo de um homem foi encontrado dentro de uma casa em construção no Loteamento Topázio, zona norte de Petrolina, na sexta-feira (21). De acordo com informações, a vítima – que estava sem documento de identificação – apresentava ferimentos supostamente provocados por disparos de arma de fogo. O corpo foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML).

Ainda no dia de ontem, no bairro Cosme e Damião, também na zona norte de Petrolina, o 4º Grupamento do Corpo de Bombeiros combateu um incêndio em um caminhão que estava estacionado ao lado da BR-407. O Blog ligou para a corporação para tentar obter informações sobre as causas do incêndio, mas a equipe que estava de serviço ontem não foi localizada. (Via: Blog do Carlos Britto)

Nova pesquisa mostra Bolsonaro com 27% das intenções de voto e Haddad com 17%

0
Foto: UOL/reprodução

Nova pesquisa eleitoral divulgada ontem (21) pela XP Investimentos mostra Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) isolados no primeiro turno pela disputa à Presidência da República: Bolsonaro tem 27%, enquanto Haddad tem 17%. Ciro Gomes (PDT), que chegou a aparecer em segundo lugar em pesquisas anteriores, acabou ficando para trás e agora tem 10% das intenções de voto.

Bolsonaro cresceu dois pontos em relação à última pesquisa, enquanto Haddad cresceu um ponto. Ciro caiu um ponto, enquanto Alckmin e Marina caíram dois pontos cada.

A pesquisa foi feita pelo Instituto de pesquisas sociais, políticas e econômicas (Ipespe), por telefone, entre 17 e 19 de setembro, com duas mil pessoas. A margem de erro é de 2,2 pontos, para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) como BR-02995/2018.

Ainda há uma grande parcela do eleitorado, quase 1 entre 4 eleitores, que não sabe em quem votar ou não escolherá ninguém; 23% votarão em branco, nulo, em ninguém ou não sabem.

Intenção de voto no primeiro turno

Jair Bolsonaro – 27%

Fernando Haddad – 17%

Ciro Gomes – 10%

Geraldo Alckmin – 7%

Marina Silva – 4%

João Amoêdo – 3%

Alvaro Dias – 3%

Henrique Meirelles – 2%

Cabo Daciolo – 1%

Simulações no segundo turno

Nas simulações de segundo turno, Bolsonaro venceria Marina e Haddad, empataria com Geraldo Alckmin e perderia para Ciro Gomes.

Confira:

Bolsonaro 40% X Marina 35%

Bolsonaro 39% X Alckmin 39%

Ciro 40% X Bolsonaro 35%

Bolsonaro 41% X Haddad 38%

Rejeição

Marina Silva (Rede) continua aparecendo como a candidata mais rejeitada pelos eleitores, com 67% dizendo que não votariam nela de jeito nenhum, em nenhum cenário. Depois, vêm Alckmin e Haddad, com 60% de rejeição cada. Bolsonaro aparece com 57% de rejeição, enquanto Ciro tem 54%. (Fonte: Exame.com)

taboril

Campanha pernambucana entra em rota agressiva

0

Candidatos ao governo de Pernambuco, Paulo e Armando trocaram acusações durante toda a sexta-feira / Foto: Acervo

Candidatos ao governo de Pernambuco, Paulo e Armando trocaram acusações durante toda a sexta-feira
Foto: Acervo

RENATA MONTEIRO E PAULO VERAS JC Online

Apenas um dia após surgir tecnicamente empatado com o candidato do PTB ao governo estadual em pesquisa Datafolha, o governador Paulo Câmara (PSB) subiu o tom contra o senador Armando Monteiro em duas inserções veiculadas na TV. Em uma das peças, enquanto aparecem imagens do petebista ao lado do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) e dos deputados federais Mendonça Filho (DEM), Fernando Coelho Filho (DEM) e Bruno Araújo (PSDB), um narrador diz que “juntos com Temer, eles mudaram o Brasil. Para pior”.

No segundo vídeo, um ator negro vestido como operário tem as peças de roupas retiradas, uma a uma, enquanto um narrador diz que Armando votou favoravelmente à Reforma Trabalhista no Senado e quer tirar direitos dos trabalhadores. Por fim, no lugar da calça que vestia, uma espécie de uniforme, o ator surge com outra, puída, remetendo aos trajes utilizados por escravos. A inserção termina com um questionamento: “Armando votou contra o trabalhador. Dá para confiar?”

A ofensiva, no entanto, não ficou sem resposta. Ontem mesmo o senador acionou a Justiça Eleitoral contra as peças e, após participar de caminhada no Centro do Cabo de Santo Agostinho, afirmou que, impactado com os resultados da última pesquisa divulgada, o governador “só sabe mentir e falsear”.

“Como pouco a pouco essa candidatura foi crescendo e eles estão com medo, começaram a baixaria. Começaram com a mentira, com a depravação, que é o que eles sabem fazer. Eles são profissionais da calúnia e da difamação. Mas Pernambuco vai dizer a eles: vocês vão levar uma surra no dia 7 de outubro e o Estado vai poder inaugurar um novo tempo, um tempo de esperança”, disparou Armando durante pronunciamento logo após o ato político.

Sobre as críticas do governador em relação ao seu voto a favor da Reforma Trabalhista, o petebista relembrou que o próprio Paulo já fez declarações positivas à legislação. “Se vamos falar sobre esse tema, é bom lembrarmos de uma gravação em que Paulo defendeu a Reforma Trabalhista no Palácio do Planalto. Uma demonstração de que ele não tem posição e mente a Pernambuco”, cravou.

Armando se refere a uma entrevista que o governador socialista concedeu ao Portal Planalto, página oficial da Presidência da República, em abril de 2017, após um almoço com o presidente Michel Temer (MDB). No referido site, há uma frase creditada a Paulo na qual ele teria falado sobre a necessidade de aprovação de “reformas que olham o futuro, que olham um Brasil diferente, que deem oportunidade do Brasil voltar a crescer, voltar a gerar emprego, voltar a gerar renda para nosso povo”.

Mendonça Filho, que estava ao lado de Armando na caminhada no Cabo, também mostrou-se indignado com as inserções da Frente Popular. “Isso é apelação de quem está perdido na eleição. Eles deixam de discutir os problemas que afetam o povo, como saúde e segurança, para desviar a atenção, mas o povo não vai cair nessa. Na própria chapa dele há um candidato ao Senado que votou a favor da Reforma Trabalhista, que é Jarbas. Isso é mais um factoide e mais uma forma de tentar iludir a opinião pública”, pontuou o parlamentar, ex-ministro da Educação do governo Temer.

“NÃO VI CRÍTICAS”

Indagado ontem à noite sobre as críticas contidas nos vídeos, Paulo minimizou a repercussão em torno do material. “Não vi críticas, são verdades. A gente está apenas dizendo, esclarecendo à população verdades que são importantes para que o eleitor possa tomar sua decisão no dia 7 de outubro”, declarou o socialista.

Após participar de sabatina na TV JC, ontem, o senador Humberto Costa (PT), aliado de Paulo, comentou o caso. “Eu acho que está se travando um debate político importante nesta campanha, inclusive voltada à questão nacional. Acredito que a estratégia da campanha do governador seja trazer esse debate, esclarecer essas questões, esclarecer quem é quem nesse cenário”.

zepelado

Rede decide expulsar Julio Lossio por infidelidade partidária

0

Julio Lossio se aliou ao candidato a deputado federal Coronel Meira, um dos principais aliados de Bolsonaro no Estado / Foto: Felipe Ribeiro / JC Imagem

Julio Lossio se aliou ao candidato a deputado federal Coronel Meira, um dos principais aliados de Bolsonaro no Estado
Foto: Felipe Ribeiro / JC Imagem
Editoria de Política

A Executiva Nacional da Rede Sustentabilidade decidiu em reunião nesta sexta-feira (21), por unanimidade, expulsar o candidato ao Governo de Pernambuco Julio Lossio. O partido irá pedir a Justiça Eleitoral o cancelamento do registro da sua candidatura. Lossio afirmou que a sua campanha seguirá normalmente até a decisão da justiça.

A sigla havia notificado o ex-prefeito de Petrolina por infidelidade partidária, por fazer aliança com bolsonaristas no Estado, o que vai de encontro determinação da Convenção Nacional.

Julio Lossio recebeu oficialmente nesta terça-feira (19) o apoio de dois dos principais aliados de Jair Bolsonaro (PSL) no Estado, o candidato a deputado federal Coronel Meira e Gilson Machado (PSL), durante almoço de adesão em uma churrascaria do Recife. Tal aliança resultou na distribuição de material de campanha distribuído tem a foto de Lossio; da mulher, Andrea Lossio, candidata a deputada federal pela Rede, que não estava no evento; do coronel Luiz Meira e do próprio presidenciável. Sem Marina.

Em nota, divulgada na última quinta-feira (13), o partido já havia desautorizado qualquer aliança de seus candidatos majoritários com apoiadores da candidatura de Jair Bolsonaro utilizando a legenda da Rede. Dois filiados da sigla chegaram a sair do partido.

Lossio chegou a apresentar a sua defesa, assim como filiados a Rede assinaram uma carta de apoio ao candidato. Ela é assinada também pelos integrantes da chapa majoritária encabeçada por ele: O candidato a vice-governador, Luciano Bezerra, e os candidatos a senadores Pastor Jairinho e Lídia Brunes.

De acordo com o partido, ele cometeu infidelidade partidária de acordo com a Lei das Eleições (Lei 9.504/1997) e a Lei dos Partidos Políticos (Lei 9.096/95).

Julio Lossio ressaltou, por meio de nota, que um filiado só poderia ser expulso do partido a partir da instauração de um processo displinar e garantidos “em que sejam garantidos o contraditório, a ampla defesa e o devido processo legal”. Ele classificou a decisão tomada pela Executiva Nacional como “opressiva e antidemocrática” e sem respeito as suas garantias constitucionais.

Os partidos políticos não podem pregar a democracia da “porta pra fora” e funcionar com uma ditadura da “porta pra dentro”. A democracia intrapartidária exige respeito aos direitos fundamentais dos filiados, tal como previsto na nossa Constituição

Leia a íntegra da nota de Julio Lossio

“Apesar de ainda não ter sido notificado da decisão, em relação à publicação feita no site da REDE Sustentabilidade, venho esclarecer:

A legislação exige que um filiado a partido político somente pode ser expulso a partir de processo disciplinar regularmente instaurado, em que sejam garantidos o contraditório, a ampla defesa e o devido processo legal.

Contudo, numa manifestação opressiva e antidemocrática, a REDE decidiu pela minha expulsão sumária, sem nenhum respeito a essas garantias constitucionais.

A campanha seguirá normalmente até a decisão da Justiça Eleitoral, quem efetivamente tem competência para dar a palavra final sobre o tema e efetivamente deliberar sobre eventual pedido de cancelamento de registro de candidatura.

Confio no Poder Judiciário e tenho convicção de que esse ato arbitrário será revisto pelo Egrégio Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco.

Os partidos políticos não podem pregar a democracia da “porta pra fora” e funcionar com uma ditadura da “porta pra dentro”. A democracia intrapartidária exige respeito aos direitos fundamentais dos filiados, tal como previsto na nossa Constituição.

Julio Lossio
Candidato a Governador de Pernambuco”.

unipedra

13 anos depois a cara do Brasil aparece: Alunos humilham professor em sala de aula; veja vídeo

0
As agressões aconteceram em uma turma do 9º ano

Foto: Reprodução / Estadão Conteúdo

Cena comum hoje em dia, um  professor foi agredido e humilhado por alunos dentro de uma sala de aula do Centro Integrado de Escola Pública (Ciep) Mestre Marçal, em Rio das Ostras, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro. O caso aconteceu na terça-feira (18), durante a realização de uma prova. As agressões foram filmadas por um dos alunos da turma, e o vídeo circula pelas redes sociais.

O vídeo tem cerca de três minutos. Nele, é possível ver um dos estudantes arremessando uma pochete em direção ao professor. Em determinado momento, um aluno rasga uma das provas. O professor de Língua Portuguesa Thiago dos Santos Conceição, de 31 anos, também é empurrado e xingado.

As agressões aconteceram em uma turma do 9º ano. À Inter TV, o secretário de Educação de Rio das Ostras, Maurício Henriques Santana, afirmou que os pais dos alunos estão sendo chamados. Disse ainda que o professor, que se diz muito abalado, será transferido para outra turma dentro do próprio Ciep. Ele também está recebendo apoio jurídico e psicológico.

À TV Globo, Thiago Conceição, que leciona há dez anos, disse que as agressões eram constantes.

“Eu desejo continuar com a minha profissão, mas temo pela minha vida”, declarou. “Hoje eu me sinto frustrado. Triste por não ter conseguido mudar aquela situação. Por não ter deixado aquele legado para os estudantes. É humilhante estar no seu trabalho e ter que renunciar a isso.”

Em nota, a Secretaria de Educação de Rio das Ostras informou que “segundo a direção da escola, a turma é formada por alunos que vieram transferidos de outra unidade de ensino, e muitos deles são indisciplinados”. “No entanto, ainda não tinham sido registrados episódios como os ocorridos nesta semana.”

A pasta declarou ainda que todos os envolvidos foram suspensos e que outras medidas socioeducativas estão sendo analisadas. Veja vídeo:

lafer

CAGED: Emprego formal cresce em agosto e gera 110.431 novas vagas no Brasil

0

Sete dos oito setores de atividade econômica tiveram desempenho positivo

O emprego apresentou novamente crescimento no Brasil. O mês de agosto fechou com +110.431 novas vagas no mercado formal, um acréscimo de +0,29% em relação ao mês anterior. Esse desempenho foi resultado de 1.353.422 admissões e de 1.242.991 desligamentos. Com isso, o estoque de empregos no país também aumentou e chegou a 38.436.882 vínculos.

A informação está no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério do Trabalho nesta sexta-feira (21), que mostra também a movimentação do emprego formal este ano. O saldo de janeiro a agosto teve um acréscimo de +568.551 vagas, um crescimento de +1,50%. Nos últimos 12 meses, o aumento foi de +356.852 postos, uma variação de +0,94%.

Desempenho setorial

Houve crescimento em sete dos oito setores econômicos, sendo que o principal destaque foi na área dos Serviços, responsável por +66.256 novos postos, mais da metade das vagas abertas em agosto no país. O resultado foi registrado graças aos desempenhos dos subsetores de Ensino; Comércio e Administração de Imóveis, Valores Mobiliários e Serviço Técnico; Serviços de Alojamento, Alimentação, Reparação, Manutenção e Redação; e Serviços Médicos, Odontológicos e Veterinários.

O segundo melhor desempenho do mês foi o do Comércio, que fechou agosto com saldo de +17.859 vagas, abertas principalmente no subsetor do Comércio Varejista. O terceiro melhor saldo de agosto foi na Indústria de Transformação, que teve criação de +15.764 postos, puxados pela Indústria de Produtos Alimentícios, Bebidas e Álcool Etílico; Indústria Química de Produtos Farmacêuticos, Veterinários, Perfumaria; e Indústria Mecânica.

Também tiveram saldos positivos a Construção Civil (+11.800), Serviços Industriais de Utilidade Pública (SIUP) (+1.240), Extrativa Mineral (+467) e Administração Pública (+394). Apenas a Agropecuária registrou desempenho negativo com o fechamento de -3.349 vagas.

Desempenho regional

Todas as cinco regiões do país registraram crescimento no emprego formal em agosto. Proporcionalmente, os melhores desempenhos foram registrados no Nordeste, onde foram abertas +36.460 vagas, um acréscimo de +0,59% em relação ao estoque de julho, e no Norte, que abriu +9.308 postos, percentual +0,54% superior ao estoque do mês anterior. No Centro-Oeste foram gerados +13.117 empregos formais, um crescimento de +0,41%, e no Sudeste, +41.303 vagas, um aumento de +0,21%. No Sul o saldo do mês ficou +10.243 postos, um aumento de +0,14% em relação ao estoque de  julho.

Houve abertura de vagas em 22 das 27 unidades federativas. Em apenas cinco ocorreram fechamento de postos. Os três maiores crescimentos relativos foram no Nordeste do país. A Paraíba ficou em primeiro, chegando ao final de agosto com +7.244 empregos a mais, um crescimento de +1,85% em relação ao estoque de julho. Em segundo lugar ficou o Rio Grande do Norte, onde foram criados +4.486 postos, representando um acréscimo de +1,07%, e, em terceiro, Alagoas, com +3.890 novas vagas e aumento de +1,19%.

Os piores desempenhos foram registrados nos estados do Acre, que fechou -172 vagas e teve variação de -0,22% em relação ao estoque de julho; Sergipe, com -593 postos a menos e redução de -0,21%; e Rio Grande do Sul, que encerrou -4.028 empregos formais, uma variação de -0,16%.

Salário

O salário médio de admissão em agosto foi de R$ 1.541,53 e o salário médio de desligamento foi de R$ 1.700,80. Em termos reais (já considerada a deflação medida pelo INPC), houve ganho de R$ 5,26 (+0,34%) no salário de admissão e de R$ 9,90 (+0,59%) no salário de desligamento em comparação ao mês anterior.

Modernização Trabalhista

A distribuição do emprego entre as modalidades criadas a partir da Modernização Trabalhista (Lei nº 13.467/2017) ficou assim:

  • Desligamento mediante acordo entre empregador e empregado

Em agosto de 2018, houve 15.010 desligamentos mediante acordo entre empregador e empregado, envolvendo 11.293 estabelecimentos, em um universo de 10.383 empresas. Um total de 45 empregados realizou mais de um desligamento nesta modalidade. São Paulo foi o estado que registrou a maior quantidade de desligamentos (4.339), seguido por Paraná (1.575), Rio Grande do Sul (1.436), Santa Catarina (1.315), Minas Gerais (1.210) e Rio de Janeiro (1.202).

O setor que mais realizou desligamentos por acordo no último mês foi o de Serviços (7.336 desligamentos), seguido do Comércio (3.699), Indústria de transformação (2.454), Construção Civil (810), Agropecuária (520), SIUP (95), Extrativa Mineral (59) e Administração Pública (37).

As dez principais ocupações envolvidas foram as de vendedor de comércio varejista (812 desligamentos); auxiliar de escritório em geral (542); assistente administrativo (494); vigilante (476); faxineiro (474); motorista de caminhão de rotas regionais e internacionais (457); operador de caixa (424); alimentador de linha de produção (394); porteiro de edifícios (255) e recepcionista em geral (246).

Trabalho Intermitente

Na modalidade de trabalho intermitente, foram registradas 5.987 admissões e 1.991 desligamentos, gerando saldo de +3.996 empregos, envolvendo 2.270 estabelecimentos, em um universo de 1.741 empresas. Um total de 93 empregados teve mais de um contrato na condição de trabalhador intermitente. Os estados com maior número de contratos nesta modalidade em agosto foram São Paulo (1.005 postos), Rio de Janeiro (848), Minas Gerais (463), Rio Grande do Sul (253), Paraná (209) e Rio Grande do Norte (154).

O saldo de emprego dos contratos intermitentes distribuiu-se por Serviços (2.423 postos), Comércio (655), Construção Civil (476), Indústria de transformação (425), SIUP (20 postos), Extrativa Mineral (2 postos), Administração Pública (-2) e Agropecuária (-3).

As dez principais ocupações envolvidas foram assistente de vendas (228 postos); cuidador em saúde (185); servente de obras (181); mantenedor de sistemas eletroeletrônicos de segurança (176); vendedor de comercio varejista (136); faxineiro (121); alimentador de linha de produção (106); pedreiro (102); trabalhador da manutenção de edificações (98) e garçom (92).

PIB: Governo mantém estimativa de crescimento econômico em 1,6% para 2018

0

Já para o mercado financeiro, o crescimento da economia este ano será de 1,36% / Foto: Agência Brasil

No início de 2018, a expectativa era de que houvesse um crescimento na economia de quase 3%
Foto: Agência Brasil
ABr

O governo federal manteve expectativa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – em 1,6%, em 2018. A projeção está no Relatório de Despesas e Receitas do quarto bimestre (julho e agosto), apresentado nesta sexta-feira (21).

No início do ano, a expectativa de crescimento da economia era de quase 3%, mas veio caindo ao longo dos últimos meses. O valor do PIB nominal estimado pelo governo é R$ 6,879 trilhões.

Para o mercado financeiro, o crescimento da economia este ano será de 1,36%, menor do que o estimado pelo governo.

Inflação

Houve uma leve redução na projeção da inflação para o ano, medida pelo Índice Nacional de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA). Em junho, a inflação estimada pelo governo era de 4,2%. Agora a expectativa é de que a alta nos preços seja de 4,1% em 2018.

Para este ano, o centro da meta de inflação é 4,5%, com limite inferior de 3% e superior de 6%. Para 2019, a previsão é 4,25%, com intervalo de tolerância entre 2,75% e 5,75%. Para 2020, a meta é 4% e, para 2021, é de 3,75%, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para os dois anos (2,5% a 5,5% e 2,25% a 5,25%, respectivamente).

frigotil

Araripina: Alunos da Escola Josias Inojosa pedem ajuda para participar da 12ª jornada de foguetes no RJ

0

“Nós já arrecadamos cerca de R$ 3 mil, mas ainda precisamos de R$ mil. Temos certeza que a população da nossa cidade vai nos ajudar”, disse professora Idênia Pereira

Por Roberto Gonçalves / Foto: Blog do Roberto

Os alunos da Escola de Referência Josias Inojosa de Oliveira – ERJIO, sob a coordenação do professor Edson, se inscreveram na Mostra Brasileira de Foguetes (MOBOFOG), e foram classificados. Dessa forma os estudantes foram convidados a participar da 12ª  jornada de foguetes que acontece no Rio de Janeiro, entre os dias 30 de outubro e 02 de novembro.

Leia também:

Estudantes de Araripina são homenageados na Alepe por resultados em competições

Estudantes de Araripina estão entre os oito melhores do mundo em matemática

Estudantes de Araripina fazem “vaquinha” para ir a competição de ciência na Índia

Estudantes de Araripina estão de volta da Índia onde disputaram competição de Matemática

Estudantes de Araripina representam o Brasil em competição de Ciências na Índia

Na manhã desta sexta-feira (21), a diretora da unidade de ensino, professora Idênia Pereira, juntamente com o professor Edson e o aluno Guilherme, estiveram no programa Araripina Urgente da Arari FM, pedindo ajuda para que essa viagem possa ser concretizada.

“Através de amigos nós já arrecadamos cerca de R$ 3 mil, mas ainda precisamos de R$ mil. Temos certeza que a população da nossa cidade vai nos ajudar, pois esses jovens estarão representando e divulgando o nome de Araripina para todo Brasil nessa Olimpíada ”, disse professora Idênia. Ouça a entrevista na íntegra:

varejao

Adriana Rocha se posiciona em favor de Lossio e Marina. E radicalmente contra Bolsonaro

0

Assessoria

Candidata ao Senado pela Rede Sustentabilidade, a advogada e professora de Direito Adriana Rocha saiu em defesa da manutenção da candidatura de Julio Lossio ao governo de Pernambuco e da eleição de Marina Silva presidente do Brasil. A conselheira federal da OAB também se posicionou radicalmente contra a candidatura de Jair Bolsonaro, rechaçando qualquer eventual aproximação com apoiadores do postulante.

Em nota à Imprensa, Adriana reafirmou seu compromisso com a Democracia. “Minha candidata à Presidência da República é a Marina Silva. Aceitei o desafio de ingressar na política porque não me vejo representada. E isso faz com que eu seja coerente com as pautas que defendo como ex- presidente estadual da Comissão da Mulher Advogada da OAB, e, atualmente, como presidente nacional da Comissão da Promoção da Igualdade”, declarou Adriana.

Sobre o apoio recebido pelo postulante a governador do estado, a conselheira federal da OAB afirmou não ter qualquer relação com o movimento. “Em momento algum fui consultada e não houve nenhum tipo de aproximação minha com os apoiadores do presidenciável em questão. Quero que fique claro que minha candidatura é majoritária e não tenho qualquer relação com essa questão”, assegurou Adriana Rocha.

Com uma história de muita luta, voltada para a defesa do empoderamento da mulher e da Igualdade e diversidade sexual e de gênero, Adriana elencou pontos de total divergência com o candidato à Presidência que aparece hoje como motivo de discórdia entre o seu partido e Julio Lossio. “Sempre lutei pela igualdade, pela democracia, pela diversidade; e cumprindo o que proclama a nossa Constituição. Jamais permitiria qualquer aproximação ideológica com candidaturas que não estivessem absolutamente alinhadas com minhas defesas e minha luta por uma cultura de paz e de tolerância”, argumentou.

AMPLA DEFESA – Para Adriana Rocha, mesmo havendo um desconforto entre lideranças da Rede em Pernambuco, a posição do candidato ao Governo é importante para que os fatos possam ser esclarecidos em um processo que garanta a ampla defesa. “Só me interessa a verdade. Não estou na política para fazer conchavos, muito menos para abrir mão das minhas convicções”, concluiu.

ararifm

Marília Arraes se defende após ser indiciada por peculato pela Polícia Civil

0

A Polícia Civil indiciou a vereadora Marília Arraes (PT) pelo crime de peculato nessa quinta-feira, 20, por ela supostamente ter contratado quatro “funcionários fantasmas” para seu gabinete na casa legislativa do Recife. O inquérito foi concluído e encaminhado ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE) na semana passada, mas, somente ontem a delegada titular da Delegacia de Crimes contra a Administração, Patrícia Domingos, anunciou o resultado da investigação em entrevista coletiva.

Candidata a deputada federal, Marília divulgou uma nota nesta sexta-feira, 21, defendendo-se da acusação. “Há cerca de três anos, após tomar conhecimento de uma denúncia anônima totalmente absurda, que versava sobre este tema, eu mesma tomei a iniciativa de procurar o Ministério Público de Pernambuco para solicitar que os fatos fossem investigados”, destaca.

“Estranhamente agora, a duas semanas das eleições, na qual eu sou candidata, a delegada responsável pelas investigações anuncia, em entrevista coletiva, sem que houvesse sequer uma comunicação oficial sobre a conclusão do inquérito, o indiciamento”, escreveu, colocando-se à disposição das autoridades para quaisquer esclarecimentos.

A petista conclui dizendo que o inquérito tem propósito de tumultuar o processo eleitoral. “Não temos como deixar de repudiar atitudes que claramente tem o propósito de tumultuar o processo eleitoral democrático em nome de interesses não republicanos”, arrematou.

armazem