O tráfego de veículos foi interrompido na manhã desta quarta-feira, 21, na BR 316, no perímetro da cidade de Marcolândia, próximo à divisa entre os Estados do Piauí e Pernambuco.

Segundo informações extraoficiais, a manifestação está sendo realizada por trabalhadores de fábricas de farinha que estariam funcionando de forma irregular e teriam sido interditadas em uma ação do Ministério do Trabalho, com o apoio da Polícia Rodoviária Federal.

Revoltados, os trabalhadores atearam fogo em dezenas de pneus na rodovia, bloqueando a passagem de veículos. O clima no local é tenso e a Polícia Rodoviária Federal está tentando um acordo com os trabalhadores para liberar a rodovia.

A cidade de Marcolândia é um dos principais polos de beneficiamento da mandioca na região e as fábricas de farinha são uma das principais opções de emprego da população. O fechamento das fábricas resultaria no desemprego de centenas de pessoas.

“Eles querem é matar os pobres, porque aqui em Marcolândia se fechar as fábricas o povo morre de fome, pois muita gente depende dessas casas de farinha para sobreviver.”, disse Neide Arruda.