Início Site

Sertão do Araripe receberá 08 indústrias

Foto: divulgação

O Sertão do Araripe deverá receber 08 industrias de alimentos  através do Programa ARARIPE 4.0 é um projeto em fase de implantação, sob coordenação do A.B.Monteiro (Fundador da propetch Banco Habitacional) onde através do programa será beneficiado os produtores rurais, associações de agricultores dos municípios de Serrita, Parnamirim, Ouricuri, Bodocó, Exu, Ipubi, Araripina, Santa Cruz, Trindade, Santa Filomena, Granito, Morelândia, Cedro e  Terra Nova, onde será realizado reuniões com as Secretarias Municipais de Agricultura dos Municípios e os produtores interessados em participar do Programa Araripe..

Estará sendo feito a governança e investimento por parte da empresa BR7 AGROINDUSTRIAL,  Fundos de Investimentos Agronegócios – FIAGRO e contará com apoio de instituições como SENAI, SEBRAE e FEDERAÇÃO DAS INDUSTRIAS com investimentos previstos na ordem de R$ 500 milhões nos próximos 04 anos proveniente do BR7  FIAGRO ( FUNDO DE INVESTIMENTOS AGRONEGÓCIOS).

A iniciativa pretende fortalecer os projetos da reforma agrária na região do Sertão do Araripe (Pernambuco) com o incentivo à produção em cadeias de valor, gerando desenvolvimento sustentável nos municípios envolvidos, gerando emprego e renda para os pequenos e médios produtores  rurais, beneficiando e gerando no município de Exu 8.000 empregos diretos com a instalação de 08 filiais de indústrias de alimentos, também irá beneficiar 87.000 produtores rurais em todo Sertão do Araripe que serão responsável em fornecer material prima animal e vegetal para as indústrias de alimentos realizarem suas operações.

O programa é pautado em três eixos de sustentabilidade: o Produtivo, a Promoção Social e o Agroambiental.

Anderson chama Danilo Cabral de “cara de pau” por fala sobre redução do IPVA

Foto: divulgação

Há três meses, o candidato do Partido Liberal (PL) ao Governo do Estado, Anderson Ferreira, apresentou, por meio da bancada do partido na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), um projeto de lei para baixar o extorsivo valor do IPVA cobrado pelo governador Paulo Câmara (PSB) e seu candidato, Danilo Cabral (PSB). Ao ver uma manifestação do socialista, nesta segunda-feira (15), em que alega que o estado vai passar a ter o menor imposto, Anderson reagiu ironicamente e enfatizou que essa promessa poderia facilmente se tornar realidade caso Danilo aconselhasse o seu governador Paulo Câmara a aprovar o projeto do PL ou resolver a situação por meio de decreto.

“É muita cara de pau de Danilo Cabral e Paulo Câmara abordarem a redução do IPVA quando, ao mesmo tempo, ignoram que há protocolado na Alepe um projeto de lei de nossa autoria que trata sobre o assunto e não anda para frente por falta de interesse do governador em mobilizar a bancada. Bastaria um simples gesto, ou até mesmo um decreto, para que milhões de pernambucanos proprietários de veículos pudessem ter o sofrimento aliviado”, disse Anderson.

Anderson ainda observou que, na declaração enviada à imprensa, Danilo Cabral ainda vai além e reconhece que a política tributária implantada pela gestão do PSB é injusta e penaliza o empreendedor. Em nota, ele afirma ser preciso “garantir uma política tributária para que quem vier empreender aqui, possa ter a certeza que vai pagar imposto de forma justa”.

“Essa é mais uma prova de que o PSB vive sempre correndo atrás do próprio rabo feito gato, sem saber para onde vai, desorientado. O próprio candidato do governador Paulo Câmara externou o caráter abusivo da política tributária instalada nos últimos oito anos, que transformou o governo estadual em uma máquina de arrecadação de impostos e que penaliza a população, sobretudo os mais vulneráveis”, pontuou Anderson Ferreira.

Jovem morre após carro capotar na BR-407, em Afrânio

Foto: reprodução

Um jovem morreu após sofrer um acidente na noite deste domingo, 14 de agosto, na BR-407, perto de Afrânio-PE, sentido estado do Piauí.

Segundo informações repassadas para a redação do Blog Notícias em Destaque a vítima identificada como Bruno, 21 anos, ficou gravemente ferida depois que o carro em que estava dirigindo, ter capotado na rodovia.

Populares relataram que a vítima foi arremessada do carro, e acabou morrendo no local do acidente.

Equipes de Polícia e o IML (Instituto Médico Legal) de Petrolina-PE foram acionados para realizar todos os procedimentos de praxe.

Miguel Coelho inicia campanha com grande evento popular em Petrolina

Foto: divulgação

O candidato a governador Miguel Coelho escolheu dar a largada na campanha eleitoral a partir de suas origens. Nesta terça (16), o ex-prefeito promete reunir milhares de apoiadores em um grande ato popular em Petrolina. O encontro que marcará a arrancada de Miguel Coelho rumo ao Governo de Pernambuco começa às 18h44, na casa de eventos Zé Matuto.

A escolha por Petrolina tem um peso simbólico. Foi na cidade sertaneja que Miguel se criou e construiu toda sua carreira política até virar prefeito com uma aprovação de 90% da população. “Não poderia começar de outra forma um momento tão especial. O povo de Petrolina conhece minha história e confiou em mim todos esses anos. Foi ao lado dessa gente que transformamos nossa cidade, que virou uma referência para todo o estado. Por isso, partindo do Sertão até chegar ao cais, faremos uma bonita campanha que vai transformar Pernambuco e devolver o orgulho aos pernambucanos”, explicou o candidato a governador pelo União Brasil.

O ato popular em Petrolina terá ainda a presença dos candidatos a senador Carlos Andrade Lima e a vice Alessandra Vieira. Prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e centenas de lideranças políticas do Sertão também são esperadas para a largada da coligação “Pernambuco com força de novo”.

Roberta e Eduardo da Fonte solicitam a isenção do IPVA para veículos com mais de 20 anos de fabricação

Foto: divulgação

Publicada no Diário Oficial, a indicação de n° 11248/2022 de autoria da deputada estadual Roberta Arraes, com o apoiamento do deputado federal, Eduardo da Fonte, que solicita às autoridades competentes, a isenção do pagamento do IPVA para carros e motos com mais de 20 anos de fabricação e licenciados pelo Estado de Pernambuco, desde que estejam dentro das condições e dos requisitos estabelecidos.

Cada estado tem autonomia para definir os valores e regras de cobrança do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores. E de acordo com a indicação da parlamentar, a isenção do IPVA pelo tempo de fabricação do veículo é item adotado pela maioria das unidades federativas. No entanto, o tempo de fabricação que garante esta isenção varia conforme a definição de
cada estado.

Entre os 27 estados, apenas dois não prevê isenção do IPVA por
tempo de fabricação do veículo: Minas Gerais que oferece apenas desconto progressivo conforme a “idade” do veículo e Pernambuco, que prevê a isenção apenas para veículos da espécie coleção e
com mais de 30 anos de uso.

Diante dessas informações, a solicitação de Roberta Arraes e Eduardo da Fonte, visa ampliar o benefício para todos os veículos com mais de 20 anos de fabricação, não somente os de espécie “coleção”.

“Nosso objetivo é que a isenção do IPVA para esses veículos seja uma forma de amenizar o impacto dos impostos no bolso dos pernambucanos, diante da crise econômica que nosso país atravessa!”, afirmou a autora da indicação, a deputada Roberta Arraes.

Petrobras anuncia redução no preço da gasolina a partir dessa terça (16)

Foto: reprodução

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (15) uma nova redução do preço da gasolina. Medida será válida a partir de terça-feira (16).

O preço médio da gasolina para a distribuidoras sairá de R$ 3,71 para R$ 3,53 por litro. Valor representa redução de R$ 0,18 por litro (4,85%).

Arari FM: Assista o Araripina Urgente com Roberto Gonçalves; 15 agosto 2022

Foto: Blog do Roberto

Se você perdeu o Araripina Urgente desta segunda-feira, 15 agosto de 2022, programa que é apresentado pelo radialista Roberto Gonçalves de segunda a sexta-feira, das 7h às 9h, pela Arari FM 90,3 e pelo Sistema Beto Som, nas cidades de Parnamirim, Terra Nova, Granito, Moreilândia, Serrita, distrito de Umãs (Salgueiro), Verdejante, Bodocó, Ouricuri e Orocó, e quer assistir o tirinete de notícias, é só clicar no play abaixo.

Nova pesquisa para Governo de PE mostra Marília na frente e empate técnico entre 4 candidatos

Foto: reprodução

A candidata Marília Arraes, do Solidariedade segue liderando, com 31% das intenções de voto, a corrida para o Governo de Pernambuco, de acordo com a 2ª Pesquisa Eleições 2022 Folha de Pernambuco/Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (IPESPE). Em segundo lugar, há um empate técnico entre todos os outros candidatos mais bem pontuados: Raquel Lyra (PSDB) tem 13%; Anderson Ferreira (PL) foi o escolhido por 12% ; Danilo Cabral (PSB) ficou com 11% e Miguel Coelho, do União Brasil, com 10%. Brancos e nulos somaram 12% e não sabe/não responderam, 10%.

Esses números refletem a pesquisa estimulada, onde os eleitores recebem um cartão com todos os nomes que estão na disputa. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais para cima ou para baixo.

A pesquisa foi realizada entre os dias 10 e 12 de agosto e ouviu mil pernambucanos de todo o Estado. Ela está registrada no TRE/PE com o protocolo PE-00637/2022 e, no TSE, com o número BR-04466/2022.

Comparação

A primeira pesquisa teve sua coleta de dados realizada entre os dias 28 e 30 de junho deste ano. Comparando os dois levantamentos, a candidata Marília Arraes subiu dois pontos percentuais – de 29% para 31% na segunda pesquisa.

Já Raquel Lyra e Anderson Ferreira permaneceram com o mesmo percentual da primeira pesquisa. O candidato governista Danilo Cabral subiu um ponto percentual, de 10% para 11%. O mesmo aconteceu com Miguel Coelho, que passou de 9% para 10%. O empate técnico no segundo lugar leva em conta a margem de erro indicada pela pesquisa.

Ainda de acordo com o levantamento, Wellington Carneiro (PTB) tem 1% das intenções de voto. Os demais candidatos Esteves Jacinto (PRTB), Jadilson Bombeiro (PMB), Cláudia Ribeiro (PSTU), Jones Manoel (PCB), João Arnaldo (PSOL) e Ubiracy Olímpio (PCO) não pontuaram.

Rejeição

Entre os eleitores, 12% disseram que não pretendem votar em nenhum desses nomes. O mesmo resultado da primeira rodada da pesquisa. Já aqueles que disseram que ainda não sabem em quem vão votar ou não quiseram responder, passou de 15% para 10%.

Os entrevistados também foram perguntados em que candidato,  não votariam de jeito nenhum. Neste caso, a maior rejeição ficou com Anderson, apontado por 25% dos pesquisados. Em seguida, vem Danilo, com 22%. Marília  é a terceira mais rejeitada, tendo sido apontada por 20% dos entrevistados. Miguel e Raquel têm 16% e 15% de rejeição, respectivamente.

Entre aqueles que pretendem votar em um dos candidatos já mencionados, 73% dos entrevistados afirmaram que suas escolhas já estão definidas. Outros 26% disseram que ainda podem mudar o voto até o dia da eleição.

Resultados em grupos específicos

A 2ª Pesquisa Eleições 2022 Folha/IPESPE ainda mostrou que a candidata Marília Arraes (SD) é a preferida entre os homens, 32%, e também entre as mulheres, 29%. Já o segundo lugar, para o eleitorado masculino, ficou com Anderson Ferreira (PL), com 15%. Entre o público feminino, o segundo lugar ficou com Raquel Lyra (PSDB) com 13%.

Faixa etária

Por faixa etária, Marília Arraes também vence em todas elas. Entre os mais novos, de 16 a 24 anos, ela é preferida por 27%. Raquel  Lyra vem em seguida, com 18%. Anderson  é o escolhido por 12% ; Miguel Coelho tem 10% e Danilo Cabral, 9%.

Já na faixa etária mais velha, 60 anos ou mais, Marília Arraes é a escolhida por 32% dos entrevistados. Raquel Lyra fica em segundo, com 16%; Anderson Ferreira tem 13%; Miguel Coelho, 9% e Danilo Cabral, 8%.

Região

Quando levado em conta o domicílio do eleitor, 34% dos que moram na Capital votam em Marília Arraes. Anderson Ferreira tem 19%. Danilo Cabral ficou com 11%.

Já entre os entrevistados que moram na periferia, Marília tem 28%; Anderson, 19% e Raquel, 11%. No interior, a candidata do Solidariedade alcança 31%. Os dois ex-prefeitos de Caruaru e Petrolina empatam em segundo lugar, com 15% cada um. (Fonte: Folha/PE)

Serrita: Homem é preso por estupro de vulnerável

Foto: divulgação PM

Na tarde desta sexta-feira (12), a Polícia Civil de Pernambuco, através da Delegacia da 195ª Circuncisão de Serrita no Sertão Central de Pernambuco, após investigação, com auxílio da Equipe Malhas da Lei da 23ª DESEC, deu cumprimento a um Mandado de Prisão Preventiva expedido pelo Juiz de Direito daquela Comarca em desfavor de um homem investigado por crime de estupro de vulnerável.

De acordo com a polícia, o crime investigado foi praticado no corrente ano contra uma adolescente de apenas 13 (treze) anos de idade, a qual, em consequência do ato, encontra-se com aproximadamente 13 (treze) semanas de gravidez. O investigado se encontra preso e recolhido ao Presídio de Salgueiro à disposição da Justiça. (Blog do Francisco Brito)

Socorro Pimentel recebe o apoio de Dr. Aluizio Coelho e do vereador Luciano Belo, em Araripina

A passagem da candidata a Governadora, Marília Arraes (SD) em Araripina na noite de sábado, 13, foi marcada pela chegada de novos apoios para a candidatura de Socorro Pimentel a deputada estadual. No ato realizado na residência do ex-prefeito e ex-deputado estadual, Emanuel Bringel, dois grandes apoios foram anunciados para a caminhada de Dra Socorro rumo à Assembleia Legislativa de Pernambuco.

Passam a integrar o conjunto político de Raimundo e Socorro Pimentel, o médico Aluizio Coelho e o vereador Luciano Belo. Dr Aluizio é uma liderança araripinense que une-se ao grupo em prol da candidatura de Dra Socorro. Quem também chega para somar é o vereador Luciano Belo que tem tido uma excelente atuação na Câmara de Vereadores de Araripina.

O ex-prefeito e ex-deputado estadual Emanuel Bringel, declarou seu apoio à candidatura de Marília Arraes para Governadora de Pernambuco, somando assim, mais apoios na região do Sertão do Araripe onde Marilia vem crescendo após a chegada do prefeito Raimundo Pimentel ao projeto de renovação no Governo de Pernambuco.

O ‘fantasma’ que assombra a corrida eleitoral ao governo de Pernambuco

Foto: reprodução

Por Mateus Henrique / Conexão Política

Um fantasma político ronda Pernambuco. A terra dos altos coqueiros presencia algo que nunca se viu na história política do Estado. Cinco candidatos ao governo apresentam chances reais de vitória. São eles: Anderson Ferreira (PL); Miguel Coelho (União); Raquel Lyra (PSDB); Danilo Cabral (PSB) e Marília Arraes (SD).

Dentre os nomes mencionados acima, os três primeiros são ex-prefeitos de municípios. Todos eles foram reeleitos com altos índices de aprovação em suas respectivas cidades.

Os outros dois são figuras carimbadas na Câmara Federal. De acordo com o site Ranking dos Políticos —que avalia o desempenho dos parlamentares em Brasília— ambos ocupam uma das piores posições no quadro geral. Marília Arraes aparece em 531° (saldo geral) e Danilo Cabral em 474° (saldo geral). Ao todo, a lista engloba 574 políticos.

O histórico de Pernambuco

Ao analisar o histórico político que envolve o Governo de Pernambuco, em um micro recorte desde 1986, é possível enxergar uma nítida polarização entre dois candidatos. A disputa cravada somente entre duas figuras só passa a mudar em 2006, quando uma terceira candidatura apareceu com expressividade de votos. O então candidato Eduardo Campos (PSB) entrou na corrida eleitoral e embaralhou o rumo político. Com isso, o pleito foi levado ao 2º turno. Posteriormente, em 2010, sob o comando de Campos, a mesmice voltou a rondar Pernambuco com uma provincia sem muitas e boas alternativas.

A polarização na disputa ao governo

  1. Após ter buscado exílio durante o Regime Militar, o socialista Miguel Arraes (PMDB) decidiu disputar a eleição daquele ano e venceu José Múcio (PFL).
  2. Passado as tensões do período militar no Brasil, Joaquim Francisco (PFL) venceu Jarbas Vasconcelos (PMDB). Na época, Miguel Arraes e Dr. Roberto Magalhães decidiram sair da corrida majoritária e foram disputar vagas na Câmara dos Deputados. Ambos encerraram o pleito como os parlamentares mais votados.
  3. Miguel Arraes volta a disputar o governo do Estado. Desta vez, pelo então (PSB). Ele venceu o rival Gustavo Krause (PFL).

1998 e 2002. Com cerca de 64,13% dos votos, Jarbas Vasconcelos (PMDB) colocou fim na reeleição de Miguel Arraes. Após o primeiro mandato, derrotou Humberto Costa (PT) e garantiu a reeleição.

  1. Eduardo Campos (PSB), que é neto de Miguel Arraes, apareceu na disputa de uma forma inusitada, como mencionado anteriormente. Ele obteve mais votos que Humberto Costa (PT), que estava sendo apoiado pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Por fim, consolidou espaço no segundo turno.

O duelo final foi marcado contra o governador Mendonça Filho (DEM), que ocupava o lugar de Jarbas. Sem êxito, foi derrotado. Eduardo Campos o venceu com 65,36%.

  1. Jarbas Vasconcelos (PMB) voltou a disputar. Eduardo Campos (PSB), no entanto, dominou toda a estrutura do Estado e venceu com 82,84% — ganhando em todos os municípios de Pernambuco.
  2. O então governador Eduardo Campos explorou todo aparato político que montou no Estado e lançou Paulo Câmara (PSB). Como já era previsto, os socialistas venceram Armando Monteiro (PDT). Com isso, o estado de Pernambuco se manteve sem muitas e boas alternativas, com personalidades sempre inclinadas ao campo progressista.
  3. Mesmo com alto índice de rejeição e sem mais o apoio do falecido Eduardo Campos, Paulo câmara conseguiu ser reeleito, cravando vitória novamente contra Armando Monteiro.

2022 chegou. Com ele, Pernambuco experimenta o cenário mais incerto de todos os tempos. Dos cinco nomes mencionados no início desta coluna, os quatro inseridos na imagem são os que de fato possuem chances reais de destronar os 16 anos de PSB (Campos [2006-2014] e Câmara [2015-2022].

Anderson Ferreira (PL); Marília Arraes (SD); Miguel Coelho (União) e Raquel Lyra (PSDB) ocupam posições confortáveis em relação ao nome de Danilo Cabral, escolhido a dedo pelo PSB para dar continuidade a mais 4 anos da mandato em Pernambuco. Sob apoio do atual governador, além de contar com o aval massivo de Lula, Cabral enfrenta dificuldades políticas e não tem pontuado bem entre os principais institutos de pesquisa.

E agora, José?! Ao que tudo indica, este ano será marcado por uma disputa acirrada, cuja decisão final será tomada no segundo turno. Após décadas de polarização, sob reinado do PSB que tomou para si os últimos 16 anos, Pernambuco pode surpreender e acabar elegendo uma ‘zebra’, um fantasma que ronda. Nomes tidos como inesperados podem emergir até o final do primeiro turno e varrer a hegemonia instaurada pelo socialismo.

Como diria o hino oficial pernambucano, “salve, ó terra dos altos coqueiros. De belezas soberbo estendal. Nova Roma de bravos guerreiros. Pernambuco imortal, imortal!”.

Paulo Roberto Costa, primeiro delator da Lava Jato, morre aos 68 anos

Foto: reprodução

Morreu neste sábado, 13, o ex-diretor da Petrobras e primeiro delator da Operação Lava Jato Paulo Roberto Costa, aos 68 anos. Ele estava no Rio de Janeiro e, segundo familiares, morreu em decorrência de um câncer que ele vinha enfrentando no pâncreas. Por enquanto, a família não divulgou detalhes sobre o sepultamento e o velório, mas espera-se que eles sejam restrito a familiares e amigos. O escândalo envolvendo Costa começou a surgir nos governos de Lula e Dilma.

Ele foi o pivô dos desdobramentos da Operação Lava Jato, com seu nome constando em mais de 70 processos. Ele chegou a ser preso em 2014, mas depois foi levado ao regime semiaberto no ano seguinte, ficando preso até 2017. Diversas irregularidades foram comprovadas, ligando seu nome à Petrobras. Durante o período em que esteve preso, foi possível constatar que familiares, em seus depoimentos, trouxeram contradições. Mais de R$ 23 milhões foram encontrados em contas no exterior e na Suíça. Ele foi solto em 2017, depois de fechar um acordo em que teve que pagar um valor expressivo.

Raimundo Pimentel responde acusações de Miguel Coelho

Foto: divulgação

Em resposta às agressões infundadas do candidato Miguel Coelho a mim dirigidas, em função da nossa decisão de apoiar Marília Arraes, devo esclarecer:

O compromisso de nosso grupo político de Araripina com o senador Fernando Bezerra foi o de apoiar uma candidatura a deputado federal indicada por ele para as eleições de 2022. Esse acordo foi firmado em dezembro 2019, quando Miguel Coelho não havia sequer disputado a reeleição para prefeito de Petrolina e, consequentemente, ainda não postulava a candidatura ao Governo do Estado. Esse acordo está sendo plenamente honrado, visto que eles indicaram o deputado Luciano Bivar, presidente nacional do nosso partido, como este candidato e ele terá nosso integral apoio.

Durante a pré-campanha, recebi Miguel em Araripina, destaquei suas qualidades como jovem político e gestor e desejei que ele fosse capaz de avançar e crescer como possibilidade de enfrentamento a esse governo que infelicita Pernambuco e despreza o sertão. Mas isso não ocorreu. Ele não foi capaz de unir forças políticas relevantes e se configura como um candidato de penetração regional, em Petrolina, com baixa penetração no Agreste e, menor ainda, na Região Metropolitana do Recife e na Zona da Mata. O povo do Sertão, ainda tão carente de atendimento a necessidades básicas, não pode ficar à mercê de uma vontade apenas familiar.

Ao afirmar que “foram destinados pelo seu grupo, mais de 30 milhões de reais” para investimentos na cidade, o candidato comete o deslize, bem próprio do patrimonialismo em que acredita, de que os recursos públicos deveriam ser utilizados apenas para lastrear, de forma pouco republicana, a sua candidatura.

Aconselharia ao jovem político que, antes de acusar de “traidor” a quem, como eu, tem uma vida pública honrada, procure ele observar que, em outras passagens da história recente de Pernambuco e do Brasil, seu grupo político tomou decisões bem mais surpreendentes e menos fundamentadas do que esta, que tomo agora com a certeza de estar cumprindo os acordos anteriormente firmados.

Por fim, devo afirmar com a consciência tranquila, que sempre defendi a unidade das oposições em torno de um nome que, de fato, esteja mais preparado para atuar como um ponto de convergência entre o povo e as lideranças que querem o melhor para Pernambuco. Por isso, escolhi MARÍLIA ARRAES.

Raimundo Pimentel – Prefeito de Araripina

Araripe representado: Guilherme Coelho anuncia a vereadora Delvania Sobral como suplente ao senado

Foto: divulgação

No fim da manhã deste sábado (13), o candidato a senador, Guilherme Coelho, apresentou a vereadora de Ouricuri-PE, Delvania Sobral, como sua segunda suplente na corrida ao Senado Federal. O anúncio foi feito, junto com a candidata ao governo, Raquel Lyra, durante o Congresso Estadual União de Vereadores de Pernambuco (UVP) realizado na cidade de Serra Talhada-PE.

 
Delvania Sobral  está no seu segundo mandato e tem uma trajetória de luta pela saúde em Ouricuri. “Estou feliz e honrada com o convite de Guilherme Coelho para integrar a chapa por Raquel Lyra. Vamos trabalhar juntos pelo futuro de Pernambuco”, afirmou.

“Queremos que o povo de Pernambuco se identifique com a nossa chapa. Por isso, estamos buscando candidatos que representem todas as regiões e segmentos para fazer parte dela. O Sertão do Araripe é rico e cheio de potencialidades. Delvania, como mulher e vereadora, conhece bem as necessidades, pois está próxima das pessoas , acompanhado as suas dificuldades diárias. Ela será essencial para levar essas demandas para mim no Senado e para Raquel que estará governando o nosso estado”, declarou Guilherme Coelho.

Ministro da Agricultura, Marcos Montes, fala sobre crédito rural, exportação de milho para a China e abertura de novos mercados

Foto: reprodução

O programa Hora H do Agro da Rádio e TV Jovem Pan, deste sábado, 13, conversou com exclusividade com o ministro da Agricultura, Marcos Montes, que abordou temas como o Plano Safra 22/23, proibição do ingrediente ativo carbendazim, abertura de novos mercados e exportação de milho brasileiro para a China.

Um dos assuntos de maior destaque foi o crédito rural, já que produtores de diversas regiões do país relataram dificuldade de acesso às linhas de financiamento e esgotamento de recursos. No encontro, a jornalista Kellen Severo também atualizou temas como a relação entre China e Estados Unidos e abertura do mercado chinês para o milho e farelo de soja do Brasil.

O programa também tratou da reavaliação toxicológica que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) está fazendo em outros fungicidas após a proibição do ingrediente ativo carbendazim. Confira abaixo!

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) está fazendo em outros fungicidas após a proibição do ingrediente ativo carbendazim. Confira abaixo!

Na Arari FM, Debate Geral fala sobre “1º Sertão Race Araripina de Mountain Bike”

Foto: Blog do Roberto

Participaram do programa o idealizador e organizador do evento , Marco Melo, e o motivador do Mountain bike em Parnamirim, Alan Sampaio

O jornalismo da Rádio Arari FM 90,3 trouxe na manhã deste sábado (13), o 212º programa Debate Geral. Tendo como âncora o radialista / jornalista Roberto Gonçalves, o tema abordado foi o “ 1º Sertão Race Araripina de Mountain”.

  • A organização
  • A competição
  • A premiação
  • A paixão pela bike

Assista na íntegra:

O Debate Geral vai ao ar todos os sábados pela Rádio Arari FM 90,3, sempre das 10:00 h às 11:00 h, logo após o programa Nosso Encontro, que é apresentado pelo comunicador Eridan Bem. Vale a pena conferir.

Socorro Pimentel recebe apoio de Pastor Jairinho, candidato a federal

Foto: divulgação

A candidata a deputada estadual Socorro Pimentel tem mostrado força e recebido muitos apoios para voltar à Assembleia Legislativa. Desta vez, Socorro firmou parceria com o Pastor Jairinho, que vai disputar uma vaga na Câmara Federal.

Pastor Jairinho é cantor e compositor gospel, palestrante, é formado em Teologia no Seminário Batista Internacional de Landmark Baptist, na Flórida (EUA), mora no Recife, foi candidato ao Senado em 2018 e teve mais de 190 mil votos.

“O nosso grupo trabalha com verdade e compromisso, por isso não para de crescer. Jairinho é um quadro político de destaque no estado e agora irá caminhar ao nosso lado rumo à transformação que Pernambuco tanto precisa. Ele agora chega para se somar a nós nessa jornada de esperança e renovação. Vamos em frente, pessoal. A luta continua”, declarou Socorro em publicação nas redes sociais.

Araripina: Bandidos arrobam 3 lojas e furtam pelo menos R$ 15 mil em peças e bijuterias

Foto: reprodução

Três lojas comerciais foram arrombadas em Araripina, nessa sexta-feira (12). De acordo com informações da 9ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), o fato ocorreu na Rua Boa Ventura P. Alencar e os bandidos ainda tentaram arrombar outros estabelecimentos que ficaram com marcas nas portas.

Ainda segundo a PM, as lojas arrombadas foram a Ouriversaria OSA, de onde foi subtraido aproximadamente R$ 5 mil em diversas peças de bijoterias e aço inox, uma relojoaria, onde o proprietário disse ter sido furtado aproximadamente R$ 10 mil em peças, e a Ouriversaria SF, que não informou o valor das peças subtraidas.

Um Boletim de Ocorrência foi registrado na delegacia local, e o caso já está sendo investigado pela Polícia Civil.

Pernambuco e Bahia continuam na liderança do desemprego

Foto: reprodução

A taxa de desemprego caiu em 21 estados brasileiros no segundo trimestre deste ano. Os maiores índices de desocupação foram encontrados na Bahia (15,5%), em Pernambuco (13,6%) e em Sergipe (12,7%).

Em contrapartida, as menores taxas apuradas concentram-se em Santa Catarina (3,9%), Mato Grosso (4,4%) e Mato Grosso do Sul (5,2%).

A média de desocupação nacional é de 9,3%, o que representa recuo de 1,8 ponto percentual em comparação com os três primeiros meses do ano.

TSE e Bolsonaro estão se entendendo?

Foto: reprodução

Por Alexandre Garcia

O ministro da Defesa pediu ao presidente do TSE mais prazo para continuar a inspeção do chamado código-fonte. A inspeção começou no dia 13 de agosto e o ministro está pedindo não só mais prazo, como também mais acesso a uma determinada sala e mais gente para poder fazer o trabalho – seriam mais nove militares, três de cada força. Pelo jeito, os nove que entraram não foram suficientes. Aliás, Edson Fachin bloqueou um deles, um coronel que ele alega estar tuitando opiniões políticas. Eu também vejo ministro do Supremo tuitar opinião política e nem por isso eles deixam de ser ministros. Só não pode dar opinião sobre assuntos que eles vierem a julgar, isso é perigoso tanto para juiz quanto para militar da ativa. Vamos ver qual será a resposta do ministro Fachin, que vai deixar de ser presidente do TSE no dia 16; em seu lugar vai assumir Alexandre de Moraes, e o vice será Ricardo Lewandowski.

Os dois, aliás, foram ao Palácio do Planalto no fim da quarta-feira, entregar o convite da posse para o presidente Bolsonaro, e ele disse que vai. Os dois, inclusive, foram entregar o convite porque ouviram dizer que o presidente gostaria de ir à posse, e imagino que o ministro da Defesa também vai. Na última posse no TSE, a de Fachin, Bolsonaro não foi, disse que tinha outros compromissos, mas agora ele faz questão de ir. Um detalhe, o presidente estava esperando Alexandre de Moraes com a camisa do Corinthians. Eu fico imaginando que, no próximo encontro, Moraes possa dar uma camisa do Palmeiras para o presidente. Essa cortesia é algo muito bom, porque temos uma eleição pela frente e quem vai presidir o processo será Alexandre de Moraes.

E sabem quem vai ser o secretário-geral do TSE, o “número dois” de Alexandre de Moraes? José Levi, que foi advogado-geral da União no governo Bolsonaro, substituindo André Mendonça quando ele foi para o Ministério da Justiça. Depois Mendonça voltou para a AGU, e acabou no Supremo. Hoje temos um outro advogado-geral, que estava no Planalto para esse encontro. José Levi é gaúcho de São Gabriel, formado em Porto Alegre na UFRGS, professor da Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, é da carreira do Ministério Público da União. Já foi “número dois” de Alexandre de Moraes no Ministério da Justiça durante o governo Temer. E o próprio Levi já foi ministro da Justiça, interinamente, nas ausências de Moraes. Esse vai ser o “número dois” do TSE.

Por que os banqueiros andam assinando manifestos?

O esquecimento seletivo dos manifestos “pela democracia”
Faço uma menção ao Dia do Advogado, 11 de agosto. Advogado é aquele que, com idealismo, defende a Constituição, as leis, o direito, a justiça e o devido processo legal, para que a Justiça funcione. Até por isso, quando eu vi os manifestos lidos nesse Dia do Advogado, eu estranhei. Os manifestos não mencionavam as agressões à Constituição, ao devido processo legal, à presença do Ministério Público, ao direito de acesso aos autos por parte da defesa, às prisões ilegais, à censura contra a liberdade de expressão… não mencionaram nada disso. Interessante, parece que bateu um esquecimento.

Eu me diverti porque estava lendo esse manifesto num site de notícias muito importante e, quando terminou a leitura, apareceu uma propaganda falando sobre os “primeiros sinais de Alzheimer”. Será que é isso? Estão esquecendo o Brasil real e estão muito centrados nos objetivos eleitorais, nas suas convicções partidárias? Talvez seja isso, mas deixemo-los de lado e saudemos o verdadeiro direito, o que defende a lei maior, o devido processo legal e as liberdades.