Início Notícias Uva não dá em oliveira – nem liberdade em socialismo

Uva não dá em oliveira – nem liberdade em socialismo

206
Foto: Unsplash

Por Rodrigo Constantino*

Lula acha que plantando oliveiras nascem uvas. É ignorância, claro, mas isso é o de menos. Mais grave mesmo é gente que acredita que liberdade nasce no socialismo lulista. Não faltaram tucanos que fizeram o L para “salvar a democracia”. Fidel Castro morre de rir no inferno.

No Cairo, Lula voltou a atacar… Israel, alvo do maior atentado selvagem contra inocentes desde a Segunda Guerra. Os judeus não podem se defender, pela ótica lulista. Se dependesse do nosso presidente, que quer mandar mais dinheiro para a entidade da ONU que serve de fachada para os terroristas, Israel seria varrido do mapa.

Quem ainda não entendeu o óbvio – que liberdade é incompatível com socialismo – não entendeu nada de política.

No Brasil, dois marginais ligados ao Comando Vermelho fogem de um presídio federal de segurança máxima em Mossoró. Lewandowski, que fatiou a Constituição para preservar direitos políticos de Dilma após o impeachment, que é simpatizante do criminoso MST e que virou garoto-propaganda da “audiência de custódia”, uma espécie de Serviço de Atendimento ao Criminoso, culpou o carnaval. A fuga foi sem precedentes; já o carnaval, que deixa as pessoas “mais relaxadas”, rola todo ano.

Vamos lembrar que o PCC mantinha “diálogos cabulosos” com o PT, que Lula veste literalmente o boné do CPX (em favelas dominadas pelo CV, que usa a mesma sigla em seus fuzis), e que Flávio Dino consegue frequentar o Complexo da Maré sem escolta policial. Também vamos lembrar que a “Dama do Tráfico” é recebida por petistas e usa recursos públicos para viajar. Nada para ver aqui, tudo coincidência, circulando…

Zanin, ex-advogado de Lula que virou ministro supremo, suspende decretos de SC que dispensavam comprovante de vacina de Covid para matrícula em escolas. Já Alexandre de Moraes dá cinco dias para Zema explicar decisão de não impor restrição a alunos não vacinados contra Covid. O Brasil é o único país do mundo a obrigar crianças a tomar vacina da Covid. Obrigar crianças a se vacinarem contra Covid é trocar ciência pelo alarmismo, como disse Eduardo Ribeiro, bioquímico e presidente do Novo.

Na Rússia, o principal opositor de Putin morreu na prisão após uma caminhada. É impressionante como críticos de Putin morrem do nada, em “acidentes” estranhos ou envenenados – como Alexei Navalny já tinha sido em 2020, mas sobrevivera. Lula defende Putin e ataca a Ucrânia, país invadido pelo agressor saudosista do império soviético.

Após ficar mais de 100 horas incomunicável, ativista de direitos humanos é localizada na prisão mais linha dura da Venezuela. Maduro alega o de sempre: trata-se de uma terrorista, agente da CIA, protegida pelo imperialismo ianque malvado. Há quem finja acreditar nessa ladainha. Lula deve ser um deles, pois até hoje defende a “democracia relativa” do companheiro Maduro.

Quem ainda não entendeu o óbvio – que liberdade é incompatível com socialismo – não entendeu nada de política. É o tipo que acha que uva dá em oliveiras…

*Rodrigo Constantino – Economista pela PUC com MBA de Finanças pelo IBMEC, trabalhou por vários anos no mercado financeiro. É autor de vários livros, entre eles o best-seller “Esquerda Caviar” e a coletânea “Contra a maré vermelha”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here