Início Notícias Trânsito de Araripina será municipalizado ainda em 2021; ouça entrevista

Trânsito de Araripina será municipalizado ainda em 2021; ouça entrevista

209
Foto: Blog do Roberto Gonçalves

O diretor da AMMTT, Renan Bihum e Walker Barbosa, diretor do Conselho Estadual de Trânsito de Pernambuco (Centran) estiveram falando sobre o assunto nessa quarta (21), na Arari FM 

Por Cidinha Medrado

É inquestionável a necessidade de municipalizar o trânsito de uma cidade, um benefício para toda a comunidade, pautada da Lei Federal 9503/97 de 23 de setembro de 1997 – Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que despertou cada vez mais o interesse da sociedade como um todo. Pessoas de todas as idades, condutores de veículos e cidadãos em geral, precisam atualizar-se no conhecimento da legislação de trânsito e suas regulamentações.

O trânsito da cidade de Araripina cresceu além do esperado, e precisa ser adaptado para evitar desastres naturais e previsíveis. O Walker Barbosa, diretor do Conselho Estadual de Trânsito de Pernambuco (Cetran), esclareceu algumas medidas que estão sendo tomadas para a homologação do município, que deverá ser integrado ao Sistema Nacional de Trânsito nos próximos dias.

“Pernambuco tem 184 municípios, atualmente, apenas 35 estão integrados, Araripina será o 36º, importantíssimo porque vai dar à prefeitura autonomia para organizar melhor o seu trânsito e ser o aplicador das legislações, que só podem fazer depois de ser integrado ao SNT-Sistema Nacional de Trânsito, e ser o fiscalizar dos veículos, serviços que atualmente são feitos pelo Detran e Polícia Militar, com isso, município também vai ter acesso a verbas, fontes de recursos federais disponíveis para os municípios integrados para trabalhar na educação do trânsito e na sinalização, disse Walker.

O conselheiro visitou alguns pontos de maior mobilidade no trânsito e avaliou com muitos elogios, disse que ficou encantado com a limpeza e estrutura urbana, além do próprio trânsito que já é bem organizado.

“Particularmente ao que tange ao trânsito já vimos muita coisa adiantada como sinalizações prontas e encontramos o projeto da municipalização pronto, tecnicamente bem estruturado, as vias públicas, a maioria, asfaltada, isso também é um facilitador, confesso que me surpreendi positivamente com Araripina, não só como cidade, mas também dentro do que pudemos avaliar, tudo muito positivo”, avaliou.

As ações do Conselho serão ajustadas entre representantes do Conselho Estadual de Trânsito, gestor municipal e da Agência Municipal de Trânsito e Transportes em uma reunião específica.

O diretor da Autarquia Municipal de Mobilidade Urbana de Transito e Transporte de Araripina – AMMTT, Renan Bihum, comentou  que é um momento especial para os araripinenses, falou dos projetos que vem sendo construídos no intuito de fazer essa modificação para melhorar a mobilidade e avançar acompanhando o desenvolvimento comercial e social da cidade.

“Um compromisso que foi feito desde o princípio, de buscar recursos e melhorias para a sinalização, melhorar a nossa vida, melhorar a pavimentação asfáltica e ao mesmo tempo buscar recursos para que a gente tivesse condições de fazer implantação de sinalização vertical e horizontal, esse é um trabalho que vem sendo desenvolvido nos últimos 4 anos”, disse Renan

O Conselho Estadual vai encaminhar a documentação para Brasília, para que o município seja inserido no Sistema Nacional de Trânsito (SNT), através de um relatório elaborado pelo Cetran, junto a um certificado de conformidade, depois da homologação  o próximo passo será a publicação no diário oficial da União.

“Acredito que em 30 dias deverá está sendo publicado no diário oficial da União, para, a partir daí Araripina ter seu trânsito integrado”, disse Walker.

Atualmente as fiscalizações de trânsito são feitas através de um convênio da prefeitura com a Polícia Militar, um serviço que deve continuar, mas que será ampliado para promover um trabalho mais amplo em relação ao trânsito, com mais blitzes educativas e prientações profissionais, além dissol, a prefeitura cogita a possibilidade de fazer um novo concurso público, foi um aviso feito pelo próprio prefeito Raimundo Pimentel, e terá vagas para guardas municipais, que poderão atuar como agente de trânsito, de acordo com Renan Bihum.

“A transformação começa pela educação e o grande desafio é conscientizar e com isso, melhorar a atitude do cidadão, do motorista, do ciclista, do motociclista, do pedestre, de todos em relação ao trânsito, esse é o primeiro grande desafio. Eu tenho dito isso ao Renan que a efetiva integração do município não se dará no estalar de dedo é um processo lento e gradual, que eles vão ter que fazer um planejamento para que daqui a um ano possam estar efetivamente em um novo patamar’, comentou Walker. Ouça a entrevista na íntegra:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here