Início Notícias Traição do PP mina candidatura em Pernambuco

Traição do PP mina candidatura em Pernambuco

65
Eduardo da Fonte, Clarissa Tércio, André de Paula e Raquel Lyra / Foto: reprodução

Por Claudio Humberto / Diário do Poder

O PSD pernambucano, aliado de primeira de Raquel Lyra (PSDB) e presidido pelo ministro André de Paula (Pesca), é peça-chave na confusão que Eduardo da Fonte, presidente do PP-PE, armou para que a governadora apoie Clarissa Tércio (PP) na tentativa de se eleger prefeita de Jaboatão dos Guararapes, segundo maior município pernambucano. O PP quer apoio de Raquel para apoiar Daniel Coelho (PSD) no Recife, ou ameaça lançar a neo-deputada federal Michelle Collins para o pleito.

Em Jaboatão, o prefeito Mano Medeiros (PL), colado em Raquel, tem apoio do PSD, que não dá brecha para o PP por lá ou em Recife.

De Paula não quer ver Da Fonte nem pintado de ouro. Não esquece eleição passada com combinado não cumprido de apoiar Marília Arraes.

De Paula largou o PSB e apoiou Marília em 2022, o que custou os cargos ocupados pelo PSD no estado, herdados por Dudu da Fonte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here