Início Notícias Servidores do TJPE são alvo de operação da Polícia Civil por suspeita...

Servidores do TJPE são alvo de operação da Polícia Civil por suspeita de lavagem de dinheiro e peculato

117
Foto: ilustração

A Polícia Civil de Pernambuco cumpre, na manhã desta quinta-feira (25), seis mandados de prisão contra suspeitos de praticar crimes de peculato, falsidade ideológica, comunicação falsa de crime e lavagem de dinheiro, dentro da Operação Themis. Três dos investigados são servidores do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE).

Além das prisões, a Polícia Civil também cumpre nove mandados de busca e apreensão domiciliar no Recife, Gravatá e Sairé, no Agreste, Afogados da Ingazeira e Iguaraci, no Sertão pernambucano. Todos foram expedidos pelo Juízo da Vara dos Crimes contra a Administração Publica e a Ordem Tributaria da Capital.

Os servidores do TJPE envolvidos na organização criminosa estariam envolvidos com falsificação e expedição indevidas de alvarás. De acordo com a assessoria de imprensa do Tribunal, dois deles já estão com decisão administrativa de demissão.

A Polícia Civil apreendeu com os investigados joias, bolsas e relógios de grife. Os alvos estão sendo levados para o Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (Dracco).

O TJPE disse que a Corregedoria Geral de Justiça estadual direcionou o caso à Divisão de Investigação e Apuração do TJPE assim que tomou ciência dos supostos desvios praticados pelos servidores.

“Após aprofundamento das investigações e diante de provas contundentes de ilícitos penais, articulou o direcionamento do caso ao DRACCO, objetivando representação por Medidas Cautelares de Urgência”, diz a nota.

A operação foi executada por 65 policiais civis, entre agentes, escrivães e delegados, sendo assessoradas pela Diretoria de Inteligência da Polícia Civil de Pernambuco (Dintel) e pelo Laboratório de Tecnologia contra a Lavagem de Dinheiro, além do Comando de Operações e Recursos Especiais, do TJPE e da Polícia Civil da Paraíba.

Maiores detalhes da operação serão divulgados pela Polícia Civil de Pernambuco ainda na manhã desta quinta-feira. (JC Online)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here