Início Notícias Presos traficantes que usavam vaquejada para lavagem de dinheiro

Presos traficantes que usavam vaquejada para lavagem de dinheiro

752
alt

alt

Um dos chefes da organização, Cícero Bezerra da Silva é proprietário de um haras na cidade de Palmeira dos Índios (AL) e recentemente teria negociado um cavalo pelo valor de R$ 200 mil Fotos: Polícia Federal/Divulgação

Na tentativa de disfarçar o ganho com o tráfico de drogas, uma das maiores quadrilhas de tráfico de crack do Nordeste investia na compra de cavalos de raça para uso em circuitos de vaquejada em todo o País. A ação foi deflagrada nesta quarta-feira (17) pela Polícia Federal de Maceió/AL. A operação “Pedra 90” abrangia os estados de Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Mato Grosso e Pará. Com o lucro, os traficantes compravam bens de luxo, como carros importados, imóveis, haras e fazendas.

Um dos integrantes do grupo foi preso em São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife. Rodrigo Ayres Neves, 31 anos, gerenciava e era responsável pela distribuição da droga. O homem foi autuado por tráfico interestadual de entorpecentes e associação criminosa. A pena pode chegar a 25 anos de reclusão. Rodrigo já fez exame de corpo de delito e encaminhado para o Sistema Prisional em Sergipe.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here