Início Notícias Policiais militares são rendidos e agredidos em bloqueio do MST no Paraná

Policiais militares são rendidos e agredidos em bloqueio do MST no Paraná

343
Foto: reprodução

Dois policiais do 16º Batalhão de Polícia Militar foram rendidos por integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) durante manifestação, nesta quinta-feira (19), na rodovia PR-170, no distrito de Entre Rios, em Guarapuava. Veja o vídeo abaixo.

Em vídeos que circulam nas redes sociais é possível ver os militares agarrados pelo pescoço, cercado de manifestantes, sendo conduzidos a pé pelas margens da rodovia, o fato se deu ao tentarem negociar a liberação da pista. De acordo com a nota divulgada pela Polícia Militar, os policiais foram agredidos e rendidos pelos integrantes do movimento, mas não chegaram a ser mantidos como reféns.

Os policiais estão bem e os manifestantes ainda permanecem no local, mas a pista está desocupada por enquanto. A pista ficou bloqueada por cerca de três horas na manhã desta quinta-feira.

Veja a nota:

Informamos que na data de 19 de outubro de 2023, após nova interdição da
rodovia PR 170, próximo do km 390, por integrantes do Movimento Sem Terra (MST), uma
equipe deslocou até local e de maneira pacífica pediu para que os manifestantes liberassem a via, que é a única estrada de acesso a cidade vizinha de União da Vitória, sendo repassado aos manifestantes que há uma Liminar de Interdito Proibitório emitida pela 1ª Vara da Fazenda Pública de Guarapuava proibindo o bloqueio da via.
Em momento posterior, conforme pode ser visto em vídeos que circulam pelas redes
sociais, utilizando de força e agressão, os manifestantes retiraram a equipe policial do local. Os policiais envolvidos na ocorrência passam bem, nenhum deles foi feito refém e já
se encontram na sede do 16º BPM. No momento a via não está bloqueada, mas os manifestantes permanecem no local. Tendo mais informações, estas serão posteriormente repassadas a imprensa.

Apesar da liberação, a PRE afirma que há risco de nova interdição na rodovia. Diante disso, os motoristas precisam ficar atentos ao trânsito e às sinalizações realizadas pelos órgãos de segurança. Ainda não foi informado pela PRE se algum integrante do MST foi detido. (Umuarama-PR)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here