Início Notícias ‘Papel da imprensa não é o de investigar’, diz Dilma sobre escândalos

‘Papel da imprensa não é o de investigar’, diz Dilma sobre escândalos

637
alt

alt

Presidente e candidata à reeleição Dilma Rousseff,estava ‘braba’ nessa sexta (19) durante entrevista no Alvorada

BRASÍLIA — A presidente Dilma Rousseff disse que vai pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) acesso ao depoimento do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa dentro do processo em que ele é beneficiado pela delação premiada. Enfática, Dilma disse que “não é possível” a imprensa ter informações e que, como presidente da República, não pode tomar providências com base no “disse me disse”. A petista disse que vai fazer o pedido ao ministro Teori Zavascki, que é o relator do caso no STF. Para a candidata, o papel da imprensa “não é de investigar e sim de divulgar informações”.

A reação de Dilma ocorreu porque o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, negou acesso ao depoimento de Paulo Roberto Costa. Ela disse que não faz prejulgamentos e que, sem as informações oficiais, não pode “tomar providências”. Para Dilma, a impunidade é o maior mal do país atualmente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here