Início Notícias Notas falsas de R$ 200 circulam em Araripina; comerciante faz alerta

Notas falsas de R$ 200 circulam em Araripina; comerciante faz alerta

236
Foto: ilustração

Por Cidinha Medrado

O comerciante Neto Moto Peças, de Araripina, foi vítima de um golpe com uma nota falsa de R$ 200 no último sábado (27). O caso aconteceu quando ele repassou a cédula para um colaborador que, ao tentar realizar um pagamento em um atacadão da cidade, não teve sucesso.

Preocupado com a situação, Neto decidiu alertar a comunidade através do programa Araripina Urgente, apresentado pelo jornalista Roberto Gonçalves na Rádio Arari FM.

Em entrevista ao programa, Neto detalhou o ocorrido: “No sábado, fiz um pagamento para um colaborador, referente ao seu trabalho na oficina. No meio do dinheiro, dei uma nota de R$ 200 que eu tinha recebido na loja. Ele foi ao Atacadão e a nota era falsa.”

Apesar do transtorno, Neto se mostrou positivo e aproveitou a oportunidade para fazer um alerta: “Queria pedir que as autoridades façam um alerta para a população sobre as notas falsas. Os marginais estão na cidade e a gente precisa tomar cuidado.”

O caso deve ser registrado na DPC local para que seja investigada a origem da nota falsa, buscando identificar o autor do golpe. Assista vídeo:

*Dicas do Blog: prevenção contra notas falsas
Para se proteger de golpes com notas falsas, é importante estar atento às seguintes características:

• Papel: As notas falsas geralmente são feitas de papel mais fino e de menor qualidade que as originais.
• Impressão: A impressão das notas falsas pode apresentar falhas, como cores desbotadas, imagens borradas ou linhas tortas.
• Marca d’água: As notas reais possuem uma marca d’água que pode ser vista quando a cédula é contra a luz.
• Fio de segurança: As notas reais possuem um fio de segurança que muda de cor quando a cédula é inclinada.
• Tinta fluorescente: As notas reais possuem tinta fluorescente que brilha sob luz negra.
Em caso de suspeita, a pessoa deve recusar a nota ou procurar uma agência bancária ou posto policial para verificar sua autenticidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here