Início Notícias Municípios do Sertão Central registram aumento significativo de casos da Covid-19

Municípios do Sertão Central registram aumento significativo de casos da Covid-19

119
Foto: reprodução

O Blog do amigo Didi Galvão analisou os números dos boletins epidemiológico de cinco municípios do Sertão Central de Pernambuco, levando em consideração os números registrados desde o dia 1º deste mês até a data de 7 de agosto. Ficou constatado que Cedro foi o município do Sertão Central onde os casos confirmados alcançaram um percentual mais elevado, com 42,90%.

Quando analisamos os números da Covid-19 em relação a casos recuperados o município de Terra Nova tem o melhor percentual, 50% do total de casos confirmados foram considerados curados só nestes primeiros dias do mês de agosto. Cedro tambem avançou com 37,19% de curados, já em Parnamirim, o numero de recuperados do dia 1º deste mês até esta sexta dia 7 só aumentou em 8,24%.

Salgueiro principal municipal do Sertão Central e o mais populoso da região, apresenta números que podem ser considerados favoráveis no combate a pandemia. Por lá o aumento dos casos confirmados foi de 19,80%, enquanto isso no mesmo período houve aumento de 24,92% de pessoas curadas da doença.

Confira os números

Salgueiro, começou o mês com 482 casos confirmados e 238 confirmação de curas, agora são 601 casos confirmados e 317 pessoas totalmente curadas.

Cedro, começou o mês com 205 casos confirmados e 103 confirmação de curas, agora são 359 casos confirmados e 164 pessoas totalmente curadas.

Serrita, começou o mês com 59 casos confirmados e 46 confirmação de curas, agora são 70 casos confirmados e 56 pessoas totalmente curadas.

Parnamirim, começou o mês com 117 casos confirmados e 89 confirmação de curas, agora são 167 casos confirmados e 97 pessoas totalmente curadas.

Terra Nova, começou o mês com 28 casos confirmados e 11 confirmação de curas, agora são 36 casos confirmados e 22 pessoas totalmente curadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here