Início Notícias MP recomenda cessar imediatamente casos de trabalho infantil em Bodocó

MP recomenda cessar imediatamente casos de trabalho infantil em Bodocó

749
alt

alt

Menores de idade são contratados como carregadores em feiras livres.

Foi publicado no Diário Oficial do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), no sábado (18), uma recomendação sobre casos de trabalho infantil no município de Bodocó, no Sertão de Pernambuco. De acordo com o documento, com frequência, menores de idade são contratados como carregadores de mercadorias nas feiras livres da cidade e, em muitos casos, as crianças e adolescentes deixam de frequentar a escola para ir trabalhar.

De acordo com a secretária do Conselho Tutelar de Bodocó, Inacilene Moreira da Silva, foram feitas três visitas consecutivas às feiras livres da cidade, que acontecem sempre às segundas-feiras. “A prática do trabalho infantil na cidade é comum. Na maioria das vezes são os pais que levam os filhos para trabalhar nas feiras. Nos identificamos crianças de sete, oito anos, carregando as mercadorias”, conta.

Segundo Inacilene, a maior dificuldade enfrentada é a resistência dos pais “Nós ouvimos coisas do tipo ‘prefiro meu filho trabalhando aqui do que roubando’, por exemplo. Além de atrapalhar nos estudos, pois eles deixam de ir à escola, o trabalho compromete fisicamente as crianças pequenas que tem de carregar muito peso”, explicou.

A Promotoria de Justiça local recomendou aos feirantes que parem imediatamente a contratação de menores para trabalhar como carregadores na cidade. Até o dia 3 de novembro será realizada uma campanha educativa para conscientizar os comerciantes e os consumidores que contratam o “carrego” das mercadorias. Após essa data, os casos de exploração do trabalho infantil serão levados à promotoria que tomará as medidas judiciais correspondentes a cada caso.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here