Início Notícias Moreilândia: Homem é preso acusado de violar sepultura, retirar crânio de mulher...

Moreilândia: Homem é preso acusado de violar sepultura, retirar crânio de mulher e colocar na janela de residência

356
Foto: divulgação PCPE

Nesta segunda-feira 08/04, a equipe do Malhas da Lei da 24ª DESEC de Araripina-PE, composta pelos agentes Eudes Júnior e Eduardo Carneiro, juntamente com a equipe de policiais civis Ramon Júnior e Luana Tavares Saraiva, de Exu e Moreilândia, coordenados pela Delegada Seccional Dra. Katyanna Muniz, e supervisionados pelo Delegado de Exu, José de Andrade Mota Neto, se deslocaram até a cidade de Moreilândia, no Sertão do Araripe, no intuito de localizar a pessoa de iniciais A.L.R.M., na qual tinha em seu desfavor mandado de prisão preventiva pela prática do crime de violação de sepultura e destruição, subtração e ocultação de cadáver.

Após diligências iniciais foi localizada a residência onde o acusado se escondia, sendo que, ao avistar a viatura descaracterizada o acusado evadir-se do local e o genitor tentou agredir um dos policiais com faca, entretanto, foi imediatamente imobilizado, de imediato, foi dada voz de prisão e conduzido até a delegacia de polícia para o início do procedimento do cumprimento de mandado de prisão realizado pela escrivã de polícia Camila Ingrid Castro Alves.

Motivação da decisão:

De acordo com o inquérito policial, no dia 06/02/2024, por volta das 12:40, chegou uma denúncia na delegacia de Moreilândia que haviam colocado um crânio na janela de uma casa na Rua Pedro Bezerra, logo a pessoa de iniciais J.S.S., tomou conhecimento da violação da sepultura de sua mãe, em razão das características físicas do crânio, em que, a mesma tinha falecido no dia 01/08/2022. A pessoa de iniciais L.R.S., relatou que ao chegar em sua residência haviam diversas pessoas em frente observando o crânio de um ser humano na sua janela, posteriormente, foi dado início ao trabalho investigativo da polícia civil através de depoimentos e demais provas materiais com o apoio da Instituto de Criminalística e chegado a autoria do crime.

Segundo a polícia se tratava da pessoa de A.L.R.M., que teve um atrito com o pai de uma das testemunhas, na coleta de depoimentos o acusado oferecia na rua a cabeça de uma pessoa de iniciais F.M.R.S., e mostrava a referida parte do corpo ainda com cabelos para os populares. A pessoa do acusado possui alta periculosidade e já responde pelos crimes de furto qualificado, roubo majorado, lesão corporal por violência doméstica e familiar, corrupção de menores e perturbação de sossego.

O capturado foi apresentado à autoridade Policial da cidade de Moreilândia e conduzido até a delegacia de Ouricuri, onde passou por uma audiência de Custódia e posteriormente foi recambiado e recolhida na Cadeia Pública de Moreilândia-PE. Segundo a Delegada Seccional, Dra. Katianna Muniz, essa foi mais uma ação exitosa da Divisão de Capturas Malhas da Lei da 24ª DESEC, com apoio direto dos policiais civis Ramon Lourenço da Silva e Luana Tavares Saraiva Cavalcanti e da escrivã Camila Ingrid Castro Alves. Por Fredson Paiva – Fonte/ Foto – Polícia Civil de Pernambuco/ 24ª DESEC/ Araripina

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here