Início Notícias Ministério Público de PE pede que novas perícias sejam realizadas no Caso...

Ministério Público de PE pede que novas perícias sejam realizadas no Caso Beatriz

218
Foto: arquivo familiar

O MPPE informa, ainda, que requisitou providências imediatas para assegurar a vida do suspeito, a proteção à sua integridade física e a realização de novas perícias complementares

O suspeito de ter matado Beatriz Angelica, de sete anos, em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, Marcelo da Silva, foi transferido, nesta quinta-feira (13), para o Presídio de Igarassu, na Região Metropolitana do Recife. Desde 2017, o estava preso na Unidade Prisional de Salgueiro, também no Sertão, pelos crimes de estupro de vulnerável, ameaça e cárcere privado.

O suspeito veio a ser identificado pela polícia agora, seis anos após o crime. Marcelo da Silva só foi identificado pela Polícia Científica de Pernambuco pelo DNA encontrado na faca usada no crime. O homem confessou o assassinato e foi indiciado na nesta última terça-feira (11), após ter sido ouvido por delegados.

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) informa, ainda, que requisitou providências imediatas para assegurar a vida do suspeito, a proteção à sua integridade física e a realização de novas perícias complementares.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here