Início Notícias Incompetência: Com 11 anos de atraso, obras no Canal do Fragoso no...

Incompetência: Com 11 anos de atraso, obras no Canal do Fragoso no Recife chegam à última etapa

44
Foto: JAILTON JR./JC

Por JC Online

O problema histórico do Canal do Fragoso, em Olinda, parece se encaminhar para o fim. Na última quarta-feira (03/7), a governadora de Pernambuco, Raquel Lyra, assinou a ordem de serviço para a quinta e última etapa da obra, com investimento de R$ 118 milhões. A finalização dos serviços foi uma das principais promessas de campanha da governadora.

“Hoje nós assinamos a ordem de serviço da quinta etapa do Canal do Fragoso já com a obra começando, do trecho que que vai levar, finalmente, a água até o mar. É uma obra que deveria ter sido entregue há dez anos e que a gente está conseguindo fazer com recursos garantidos”, destacou Raquel Lyra, na ocasião.

A população, no entanto, ainda desconfia dos resultados do projeto, que se arrasta por 11 anos e afeta os bairros de Jardim Fragoso e Jardim Atlântico. O aposentado Antônio Cabral, de 71 anos, mora há 21 anos em um dos trechos que já foi entregue, mas afirma que o problema não foi resolvido. “Está concluída, mas ficou pior, ao invés de melhorar. É um serviço mal feito, quando chove muito eu fico ilhado”, contou.

Mesmo após anos de intervenções, o aposentado informou que outro serviço para evitar as enchentes está sendo feito. “Estão fazendo um serviço sem finalidade nenhuma, dizem que é pra água escorrer”, comentou. De acordo com ele, as obras ainda ocasionaram o aumento de baratas, muriçocas e escorpiões na região.

O Canal do Fragoso é o trecho principal do pacote de obras Via Metropolitana Norte iniciadas em 2013 e com previsão inicial de conclusão para 2016. Ele representa um dos maiores projetos de urbanização em realização na Região Metropolitana do Recife e propõe que os problemas causados pelas fortes chuvas sejam minimizados, como que as pontes sejam tomadas pela água e diversos trechos do canal transbordem, causando transtorno para milhares de pessoas do entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here