Início Notícias Governo de Pernambuco diz que não vai suspender nem isentar cobrança de...

Governo de Pernambuco diz que não vai suspender nem isentar cobrança de impostos

459
Foto: Blog do Roberto

“Sem arrecadação o Estado também para e não consegue dar conta das despesas, que estão aumentando nesse momento”, diz o secretário Bruno Shwambach

Em entrevista coletiva online com a imprensa pernambucana nesta quinta-feira (19), o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach, disse que a alternativa para combater os efeitos econômicas do novo coronavírus não é isentar, suspender temporariamente ou atrasar o pagamento de impostos. Entidades de classe chegaram a encaminhar ofício ao governo de Pernambuco e a Prefeitura do Recife, solicitando a medida em função da queda no faturamento. Um exemplo foi a Abrasel-PE, que estima uma perda de 35% na receita, em função da covid-19.

“Sabemos que todos estão passando por um sacrifício. As micro, pequenas, médias e grandes, mas o Estado também está sendo afetado, porque se não existe faturamento não existe arrecadação. E é exatamente nesse momento de crise que os gastos estão aumentando para atender a demanda de hospitais e outras”, afirmou o secretário.

A proposta do governo do Estado é que sejam criadas condições para que as empresas possam ter fluxo de caixa para enfrentar esse momento e manter seu quadro de funcionários. Uma das soluções que está sendo encaminhada ao governo Federal é uma parceria com o Banco do Nordeste para que as micro e pequenas empresas que geram 103 mil empregos no Estado possam ter acesso a uma linha de financiamento, com condições rápidas de liberação para garantir principalmente capital de giro, mas também investimento para custeio.

Nesta quinta (19), o governo anunciou medidas restritivas, determinando o fechamento de shopping, salões de beleza, bares, restaurantes, clubes e outros estabelecimentos comerciais. O decreto terá validade até enquanto permanecer a situação de avanço de coronavírus no Estado. Nas últimas 24 horas, o número de casos confirmados passou de 22 para 28.

FUNDO

O secretário anunciou, ainda, a criação de um fundo para arrecadar doações em dinheiro para ajudar no combate ao coronavírus no Estado. Shwambach disse que o detalhamento sobre o fundo será divulgado em breve, assim como os dados da conta para depósito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here