Início Notícias Filhote de onça parda é resgatada na Zona Rural de Exu

Filhote de onça parda é resgatada na Zona Rural de Exu

671

O filhote está recebendo cuidados da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) enquanto não chega no Recife

JC Online / Foto: Reprodução

Em mais uma operação da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), foi resgatado um filhote de onça parda, uma suçuarana – Puma concolor, nesta quinta-feira (12). O animal foi encontrado sem a mãe em uma área rural de Exu, no Sertão pernambucano, próximo à divisa entre Pernambuco e Ceará. De acordo com informações da agência, ele tem aproximadamente 20 dias e será encaminhado para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas Tangara), da CPRH. No centro, a onça receberá cuidados e será preparado para ser devolvido ao seu habitat natural.

A CPRH informou que, por ser muito novo, ainda não se sabe se o animal é macho ou fêmea e ainda não tem nome. Com aproximadamente 300g, ele foi encontrado com outro filhote e não há informações sobre a onça mãe, que não foi vista no local. Depois de ser resgatado ainda nessa semana, os dois bichos foram cuidados por um agricultor da região. No entanto, um não sobreviveu e o outro foi entregue à Polícia Militar Ambiental na cidade do Crato, município cearense.

Enquanto passou pelo Crato, a onça recebeu tratamento médico veterinário, mas a Polícia Militar Ambiental do Ceará não possui, no Crato, Centro de Triagem de Animais Silvestres. Entre ligações dos agentes, eles conseguiram entrar em contato com um dos biólogos da CPRH de Pernambuco que estava na região, que trouxe novamente o animal para Exu, nesta quinta-feira (12). Na próxima terça-feira (17), o animal chega ao Recife e será encaminhado para o Cetas Tangara.

Filhote de onça parda suçurana foi resgatado em Setembro em Serrita, Sertão do estado

Há quatro meses um filhote de onça parda suçuarana, Diego, foi resgatado pelo CPRH com aproximadamente um mês e meio, no município de Serrita, no Sertão do estado. Ele chegou assustado por ter perdido a mãe e teve descalcificação óssea. De acordo com informações do Cetas, Diego tem se recuperado bem. A CPRH informou que ainda não se sabe quando poderá soltar o filhote na área de mata pernambucana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here