Início Notícias Quadrilha teve acesso a questões do Enem antes da prova, diz polícia

Quadrilha teve acesso a questões do Enem antes da prova, diz polícia

555
alt

alt

Esquema também foi reproduzido em vestibulares neste ano para cursos de medicina de faculdades

O caderno de questões do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) deste ano chegou às mãos de membros de uma quadrilha que fraudava o exame momentos antes do início do teste, ocorrido nos dias 8 e 9 deste mês, segundo a polícia Civil de Minas Gerais, que investiga o esquema.

A suspeita é que o material tenha sido repassado por um membro da organização da prova em uma cidade de Mato Grosso.

Além do Enem, o esquema foi reproduzido em vestibulares neste ano para cursos de medicina de faculdades em São Paulo, Minas Gerais e nas cidades de Brasília e Fortaleza.

O núcleo da quadrilha foi preso em flagrante no último domingo (23), quando tentava fraudar um processo seletivo da Faculdade de Ciências Médicas em Belo Horizonte. Na operação, 11 integrantes da quadrilha e 22 candidatos foram presos. Os estudantes interessados em receber o gabarito pagavam até R$ 200 mil pelas respostas, diz a polícia.

NO FLAGRA

Para conseguir a prisão simultânea de 33 pessoas no domingo, durante a prova da Faculdade de Ciências Médicas em Belo Horizonte, a polícia articulou um grande esquema de monitoramento.

Em investigações prévias, eles conseguiram identificar quem eram os “pilotos” entre os 3.000 candidatos do processo seletivo. Assim, quando os suspeitos deixaram as salas, foram seguidos.

Enquanto isso, outros policiais se disfarçaram de fiscais de prova para permanecer nas salas, usando pontos eletrônicos. Os investigadores conseguiram acessar o sistema da quadrilha para que esses policiais também recebessem as respostas, transmitidas por meio de um telefonema em conferência aos pontos dos candidatos.

Quando as respostas chegaram, os policiais observaram os estudantes em busca de atitudes suspeitas e os prenderam em flagrante.

Já os “pilotos” foram presos dentro de carros e em shoppings. Dois dos organizadores da quadrilha foram detidos em hotéis de luxo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here