Início Notícias Dólar sobe 1,37%, para R$ 5,58, após mais uma fala de Lulas...

Dólar sobe 1,37%, para R$ 5,58, após mais uma fala de Lulas sobre BC e taxa Selic

54
Foto: reprodução

As falas do presidente Lula mais uma vez ajudaram a pressionar o câmbio. A moeda americana abriu o pregão desta sexta-feira, 28, em queda de 0,25%, mas logo inverteu o movimento e começou a subir. Às 10h53, a cotação saltava 1,12%, para R$ 5,57. Na máxima da manhã, bateu R$ 5,58. A última vez que o dólar fechou acima desse patamar foi em 10 de janeiro de 2022.

Em entrevista à Rádio FM O Tempo, Lula voltou a atacar Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central (BC) e disse que o executivo não está fazendo o que deveria fazer. “Isso vai melhorar quando eu puder indicar o presidente do Banco Central, e vamos construir uma nova filosofia”. A fala do presidente logo foi interpretada pelo mercado como indício de que Lula vai interferir nas decisões do BC assim que seu indicado assumir.

Na ocasião, Lula voltou a criticar a manutenção da taxa de juros em 10,5%, determinada recentemente pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central. O petista disse que o porcentual “é irreal para uma inflação de 4%” e que “não tem necessidade”.

Só neste mês, o dólar subiu 8,26% e, no ano, 14,97%. Parte desse movimento vem do mercado externo e das preocupações em torno dos juros americanos. A outra fonte de pressão vem do mercado interno, sobretudo pelas constantes entrevista em que o presidente Lula retomou a artilharia contra Campo Neto, além de reforçar a política de gastos públicos.

O Ibovespa, principal índice da B3, também sentiu o mau humor do mercado e operava em queda de 0,41%, em 123.796 pontos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here