Início Notícias Dilma sai da sombra de Lula e vence eleição no ataque

Dilma sai da sombra de Lula e vence eleição no ataque

766
alt

alt

Presidente reeleita desempenhou estilo centralizador durante campanha acirrada

Por FERNANDA KRAKOVICS / Fábio Vasconcellos

BRASÍLIA – O Brasil foi às urnas neste domingo dividido. Depois de mais de 100 dias de uma campanha eleitoral marcada por reviravoltas nas pesquisas e uma tragédia, a morte de Eduardo Campos, Dilma Rousseff (PT) foi reeleita com 54,1 milhões de votos, ou 51,59% dos votos válidos (com 99,4% das urnas apuradas). A presidente é reconduzida ao Planalto com um estilo: mais independente do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e no ataque. Durante a campanha, não poupou os adversários Aécio Neves (PSDB) e Marina Silva (PSB).

Um levantamento feito pelo Laboratório de Pesquisas em Comunicação Política e Opinião Pública (Doxa/Iesp) mostra que cerca de 60% das mais de 500 peças veiculadas (novas e repetidas) na televisão foram de ataques, e que a candidata do PT foi a que mais se destacou. Pelo estudo, Dilma utilizou a estratégia de ataque em 72% das suas intervenções, contra 47% de Aécio. As críticas ao candidato do PSDB, segundo analistas, surtiram efeito e foram responsáveis por parte das mudanças nas intenções de voto observadas nas últimas pesquisas do Datafolha e do Ibope na última semana.

Esta foi a vitória mais apertada da História da República no Brasil. Agora, Dilma terá pela frente como uma das principais e imediatas tarefas desarmar os espíritos radicalizados nesta eleição. Dilma terá também em seu novo mandato o desafio de responder às demandas da sociedade, como a melhora da prestação de serviços públicos em educação, saúde, transporte e segurança.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here