Início Notícias Defesa Civil diz que mina em Maceió pode colapsar a qualquer momento

Defesa Civil diz que mina em Maceió pode colapsar a qualquer momento

367

Casas destruídas pelo afundamento do solo causado pela Braskem, no bairro do Farol, em Maceió. Foto: Itawi Albuquerque/Cortesia

Diário do Poder

A Defesa Civil emitiu um alerta máximo no início da noite desta quinta-feira (30) devido ao risco iminente de colapso de uma mina da petroquímica Braskem, na Lagoa Mundaú, no bairro do Mutange, na capital alagoana.

O alerta ocorreu após o governo alagoano registrar novo tremor de terra na região.

O prefeito de Maceió, João Henrique Caldas (PL), o JHC, montou um gabinete de crise para monitorar a situação.

A mineração na região começou ainda nos anos 70, mas os problemas começaram a aparecer em 2018, com rachaduras no bairro Pinheiros. Em 2019, as autoridades começaram as evacuações. Cerca de 14 mil imóveis já precisaram ser desocupados.

NOTA DA DEFESA CIVIL DE MACEIÓ

A Defesa Civil de Maceió permanece em ALERTA MÁXIMO devido ao risco iminente de colapso em uma das minas na região DO ANTIGO CAMPO DO CSA. Estudos mostram um aumento significativo na movimentação do solo na Mina 18, indicando a possibilidade de rompimento e surgimento de um sinkhole. Por precaução, a recomendação é clara: a população deve evitar transitar na área desocupada até uma nova atualização da Defesa Civil, enquanto medidas de controle e monitoramento são aplicadas para reduzir o perigo. A equipe de análise da Defesa Civil ressalta que essas informações são baseadas em dados contínuos, incluindo análises sísmicas. A Defesa Civil de Maceió reitera a recomendação de evitar a área desocupada DO ANTIGO CAMPO DO CSA por questões de segurança.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here