Início Notícias Confira o balanço do Mercado de Trabalho no 1º Trimestre de 2024...

Confira o balanço do Mercado de Trabalho no 1º Trimestre de 2024 no Sertão do Araripe

135
Foto: Blog do Roberto

O coordenador escolar do Senai, Josemberg Laurentino, apresentou os números nesta segunda-feira (06), na Arari FM; assista

No primeiro trimestre de 2024, a cidade de Araripina apresentou dados positivos no mercado de trabalho, conforme apontado pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED). Durante esse período, foram registradas 856 admissões e 721 demissões, resultando em um saldo positivo de 135 empregos. Analisando o saldo por grande grupamento de atividade econômica, observa-se que os setores de serviços, construção e indústria foram os principais impulsionadores, apresentando saldos positivos. Em contrapartida, os setores de agropecuária e comércio registraram saldos negativos. Somados, esses setores contribuíram para o saldo total de 135 empregos. Do total de 135 empregos gerados, 38 foram ocupados por homens e 97 por mulheres. Destaca-se também que o saldo por grau de instrução foi significativo para aqueles que possuem o ensino médio completo, especialmente na faixa etária entre 30 e 39 anos.

No contexto da Região do Araripe, houve um saldo positivo de 88 empregos gerados no primeiro trimestre de 2024. Araripina liderou esse saldo com 135 empregos, seguida por Ipubi (12), Trindade (10), Exu (9), Moreilândia (6) e Santa Filomena (1), todas com saldos positivos. Por outro lado, Ouricuri     (-68), Bodocó (-15) e Santa Cruz (-2) apresentaram saldos negativos. Granito teve saldo zerado.

No ranking das cidades com melhores saldos de emprego em Pernambuco, Araripina ocupou a 21ª posição no primeiro trimestre de 2024, indicando uma posição relativamente estável em comparação ao ano anterior, quando estava em 8º lugar. Essa variação pode ser atribuída a diversos fatores, como flutuações econômicas e políticas de emprego adotadas pelo município. Esses dados refletem uma tendência positiva no mercado de trabalho local e regional, apontando para possíveis oportunidades de crescimento e desenvolvimento econômico nos próximos trimestres. Assista entrevista:

O Novo Caged 

O Novo Caged é a geração das estatísticas do emprego formal por meio de informações captadas dos sistemas eSocial, Caged e Empregador Web.

A metodologia de imputação adotada para o ajuste das informações prestadas ao eSocial e ao Caged visa assegurar a qualidade e a integridade das estatísticas do emprego formal durante a transição dessas fontes de captação de dados. A SEPRT – Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, apura tecnicamente o recebimento dessas informações nos registros administrativos e atua de forma a divulgar as estatísticas do emprego formal com segurança metodológica e transparência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here