Início Notícias Projeto apoiado pela Votorantim Energia leva geração de renda para famílias no...

Projeto apoiado pela Votorantim Energia leva geração de renda para famílias no Sertão do Araripe

176
Foto: divulgação

Melhorar a qualidade de vida de 41 famílias rurais que moram na região do Araripe, ampliando a produção de alimentos agroecológicos e garantindo a segurança alimentar e geração de renda, por meio da comercialização do excedente da produção. Esse é um dos objetivos do Projeto “De Vento em Popa”, apoiado pela Votorantim Energia, em parceria com o Instituto Votorantim e desenvolvido pela ONG Chapada.

As famílias que vivem nas serras da Rancharia, do Jatobá, Azulão e Marinheiro III, no município de Araripina, Sertão do Araripe de Pernambuco e na Serra do Jatobá, município de Simões, Alto Médio Canindé, no Piauí receberam orientação e informações sobre a pandemia da COVID-19 e apoio para manter as suas produções agrícolas. “Incentivamos as famílias para que realizem trocas de alimentos cultivados nos quintais e vendas locais, favorecendo a geração de renda e a melhor alimentação e mobilizamos os agentes comunitários de saúde para vacinação de idosos nas comunidades, além de passar informações sobre a pandemia de coronavírus no programa de rádio Sabedoria Sertaneja”, conta Alexandre Damacena Pereira, coordenador do projeto da Ong Chapada.

De acordo com análise da entidade, em 2020 foi observado que as famílias beneficiadas conseguiram melhorar a produtividade, através do cultivo de hortaliças, frutíferas, mandioca, plantas nativas e medicinais. Foi possível manter a criação de pequenos animais em suas propriedades, como galinhas, porcos e vacas.

Janaína Gonçalves de Oliveira, moradora de Araripina (PE), integra o projeto desde agosto de 2019 e revela que os resultados são muito importantes para sua família. “Sempre trabalhamos como agricultores, mas não tínhamos água. Hoje, além de termos água, aprendemos a trabalhar com a agroecologia, o que aumentou nossa renda. Produzimos hortaliças e orgânicos e estamos muito bem, apesar da pandemia. Continuamos produzindo, tomando os devidos cuidados e recebendo a orientação do projeto, mas não estamos comercializando. Mesmo assim, está sendo suficiente para o nosso consumo, o que é muito bom. E assim que passar o risco do coronavírus, vamos estar preparados para voltar com as vendas”, conta.

“Com a orientação de técnicas agrícolas, as famílias conseguiram encontrar alternativas melhores de produção, recuperar a fertilidade dos solos com adubos orgânicos e ter mais diversidade de produtos. Ter o acompanhamento mesmo com a pandemia é muito importante para que o projeto continue fortalecendo essas comunidades, o que é o objetivo da Votorantim Energia, incentivando iniciativas que investem no potencial das pessoas”, afirma o gerente do Complexo Eólico Ventos do Araripe, Pedro Júnior.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.