Home Notícias Senador denuncia perseguição a professores e alunos da UFPE

Senador denuncia perseguição a professores e alunos da UFPE

0
Compartilhar

O líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE), informou à Casa nesta quarta-feira (7) a distribuição de um panfleto apócrifo no Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Pernambuco, “com ameaças nominais a alunos e professores”.

Para ele, trata-se de “uma clara tentativa de criar um clima de terror e intimidação no ambiente universitário”.

“Alunos e professores foram acusados pejorativamente de comunistas, defensores de drogados, gays, esquerdistas, entre outras aberrações, com o aviso de que seriam banidos da UFPE quando Bolsonaro assumir o governo”, disse o senador.

Informado, o reitor Anísio Brasileiro, que está em Porto Alegre, repudiou o texto do panfleto e determinou a abertura de sindicância para identificar os responsáveis.

Já o senador pediu que a Advocacia-Geral da União, a Polícia Federal e o Ministério Público ajam urgentemente para impedir que os casos de constrangimentos, ameaças e agressões se proliferem pelo país, especialmente em instituições federais de ensino.

“Professores e alunos em todo o país estão sitiados por esse cerco da intolerância promovido por Jair Bolsonaro. São práticas que fariam Mussolini e Hitler ficarem orgulhosos”, disse ele.

O senador cobrou também da Procuradoria-Geral da República que tome providências para tentar impedir, por meio do Poder Judiciário, que o presidente eleito “continue fazendo incitação ao ódio e à violência”.

“É uma prática própria de ditadores, que querem é ver seus seguidores na mais completa ignorância. Esse discurso tem fomentado um ambiente de perseguição inaceitável”, afirmou

No Banner to display

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

12 − 5 =

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.