Início Notícias Pimentel chama ex-gestor de ‘caloteiro’ e diz que ele assaltou os cofres...

Pimentel chama ex-gestor de ‘caloteiro’ e diz que ele assaltou os cofres públicos de Araripina

65
alt

Sem citar nomes, o prefeito disse que precisa falar da gestão anterior, porque os cofres públicos do município foram ‘assaltados’.

Por Roberto Gonçalves / Foto: reprodução

Revoltado com as críticas que a sua administração vem recebendo da oposição, o prefeito de Araripina, no Sertão de Pernambuco, Raimundo Pimentel (PSL), voltou a falar da gestão passada.

Nesta terça-feira (20), o atual gestor parecia que estava literalmente em época de campanha eleitoral, e, usando os microfones de uma emissora de rádio local, voltou a atacar, sem dó e nem piedade, os agora, vereadores oposicionistas e o ex-prefeito da cidade.

Sem citar nomes, Pimentel disse que precisa falar da gestão anterior, porque os cofres públicos do município foram ‘assaltados’.

“A gente tem que olhar pra trás, porque são apenas três meses que eles deixaram a prefeitura. Um bebê passa nove meses pra ser gerado na barriga da mãe. Se você tem um município onde se faz a transição, se tem condições de assumir o governo, o que é que tem pela frente. Nós não tivemos essa transição, tivemos um prefeito que além da irresponsabilidade que cometeu com o povo de Araripina, largando a cidade abandonada, jogada as baratas, e além disso, ainda assaltou os cofres públicos de Araripina. Agora, vem fazer críticas com dois meses do nosso governo”, disse Pimentel.

O prefeito também desceu a ‘lenha’ nos vereadores que fazem oposição ao seu governo. Pimentel lembrou que assumiu nesta quarta (19), uma dívida da prefeitura com a Caixa Econômica Federal, que foi deixada pelo ex-gestor, e nesta época, os parlamentares do município só aplaudiam.

“Nós estamos fechando com a Caixa, um parcelamento de R$ 2,5 milhões de consignado atrasado. Nós vamos pagar uma parcela de R$ 190 mil por mês, isso,de consignado que foi deixado pelo ex-gestor, e, esses vereadores que compactuavam com ele, que estavam lá, comendo na mesa com esse cidadão, vendo Araripina se acabar, vendo Araripina ser saqueada, tavam batendo palma. O ex-prefeito ‘caloteiro’, que não gostava de pagar os servidores, deixou uma dívida de salários atrasados, de R$ 10 milhões, por isso eu tenho que olhar pra trás ”, frisou.

O blog do Roberto Gonçalves esclarece as pessoas que quiserem responder algo sobre esta matéria, que o espaço está totalmente reservado. É bom lembrar, que troca de ‘farpas’ e acusações de ambos os lados, não vão resolver os problemas da cidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.