Início Notícias ‘Pessoas como ele não morrem jamais’: Datena se emociona ao anunciar morte...

‘Pessoas como ele não morrem jamais’: Datena se emociona ao anunciar morte de Boechat; assista

37
“Esse é um dos piores momentos da minha vida”, disse o apresentador
  • Por Jovem Pan

O responsável por anunciar a morte do jornalista Ricardo Boechat na Band, nesta segunda-feira (11), foi o apresentador José Luiz Datena. Ele foi chamado durante a programação esportiva da emissora e, visivelmente emocionado, fez o anúncio e aproveitou para prestar uma homenagem ao colega – chamado por ele de “o maior âncora da televisão brasileira”.

“Eu jamais pensei que fosse dar essa informação. Mas infelizmente essa é a notícia. Infelizmente. É um momento muito triste para o grupo Bandeirantes e para a família Band. Para todo o jornalismo brasileiro. Ele era hoje o maior jornalista do país pela sua coragem, pela sua forma de combater a corrupção, pela sua forma de combater as injustiças. Ele era uma das grandes referências da história do jornalismo brasileiro. Eu confio muito nos desígnios de Deus, mas, em um momento como esse, a gente se pergunta se essa era a forma de terminar sua história nesse plano. Pessoas como ele não morrem jamais. Elas deixam sua obra, sua amizade. Ele não era só bem quisto por vocês que o acompanham no jornalismo da Band. Ele era amado pelas pessoas. Eu não sou um cara de muitas amizades, mas admirava a forma como ele tratava e como era tratado pelas pessoas. Todos iguais. É uma pena ter que informar isso. A dor é tão profunda que é difícil de explicar em palavras (…) É como se todos nós tivéssemos perdido um ente querido”, disse.

“Esse é um dos piores momentos da minha vida. Às vezes a gente fica pensando até que ponto vale a pena. Até que ponto realmente a vida é legal. Mas se o Boechat estivesse aqui, diria que vale a pena pra caramba! Em todos os seus minutos, segundos, frames de TV. A vida vale muito a pena. Para ele sempre valeu. Ele sempre usou o tempo que teve, o espaço que teve, de forma honesta, correta e verdadeira, acima de tudo”, completou.

“A gente tem que usar agora a velha frase de sempre: a vida continua. Pois é. Mas vai ser tão difícil continuar a vida sem um amigo como ele (…). Que descanse em paz”, concluiu.

Assista ao momento do anúncio:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.