Início Notícias Neoenergia PE regularizou 42 mil ligações clandestinas, em 2021

Neoenergia PE regularizou 42 mil ligações clandestinas, em 2021

128
Foto: divulgação

A Neoenergia Pernambuco tem atuado diariamente, em todo o Estado, no combate ao furto de energia elétrica. Durante o ano de 2021, a concessionária recuperou mais de 260 milhões de quilowatt (kW) de energia em ações diárias do Litoral ao Sertão pernambucano, , impactando também na segurança da população e a qualidade do fornecimento. O resultado foi a regularização de 42 mil ligações clandestinas, nos últimos 12 meses. São clientes que antes utilizavam o serviço de forma irregular, ligado diretamente na rede de distribuição, sem nenhum tipo de medição, segurança ou garantia de qualidade.

Além de regularizar os clientes, a Neoenergia Pernambuco tem atuado de forma consistente na modernização do seu parque de medidores. Em 2021, foram 135 mil equipamentos substituídos. “Ainda promovemos a blindagem de 128,5 quilômetros de rede elétrica que impede a realização de ligações clandestinas, garantindo maior segurança a população e melhoria na qualidade de fornecimento de energia. Essas ações têm um impacto considerável na energia que chega à casa das pessoas. É importante ressaltar que, ao regularizamos um cliente, buscamos fornecer informações sobre eficiência energética e possibilidade de até 65% de desconto na fatura por meio da Tarifa Social. Para nós, a regularização é tão importante quanto à possibilidade de as famílias manterem o orçamento doméstico dentro da própria realidade”, afirmou o gerente operacional da Neoenergia Pernambuco, Gustavo Santos.

A utilização de gambiarras para garantir o fornecimento de energia elétrica é contra a lei e extremamente perigoso. Esses tipos de intervenções na rede de distribuição, sem os devidos cuidados com o uso dos equipamentos corretos dentro dos padrões e normas do setor elétrico, executados por profissionais capacitados, podem ocasionar acidentes e incêndios, além de sobrecarga.

Para ficar mais fácil de compreender, quando a Neoenergia instala um transformador em uma localidade, ela realiza, de forma prévia, todo um estudo para saber qual a capacidade que o equipamento deve ter para entregar a energia na casa dos clientes que serão atendidos na região. Quando gambiarras são adicionadas à rede, elas provocam uma demanda irregular de energia, gerando uma sobrecarga no sistema, impactando diretamente na continuidade e na qualidade do produto.
A Neoenergia Pernambuco reforça que o furto de energia é crime sujeito às penalidades do artigo 155 do Código Penal Brasileiro. Além de acarretar prejuízos à população, a prática representa riscos de acidentes graves. Em caso de denúncias, os clientes podem entrar em contato pelos canais de atendimento da concessionária, sem a necessidade de identificação.

DENÚNCIA – Caso alguma pessoa desconfie de ligações clandestinas ou mesmo de furto de energia por fraude no medidor, ela pode entrar em contato com a Neoenergia Pernambuco, por meio do 116, e fazer a denúncia. Não precisa se identificar. Além de crime, essas ações colocam em risco a segurança de toda a localidade e prejudicam consideravelmente a qualidade, a continuidade e confiabilidade da rede de distribuição de energia elétrica.

SOBRE A NEOENERGIA PERNAMBUCO: A Neoenergia Pernambuco distribui energia elétrica para os 184 municípios de Pernambuco e para a cidade de Pedras de Fogo, na Paraíba. Também é responsável pela geração e distribuição de energia elétrica no Arquipélago de Fernando de Noronha. Sua área de concessão é de 98,5 mil quilômetros quadrados. A empresa tem 3,8 milhões de clientes (9,4 milhões de habitantes).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here