Início Notícias Na Semana Mundial de Aleitamento Materno, especialista tira dúvidas das mamães na...

Na Semana Mundial de Aleitamento Materno, especialista tira dúvidas das mamães na Arari FM

546

Sobre o assunto o radialista Roberto Gonçalves conversou nesta sexta-feira (03), com a pediatra Eduarda Arraes e a assistente social do HMSM de Araripina irmã Fátima

Por Roberto Gonçalves / Foto: Blog do Roberto

A Organização Mundial da Saúde recomenda que os bebês sejam alimentados apenas com leite materno até os seis meses de vida. Mas um levantamento da OMS divulgado no ano passado mostra que isso só acontece com 40 por cento das crianças brasileiras. E, pra incentivar a amamentação, foi criada a Semana Mundial de Aleitamento Materno, que vai de 1 a 7 de agosto./ E o mês todo é chamado de agosto dourado, pela amamentação!

Para tirar dúvidas das mamães, o radialista Roberto Gonçalves conversou nesta sexta-feira (03), com a pediatra Eduarda Arraes que possui graduação em medicina pela Faculdade de Medicina Estácio de Juazeiro do Norte/CE (2014) e fez parte do corpo clínico da instituição do Hospital e Maternidade Santa Maria de Araripina de 2014 a 2016. A assistente social do Hospital e Maternidade Santa Maria, irmã Fátima, também participou da entrevista.

Confira abaixo algumas informações que podem ajudar as mamães na hora de amamentar o seu bebê.

1- Quais os cuidados básicos que a mamãe deve tomar ao amamentar seu bebê?

– desejar amamentar
– estar disponível – física e emocionalmente
– boa pega (bebê abocanhar toda a aréola)
– aréola macia (não ingurgitada, empedrada)

2- Quais as melhores posições para amamentar?

Todas – desde que o lactente abocanhe toda a aréola.

– Existem posições diferentes para as mamães que passaram para uma cesárea a as de parto normal?

Sim, no parto cesáreo é indicado o bebê mamar em posição transversa – evitando que as pernas sobre a cicatriz cirúrgica ou na posição invertida.

4- Quais os desconfortos normais durante a amamentação?

Dor nos mamilos, fissuras, empedramento – todos podem ser evitados.

5- Quando a mamãe deve procurar a ajuda de um médico ou de um especialista em amamentação?

Quando o profissional de saúde ou o Pediatra não estiverem resolvendo os problemas e prescreverem complementos sem examinar as mamas ou observar uma mamada.

6- Muitas mamães reclamam de dor, isso é normal?

Não é normal. Não é para doer, sangrar, rachar… Procurem ajuda.

7- Quais são os produtos mais recomendados para aliviar as dores das mamães nesse período? Existem alternativas naturais?

Não recomendo nenhum produto, com exceção de um sutiã mais largo (maior) para sustentar as mamas.

8- Qual o erro (ou erros) mais comuns durante a amamentação e como evitá-los?

Usar cronômetros para medir duração das mamadas e intervalos entre as mamadas, desrespeitando a livre demanda.
Dar chupetas. Oferecer mamadeira com água, chás ou complementos.

9- Qual o trabalho de uma especialista em amamentação?

Formar, capacitar profissionais de saúde.
Orientar nutrizes com problemas e doenças mais complexas ou raras.

10 – No caso das mamães que voltam ao trabalho e continuam amamentando qual a melhor forma de congelar o leite materno?

O leite pode ficar 12-24h na geladeira ou 15 dias no freezer.

11- E qual a melhor forma de tirá-lo e armazená-lo no trabalho?

Com frasco de vidro esterilizado. Fazer coleta em uma sala de apoio a amamentação ou em um ambiente limpo, privativo, confortável – nunca no banheiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here