Início Notícias Miguel Coelho tem aprovação recorde de 90% em Petrolina, diz pesquisa

Miguel Coelho tem aprovação recorde de 90% em Petrolina, diz pesquisa

91
Foto: divulgação

Por Blog do Magno

Os petrolinenses avaliam os oito primeiros meses do segundo mandato do prefeito Miguel Coelho (DEM) de forma muito positiva. O levantamento do Instituto Opinião feito para este blog mostra que o gestor tem aprovação recorde de 90,8% na maneira como vem administrando a cidade do Sertão do São Francisco, enquanto apenas 4,2% desaprovam.

Os maiores percentuais de aprovação dele estão entre os eleitores dos 35 aos 44 anos (96%), entre os que têm grau de instrução superior (92,2%) e entre os que possuem renda familiar de dois a cinco salários mínimos (95,2%). Por sexo, 91,7% dos que aprovam são mulheres e 89,6% são homens.

Na consulta por área, Miguel atinge 100% de aprovação na zona urbana em cinco bairros: Alto do Cocar, Atrás da Banca, Pedra Linda, Pedro Raimundo e São José. Na zona rural, o democrata alcança 100% de aprovação nos distritos de Tapera e Vila 12.

Quando é avaliado o desempenho da gestão, Miguel tem 85,6% de avaliação positiva, somando os índices ótimo (40,2%) e bom (45,4%). Entre os que consideram regular, o percentual é de 10,2%, já os que julgam ruim (1,4%) e péssimo (1%) chegam a apenas 2,4%. O percentual dos que não sabem ou não responderam é de 1,8%.

Para os entrevistados que aprovam, 21,9% consideram o prefeito de Petrolina um bom administrador, 19% avaliam que a cidade está progredindo, 10,2% julgam que ele trabalha melhor que os prefeitos anteriores, 7,7% o enxergam como trabalhador. Já 7,3% consideram que Miguel ajuda a população e outros 7,3% que o gestor é uma boa pessoa. Quanto à percepção sobre o município, 75% dizem que a cidade está progredindo, enquanto 15,2% dizem estar parada e 4% apontaram que está regredindo. Entre os que não sabem, estão 5,8%.

Sobre os itens que a população aponta entre os problemas mais urgentes, estão saúde pública (25,2%), desemprego (18,4%), saneamento básico (11,2%) e segurança pública (9,4%). Com relação à pandemia da Covid-19, 49,6% disseram que o prefeito está fazendo um bom trabalho, enquanto 29,8% avaliaram que é excelente e 16% como regular. O trabalho de combate ao novo coronavírus é ruim para apenas 1,4% e péssimo para 0,8%, já 2,4% não responderam.

Entre os consultados, 66,2% afirmaram que Miguel Coelho é honesto e só 3,4% o consideram desonesto, já 30,4% não souberam responder. A respeito das promessas de campanha, 70,4% avaliam que o prefeito honra e 5,8% dizem que não honra, enquanto 23,8% não souberam responder. Os entrevistados também foram perguntados se confiam ou não na palavra do gestor: 70,2% disseram que sim já 6% não o consideram confiável e 23,8% não responderam.

O Instituto Opinião realizou 500 entrevistas – pessoais e familiares – entre os dias 8 e 11 de setembro. A modalidade de pesquisa adotada envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação. O intervalo de confiança estimado é de 90% e a margem de erro máxima estimada é de 3,7 pontos percentuais para mais ou para menos.

CENÁRIO POLÍTICO

Em Petrolina, o levantamento também fez uma ampla consulta sobre o cenário político do momento visando às eleições de 2022, de presidente da República a deputado estadual. Sobre a disputa no Palácio do Planalto, o ex-presidente Lula tem a preferência de 54,8%, já o presidente Jair Bolsonaro surge com 14,2%. O ex-ministro Ciro Gomes é o terceiro, com 5,8%. Mandetta (1%), Datena (0,8%), João Doria (0,8%) e Eduardo Leite (0,2%) completam a lista.

Quando ao Governo de Pernambuco, Miguel Coelho lidera com enorme vantagem, com 75%. Bem atrás, empatados tecnicamente, estão a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), com 1,4%; o prefeito de Jaboatão, Anderson Ferreira (PL), com 0,8%; e o ex-prefeito do Recife Geraldo Julio (PSB) – também com 0,8%. Brancos e nulos atingem 9% e indecisos chegam a 13%.

O Instituto Opinião também fez uma consulta sobre a disputa para o Senado. Fernando Bezerra Coelho (MDB) aparece em primeiro, com 39,4%. A deputada federal Marília Arraes (PT) surge em segundo, com 10,6%, e o ex-ministro Armando Monteiro Neto (PSDB) foi mencionado por 6,6%. Já o comunicador Magno Martins (sem partido) teve a citação de 0,4% dos entrevistados. O deputado federal André de Paula (PSD) esteve entre os nomes estimulados, mas não pontuou. Brancos e nulos são 16,2% e os indecisos chegam a 26,8%.

Na corrida eleitoral para a Câmara dos Deputados, Fernando Filho (DEM) surge em primeiro com 27,4%, seguido por Odacy Amorim (PT), com 16,4%, Gonzaga Patriota (PSB), com 10,8%, e Lucas Ramos (PSB), com 6,2%. Brancos e nulos são 15% e os indecisos são 24,2%.

A disputa por uma cadeira na Assembleia Legislativa de Pernambuco também foi questionada aos entrevistados. Antônio Coelho (DEM) lidera com 26,8% e Julio Lóssio Filho (PSD) vem na sequência, com 17,4%. Cristina Costa (PT) foi citada por 6,4% e Dulcicleide Amorim (PT) por 3,2%. Entre os brancos e nulos, estão 18,2% e indecisos são 28%.

DESEMPENHO DE PRESIDENTE E GOVERNADOR

Além do prefeito, a pesquisa do Opinião também avalia o desempenho do presidente e do governador. Sobre a administração do presidente Bolsonaro, os índices de ruim (36,2%) e péssimo (17,8%) somam 54%, enquanto 21,6% consideram regular, 16,2% avaliam como bom (13%) ou ótimo (3,2%). Já 8,2% não responderam.

Em relação ao governador Paulo Câmara, 41,6% julgam regular, bom (22,8%) e ótimo (1,8%) somam 24,2% e ruim (9,8%) e péssimo (11%) totalizam 20,8%, enquanto 13,4% não souberam responder.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here