Início Notícias Everton Costa e Jaécio Sá tem diplomas cassados pela Justiça Eleitoral de...

Everton Costa e Jaécio Sá tem diplomas cassados pela Justiça Eleitoral de Trindade

700
alt

altEu sua página pessoal no facebook o prefeito Everton Costa (direita) deixou claro que apesar da decisão da Justiça, ele tomará posse em 1º de janeiro.

Do blog do Martinho Filho / Foto: reprodução

Por decisão da Juiza Eleitoral Fernanda Vieira Medeiros, os candidatos a prefeito e vice-prefeito de Trindade, respectivamente Everton Costa e Jaécio Sá tiveram os seus diplomas cassados na tarde desta sexta-feira, 23. A decisão judicial caiu como uma verdadeira bomba no meio político da região, pegando muitos de surpresa. Everton Costa tinha sido reeleito prefeito no pleito do último dia 02 de outubro, com uma considerável diferença de votos.

Porém, a sua vitória sempre foi contestada pela oposição. Tanto, que o advogado Paulo Rennê (que disputou a eleição como candidato a vice-prefeito) impetrou com um recurso na Justiça Eleitoral pedindo a anulação das eleições sob diversas acusações, entre elas abuso de poder econômico.

No seu longo despacho a Juiza Eleitoral Fernanda Vieira cassou os diplomas e declarou inelegibilidade dos eleitos por oito anos. O Ministério Público Eleitoral está pedindo a realização de novas eleições. Essa decisão deve ser tomada pelo Tribunal Regional Eleitoral, uma vez que os eleitos que tiveram seus diplomas cassados podem recorrer às instâncias superiores.

Em contato com o denunciante, o advogado Paulo Rennê, o mesmo disse ao blog que a oposição estava esperando essa decisão da justiça eleitoral, diante de muitos elementos praticados pela chapa de situação que estavam em desacordo com o que preconiza a Lei Eleitoral. O blog manteve contato com a assessoria do prefeito Everton Costa para ouvir a sua versão, mais não tivemos retorno.

Eu sua página pessoal no facebook o prefeito Everton Costa deixou a seguinte declaração: “O TRE não anulou eleição de Trindade. A decisão da juíza da 133a zona eleitoral não é absoluta! Cabe recurso! O trânsito em julgado da sentença só pode ocorrer depois de 23.01, afinal de contas, há suspensão do prazo por recesso forense! Assim o TRE sequer recebeu o processo ainda para anular uma eleição! Mais uma mentira da oposição de Trindade! Resumo: DIA 01.01.2017 DR EVERTON TOMA POSSE!”.

alt

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here