Início Notícias Decreto de Paulo Câmara estimula empresas comprarem leite de outros estados

Decreto de Paulo Câmara estimula empresas comprarem leite de outros estados

197
Foto: reprodução

Produtores de PE estão tendo de jogar fora a bebida porque muitas indústrias não estão comprando o leite produzido aqui

O Sindicato dos Produtores de Leite de Pernambuco (Sinproleite-PE) reclama do Governo do Estado sobre a situação da categoria, que está tendo de jogar fora a bebida porque muitas indústrias não estão comprando o leite produzido aqui. De acordo com o presidente do Sinproleite, Saulo Malta, as empresas foram dispensadas de pagar o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) em até 95% graças a um decreto emitido em maio do ano passado, mas teriam de comprar o leite como uma contrapartida, o que não está acontecendo.

Segundo Malta, o efeito foi o oposto, estimulando que estas empresas comprassem leite de safra de outros estados, preterindo o produto local. “O Governo do Estado dá benefícios fiscais para as empresas. Elas são dispensadas de até 95% do ICMS apurado. A única condição é que elas comprem leite do produtor local. No entanto, elas trazem leite de safra de outros estados e, o que é pior, com isenção de impostos, porque o decreto que instituía a cobrança do ICMS na entrada foi revogado em maio de 2021, a pedido das indústrias”, explica.

“De lá para cá, a coisa foi piorando e está desse jeito, muito produtor jogando leite fora, recebendo metade do custo de produção, um caos”, desabafa o presidente do Sinproleite-PE.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here