Início Notícias Câmara quer criar secretaria executiva para atender demandas de segmentos

Câmara quer criar secretaria executiva para atender demandas de segmentos

394
alt

alt

De acordo com o governador, o secretário de Desenvolvimento Social, Isaltino Nascimento (PSB), indicará o responsável pela pasta.

Com informações de Anderson Bandeira, da Folha de Pernambuco.

Em busca do diálogo e de uma aproximação com a sociedade civil, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), pretende criar uma secretaria executiva para atender as demandas dos negros, quilombolas, índios e o segmento LGBT, dentre outros. A ideia, segundo o socialista, é que ela funcione dentro da Secretaria de Desenvolvimento Social.

“É uma secretaria executiva de desenvolvimento social relativa aos segmentos. Porque a gente já tinha pensado nisso e viu agora que é possível”, garantiu Paulo Câmara, após participar, neste domingo (22), da missa que marcou a posse do novo bispo auxiliar da Arquidiocese de Olinda e Recife, dom Antônio Tourinho.

Questionado sobre como deverá ser o funcionamento da pasta, ele afirmou que, dentro da secretaria, funcionarão coordenações que contemplem os segmentos. “Hoje eles são coordenadoria, eles vão estar dentro de uma secretaria executiva”, explicou, afirmando, ainda, que vai apenas realocar os cargos.

De acordo com Paulo Câmara, o secretário de Desenvolvimento Social, Isaltino Nascimento (PSB), indicará o responsável pela pasta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here