Home Notícias Pipeiros que trabalham para o Exército em Araripina, ameaçam paralisar os trabalhos;...

Pipeiros que trabalham para o Exército em Araripina, ameaçam paralisar os trabalhos; ouça

0
Compartilhar

“Quem iria receber por exemplo R$ 9 mil, está recebendo apenas cerca de R$ 3 mil, que é apontado pelo GPS”, denunciou na tribuna da Câmara o presidente Evilásio Mateus

Por Roberto Gonçalves / Foto: reprodução

Pipeiros de Araripina que trabalham para o Exército Brasileiro na ‘Operação Carro Pipa’, podem paralisar suas atividades devido a algumas mudanças na forma de pagamento e também da escolha dos profissionais para participar dos trabalhos. A discussão sobre o assunto veio a tona na noite desta quarta feira (08), durante a 6ª reunião do 3º período Legislativo da Câmara de Vereadores de Araripina.

Segundo o presidente da Casa Joaquim Pereira Lima, vereador Evilásio Mateus, o Exército está pagando apenas 30% do que é cobrado pelos pipeiros. “Quem iria receber por exemplo R$ 9 mil, está recebendo apenas cerca de R$ 3 mil, que é apontado pelo GPS. Os profissionais estão todos em pânico e não vão rodar enquanto o Exército não tomar uma posição”, frisou.

Ainda de acordo com Evilásio, outra questão polêmica é com relação ao sorteio dos profissionais que irão prestar serviço ao Exército na Operação Carro Pipa. “Os pipeiros do Piauí estão vindo para Araripina e entram na Operação sem passar pelo sorteio, enquanto isso, profissionais  aqui do nosso município ficam sem trabalho em detrimento desses que vem de fora”, criticou. Ouça:

No Banner to display

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.